Entretenimento

23/06/2016 às 08h22

Fotógrafo sergipano expõe cultura sergipana em Viena

Redação Portal A8

Assessoria
Até o dia 22 de julho de 2016 a Diocese de Viena e a Sociedade Austro Brasileira de Educação e Cultura (PAPAGAIO) realizarão a exposição fotográfica “Manifestações Culturais Sergipanas”, do fotógrafo Sergipano, Márcio Garcez, com a curadoria do colecionador de artes Mário Britto e da antropóloga Rosana Eduardo.

A mostra foi inaugurada em 22 de junho, por V. Ex.ª Revma bispo Dom Franz Scharl. Esta é a terceira vez que o artista brasileiro expõe seu trabalho na Áustria. A mostra foi exposta em 2014 no Weltmuseum Wien e em 2015 na Biblioteca de Romanística da Universidade de Viena, como parte da programação do II e III Festival Cultural do Brasil em Viena, evento organizado pela Papagaio, instituição austríaca sem fins lucrativos – presidida pela pedagoga brasileira Vanessa Tölle – que se dedica a promover o diálogo entre Brasil e Áustria por meio de projetos e ações voltados para a cultura e educação.

Em 2016, Garcez retorna à capital austríaca após ter sido convidado em outubro de 2015 – quando participava do referido Festival – pela Diocese de Viena para ocupar o espaço de arte Kategoriale Seelsorge der Erdiözese Wien. O convite foi aceito e a Papagaio mais uma vez vem cumprir o seu objetivo de promover a cultura brasileira gerando um espaço de conhecimento, divulgação e internacionalização das artes e do turismo do Brasil na Europa, criando acesso ao conhecimento do patrimônio cultural brasileiro.

O acervo é composto por um repertório de tradições de Sergipe, que envolve crenças, ritos, festas e manifestações folclóricas e evidencia a diversidade cultural local. Trata-se de um conjunto de imagens que apresenta o olhar do artista visual, que capta a cultura popular de sua terra natal. A mostra possibilita um contato antropológico e artístico com o patrimônio sergipano, por meio de lugares, pessoas, gestos e expressões de sua gente. E põe em evidência duas importantes dimensões da produção autoral de Márcio Garcez, que são o folclore e a religiosidade popular – temas que renderam ao artista diversos prêmios, mostras e publicações em revistas, jornais e livros. Na exposição “Manifestações Culturais Sergipanas”, o fotógrafo faz um mapeamento das principais procissões que ocorrem no território sergipano, como a de Nosso Senhor dos Passos, do Fogaréu, do Madeiro, dos Penitentes, bem como da procissão fluvial do Bom Jesus dos Navegantes.

Como também apresenta suas andanças pelas diversas manifestações culturais do estado, como a Cavalhada, a Festa do Mastro, o Lambe-Sujo e Caboclinho, o Barco de Fogo e o Cacumbi. O acervo poderá ser visto até o dia 22 de julho de 2016 na Diocese de Viena, de forma gratuita, de segunda a sexta das 08 às 16h30.