Esportes

18/11/2015 às 17h04

Sergipano é o quinto melhor ciclista do ranking nacional

ASN/SE

Victor Fernandes tem 19 anos e é aluno da Escola Estadual Ministro Petrônio Portela, localizada no conjunto Augusto Franco, onde mora. Estudante do terceiro ano colegial, Victor já participou de três edições dos Jogos Escolares Brasileiros, trazendo uma medalha de prata para Sergipe na última edição.

Este ano, entre os meses de maio e agosto, fez estágio em Portugal objetivando melhorar sua performance e ganhar mais experiência. Ele garante que a viagem foi fundamental para seu amadurecimento como atleta e que já são vistas melhoras em seu rendimento. "Essa viagem foi muito importante para o meu desenvolvimento pessoal e esportivo, voltei ainda mais motivado e confiante". 

Foto: SSP

Victor é o quinto melhor ciclista brasileiro, na categoria sub 23/elite, e tem para este ano uma meta ainda mais ambiciosa: ficar entre os três melhores atletas no ranking nacional. E para conseguir seu objetivo, treina por exaustivas quatro horas todos os dias com o professor Wagner Faisson.

Victor Fernandes começou no ciclismo há cinco anos. "Eu brincava de corrida de bicicleta com os colegas na rua. Como fui me saindo bem, fui criando gosto pela competição, então procurei me informar sobre a Federação Sergipana de Ciclismo e acabei entrando definitivamente para o esporte", justifica.

Ele só vai para a escola de bike e diz que muitos colegas passaram a fazer o mesmo, adotando um estilo de vida mais saudável. Ele cobre parte das despesas com a bicicleta, a alimentação e os treinamentos com aporte mensal que recebe do Bolsa Atleta. Os pais são seus grandes incentivadores, e Victor afirma que as competições escolares, alémdo apoio que sempre recebeu da escola, ajudaram muito para que ele se sentisse seguro e confiante.

No próximo dia 29, ele viaja para Belém onde participa de mais uma competição: a V Copa Geraldo Júnior de Ciclismo. A Secretaria de Estado da Educação (Seed) lhe forneceu as passagens, e a federação paraense lhe concederá hospedagem e alimentação. Competições como essa contam pontos para o ranking brasileiro e é por isso que Victor está indo para lá com todo o gás.


Fonte: ASN/SE