Esportes

18/12/2015 às 11h22

Adriano de Souza, o mineirinho fatura o mundial de surf e mantém o título no Brasil.

Redação Portal A8

Adriano de Souza batalhou por dez anos para realizar o sonho de uma vida inteira. Desde que apareceu na elite. Mas a façanha veio com Gabriel Medina no ano passado, triunfo que provou que o sonho era possível. E nesta quinta-feira, o projeto de vida de Mineirinho não só foi concluído com grande êxito, com direito a vitória inédita para o país na última etapa do circuito em Pipeline, no Havaí, 

Quem vê Adriano de Souza, mais conhecido como Mineirinho, como campeão mundial de surfe, não imagina que o seu começo no esporte foi muito difícil... Tudo começou graças ao seu irmão, que o incentivou a entrar no mundo do surfe e ainda deu uma ótima contribuição para que esse sonho virasse realidade

Fonte: Reprodução Instagram
Após conquistar o título, Mineirinho dedicou o prêmio ao irmão, principalmente por ter comprado a sua primeira prancha de surfe por cerca de R$ 30, que naquela época era muita grana, segundo o próprio surfista. Por fim, Mineirinho ainda revelou que está no topo do mundo por causa desses R$ 30 

Mineirinho é natural do Guarujá, no litoral sul de São Paulo, e conquistou o título mundial pela primeira vez na sua carreira. Antes disso, a sua melhor colocação no Mundial tinha sido a quinta colocação em 2009, 2011 e 2012

O novo campeão mundial de surfe sofreu no início do ano com a morte do amigo Ricardo do Santos e nesta quinta-feira (17) comemorou o título na praia de Pipeline, no Havaí. Antes mesmo de levantar o troféu do campeonato o novo campeão fez questão de homenagear o amigo.

Aos 28 anos, Mineirinho é o mais velho do grupo Braziliam Storm, a Tempestade Brasileira, como são conhecidos os atletas brasileiros que vem devastando todas as ondas do mundo. O grupo ainda é composto por outros seis brasileiros: Jadson André, Filipe Toledo, Miguel Pupo, Wiggolly Dantas, Ítalo Ferreira e Gabriel Medina.