Esportes

05/04/2017 às 07h19

Alunos paratletas de Sergipe conquistam 51 medalhas em evento nacional

Agência Sergipe de Notícias

Alunos paratletas de Sergipe brilharam na primeira etapa regional do Circuito Loterias Caixa de Atletismo e Natação de 2017, conquistando 51 medalhas. A equipe de paraatletismo conquistou 35 medalhas, sendo 13 de ouro, 10 de prata e 12 de bronze. Já os paratletas de Natação, ganharam 16 medalhas, sendo 3 de ouro, 9 de prata e 4 de bronze e se tornaram a melhor equipe do Circuito Caixa Brasil Norte/Nordeste, realizado de 31 de março a 02 de abril, em Recife.

Na natação, o destaque ficou com a aluna Adriene Lisa Santos, do Colégio Estadual 11 de Agosto. Ela ganhou a medalha de ouro e ficou classificada para as três etapas nacionais, que irão ocorrer nos meses de junho, agosto e outubro.

“Foi fantástica a participação de Sergipe no mais importante evento Paraolímpico Regional de Atletismo e Natação. Tivemos atletas que superaram marcas, ganharam medalhas e conquistaram índices para participarem da etapa nacional, que irá acontecer em junho na cidade de São Paulo”, festeja o técnico de natação, professor Ivan Secundo.

“O sucesso dos atletas de Sergipe deve-se, em primeiro lugar, ao apoio que recebemos do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação. Depois, a dedicação dos alunos, que não medem esforços para representar bem o nome de Sergipe em competições nacionais”, disse Secundo.

De acordo com o técnico de natação da delegação sergipana, os alunos Jeferson Caetano Rodrigues e Josevan Luiz da Silva, ambos do Colégio Estadual 11 de Agosto, também foram destaques no evento. “Não foi surpresa para a gente os resultados obtidos na competição. Temos atletas dedicados, determinados e que ao longo do tempo se prepararam bastante para participar das competições nacionais”, ressaltou.

Atletismo

Entre os atletas que se destacaram na competição nacional, o técnico cita Jadson Santos Souza, do Colégio Estadual 11 de Agosto, que conquistou medalhas de ouro em três categorias: 800 metros, 1.500 metros e 5.000 metros. “Os índices obtidos por Jadson, o credenciaram a participar das três etapas do Circuito Nacional, que irão acontecer na capital paulista nos próximos meses”, disse Júnior.

No atletismo, também ganharam medalhas os atletas: João Pedro Santos, do Colégio Estadual Rodrigues Dória, conquistou bronze nos 100 metros, e Ronald Vitório, do Colégio Estadual Gonçalo Rollemberg, de Japratuba, que ganhou três medalhas de ouro: 100 e 200 metros e salto em distância, na categoria deficiência física dos membros superiores.

O atleta Breno Marco, do Colégio Estadual Ofenísia Freire, conquistou o bronze no dardo e no disco classe T46 para pessoas com deficiência; Tainá Freitas, do Colégio Estadual Professor João Costa, na classe amputados e atrofiados conquistou o ouro no dardo, prata nos 100 metros e bronze no peso; Jonathan Oliveira de Assis, do Colégio Estadual Francisco Portugal, classe T20 para pessoascom deficiência intelectual leve, conquistou medalha de prata nos 400 metros.

A aluna Anny Beatriz, do Colégio Estadual 24 de Outubro, Classe T54 para cadeirantes, ficou em quarto lugar nos 100, 200, 400, 800 e 1.500 metros. Claudianca Santos da Conceição, do Colégio Estadual João Alves Filho, na Classe TF 46 para deficiência física, conquistou ouro no peso e bronze no dardo.

O aluno Deivisson Monteiro, recém-formado no Colégio Estadual Vitória de Santa Maria, na Classe F57 para cadeirante em prova de campo, conquistou ouro no dardo e no peso.

“No atletismo tivemos uma participação exitosa, digna de aplausos e reconhecimento. Todos os atletas sergipanos estão de parabéns”, ressalta o técnico Antônio Ferreira de Melo Júnior.

Evento

Durante três dias, a capital do estado de Pernambuco foi a casa de 471 atletas das duas modalidades, que competiram na pista e na piscina do Centro Esportivo Santos Dumont, em Boa Viagem. Os atletas das regiões Norte e Nordeste tiveram a oportunidade de obter marcas e classificar-se para as três etapas nacionais do Circuito Loterias Caixa, que acontecerão em São Paulo. Dos 471 competidores, 299 foram inscritos no atletismo, enquanto os outros 172, são nadadores.


Etapa nacional

As competições nacionais estão programadas para terem início de 2 a 4 de junho, na capital paulista. A cidade ainda receberá a segunda (4 a 6 de agosto) e terceira (27 a 29 de outubro) paradas do principal circuito do esporte paralímpico brasileiro. Para chegar à fase nacional do Circuito, os atletas precisam alcançar metas estabelecidas pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). As marcas tomam como base rankings e recordes mundiais das modalidades e os competidores precisam chegar a uma porcentagem especifica para confirmar suas vagas entre os melhores do Brasil. Os atletas com os 50 melhores índices técnicos da temporada anterior estão automaticamente classificados para o Circuito em 2017.

O Circuito

O Circuito Caixa Loterias é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro e patrocinado pelas Loterias Caixa. Este é o mais importante evento paralímpico nacional de atletismo e natação. Composto por quatro fases regionais e três nacionais, tem como objetivo desenvolver as práticas desportivas em todos os municípios e estados brasileiros, além de melhorar o nível técnico das modalidades e dar oportunidades para atletas de elite e novos valores do esporte paralímpico do país.


Fonte: Agência Sergipe de Notícias