Sergipe

09/11/2015 às 17h51

Taxista é morto durante tiroteio com a polícia em Gararu

Redação Portal A8

O taxista Isaías Felipe, de 36 anos, que estava desaparecido desde a manhã de domingo (8) foi reconhecido no final da tarde desta segunda-feira (9) no Instituto Médico Legal (IML) em Aracaju. O taxista e outros dois homens, identificados como Claudio Marcelo Rinco e Jonatan Gomes, morreram em uma troca de tiros com os policiais do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) neste domingo, em uma rodovia próximo ao município de Gararu, distante 104 km da capital.

Segundo a assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública de Sergipe, o taxista e os outros dois homens ultrapassaram uma barreira policial e os dois bandidos disparam contra os homens do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), os agentes reagiram. Os três foram atingidos e chegaram a ser encaminhados para o Hospital Regional de Propriá, mas não resistiram aos ferimentos e morreram.

Ainda segundo informações da assessoria da SSP, os policiais do Cope receberam a denúncia de que os suspeitos tinha ido até o município de Gararu para sequestrar o gerente de um banco do município.  Marcelo Rinco e Jonatan Gomes são ex-presidiários e tem envolvimento com assaltos a banco. 

A assessoria da SSP confirmou o envolvimento do taxista com os dois criminosos. Mas, o caso só será detalhado pela polícia nesta terça-feira (10).

Desaparecimento

De acordo com informações de familiares, Isaías saiu de casa na manhã de domingo despois de receber a ligação de uma passageira e não voltou mais.

O irmão do taxista, Cícero Felipe, afirmou que Isaías não possuía envolvimento com o crime.