Esportes

02/02/2016 às 09h49

Itabaiana vence clássico matuto, socorrense perde e Guidon deixa time

Redação Portal A8

A terceira rodada do Sergipão 2016, mostrou que este ano o campeonato promete fortes emoções. Os clássicos foram de fortes emoções e nos outros jogos os clubes do interior mostraram que vieram para incomodar.

Em Itabaiana aconteceu o clássico “matuto”, entre o time da cidade e o Lagarto. Com o Estádio Paulo Barreto em obras, o time alviverde manda seus jogos na cidade de Itabaiana. E o ritmo dos clubes foi o mesmo do clássico que acontecia em Aracaju entre Sergipe e Confiança. Em Canindé o Guarany recebeu o Socorrense e não tomou conhecimento, atropelou o siri.

A rodada também ficou marcada por problemas fora dos estádios e pela queda do segundo técnico ainda na terceira rodada.

LAGARTO (1)X(2) ITABAIANA

As equipes entraram em campo para subir na tabela, o Itabaiana vinha de uma derrota e um empate, o time do Lagarto vinha de duas derrotas e precisava a qualquer custo da vitória para fugir da zona da degola. Os times nervosos e pensando apenas na vitória pecavam nas finalizações e erravam muito. Destaque no primeiro tempo para o goleiro Max, que várias oportunidades salvou a meta tricolor. No finalzinho do primeiro tempo em cobrança de falta ensaiada, o Lagarto inaugura o placar, Leonardo recebe e chuta cruzado, um a zero Lagarto.

Durante o intervalo, o técnico tricolor Nadélio Rocha foi para o vestiário visivelmente irritado. E para quem quisesse escutar, Rocha aplicava uma sonora bronca em seus comandados. E esta “puxada de orelha” surtiu efeito, o Itabaiana voltou mais agressivo no segundo e conseguiu empatar com Igor de falta. Logo em seguida após cruzamento de Hildebrando, Leonardo escora para o gol. Fim de Jogo no Etelvino Mendonça, o Lagarto sofre a terceira derrota em três jogos e permanece na vice-lanterna, já o Itabaiana respira na tabela e fica na quinta colocação.

GUARANY (3)X(0) SOCORRENSE

O siri viajou até a cidade de Canindé para enfrentar o Guarany, o jogo do até então dos desesperados. O Socorrense foi derrotado por Sergipe e Confiança respectivamente e o galo perdeu para o Confiança por três a zero e o jogo da segunda rodada contra o Sergipe foi transferido para o dia 04 de fevereiro, então possui um jogo a menos que os outros times.

O siri acabou sendo presa fácil para o galo, tomou um sacode de três a zero. O técnico Guidon não conseguia fazer seu time jogar e já perdia a paciência. Durante o primeiro tempo o Guarany pressionou, mas o Socorrense conseguia se segurar lá atrás. Mas na etapa complementar a zaga canarinho desandou três gols em vinte minutos e “matando” qualquer possibilidade do Socorrense sair com um ponto.

Após a derrota, Guidon técnico do Socorrense, colocou seu cargo à disposição, e a diretoria optou por encerrar a passagem do treinador pela equipe.

Foto: FSF - Igor Abraão
OUTROS DESTAQUES:

Após a derrota, Guidon técnico do Socorrense, colocou seu cargo à disposição, e a diretoria optou por encerrar a passagem do treinador pela equipe, após três jogos e três derrotas.

No Batistão, torcedores do Sergipe ficaram do lado de fora, a alegação foi a falta de ingressos. Mas dentro do estádio se via muitos lugares vazios. Alguns torcedores só conseguiram entrar com o jogo já em andamento e outros não esperaram e foram embora.