Esportes

05/02/2016 às 15h14

Vigilância Sanitária fiscaliza Arena Batistão para liberar jogo entre Confiança e Flamengo

PMA

Foto: PMA
Na manhã desta sexta-feira, 5, a Coordenação da Vigilância Sanitária de Aracaju (Covisa) se reuniu com a administração da Arena Batistão para definir a liberação do Laudo de Inspeção das Condições Sanitárias e de Higiene. O laudo é realizado anualmente para fiscalizar as condições sanitárias, mas, este ano, também tem o objetivo de liberar o local adequado para o jogo que será realizado entre Flamengo e Confiança.

De acordo com o coordenador da Covisa, Ávio Britto, a vigilância recebeu essa solicitação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para fiscalizar as condições higiênicas e sanitárias da Arena. “Tudo que encontrarmos de problemas a gente encaminha de volta à CBF para que o jogo seja realizado no local adequado. A determinação é que se o jogo for com até 10 mil pessoas é obrigatório ter uma ambulância e, acima de 10 mil pessoas, é obrigatório duas ambulâncias do tipo UTI móvel, cada uma com um médico, um enfermeiro e um técnico de enfermagem. Já aprovamos esse laudo e só estamos esperando o contrato da empresa responsável pelas ambulâncias, assim que estivermos com esse contrato, estaremos enviando o laudo para a CBF”, destacou.

Durante a inspeção, a Covisa compareceu com as equipes de alimentos e com equipes de saúde. “As equipes constataram algumas pequenas alterações no ambulatório, pois estava sendo dividido com um escritório, que é algo irregular, mas o diretor acatou as nossas decisões e esse problema já foi resolvido. É importante frisar que independente desse jogo ser no Batistão ou não, esse laudo tem que ser liberado, pois é uma fiscalização que fazemos anualmente e que tem o prazo de validade de um ano. O último laudo que realizamos lá foi ano passado, durante a reinauguração da Arena”, acrescentou Ávio Britto. 

Segundo Sidrack Marinho, administrador da Arena Batistão, essa vistoria é essencial e obrigatória. “Não só a vigilância sanitária como também o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar estão realizando estas vistorias. Além dos profissionais de saúde que ficarão de plantão nas duas ambulâncias, a federação ainda contrata mais um enfermeiro e um médico para qualquer outra emergência. A data do jogo vai depender da CBF, que envia de acordo com os laudos que serão enviados por esses órgãos”, ressaltou o administrador.


Fonte: PMA