Entretenimento

10/06/2016 às 11h53

Sergival traz consagradas músicas em seu novo CD

Redação Portal A8

O músico, cantor e compositor Sergival é natural do estado de Sergipe e tem dedicado sua carreira artística às tradições populares e autênticas da região Nordeste o que lhe valeu comendas e prêmios como as medalhas do mérito cultural Sílvio Romero e Tobias Barreto, troféu O Capital de música e o prêmio Gérson Filho de Forrozeiro do Ano pela Fundação Cultural de Aracaju. Tendo realizado apresentações em praticamente todo o Brasil, já dividiu o palco com artistas como o mestre da sanfona Dominguinhos e o cantor Alcymar Monteiro (estes também participaram de seu cd As Coisas dos Caçuás), Targino Gondim, Lenine, Orquestra Sanfônica de Aracaju e a Orquestra Sinfônica de Sergipe.

Residindo atualmente no Rio de Janeiro, Sergival apresenta há 6 anos todos os domingos ao meio-dia o programa de forró intitulado Puxa o Fole através da lendária Rádio Nacional. Além de fortalecer a cultura nordestina com a execução de ídolos como Luiz Gonzaga, Flávio José, Amorosa, Marinêz e tantos outros mestres, oportuniza espaço para novos compositores e artistas da geração atual de todo o Brasil, sem perder de vista os populares trios de forró pé-de-serra.

O Puxa o Fole, que é transmitido em rede nacional pelas ondas do rádio e pela internete, foi eleito o Melhor Programa de Forró do Rio de Janeiro, e é também retransmitido pelas rádios Aperipê AM e FM de Sergipe, além da Rádio UFS FM da Universidade Federal de Sergipe. Festança Sergival acaba de apresentar ao mercado musical, seu mais novo CD intitulado Festança, onde o artista comemora 30 Anos de carreira. O disco é uma coletânea com os principais clássicos do forró de Sergipe e conta com a ilustre participação de Zé Calixto, Léo Gandelman, Rildo Hora, e foi gravado por uma superbanda composta por Ney Conceição, Carlos Balla, Silvério Pontes, Reppôlho, Erón Lima e muitos outros destacados instrumentistas.

O CD Festança foi lançado em edição especial nas cidades de Londres e de Lisboa para o público europeu no primeiro semestre de 2016, durante importantes festivais de forró realizados anualmente naqueles países e no Rio de Janeiro na Sala Sidney Miller acompanhado pelo Conjunto Época de Ouro com transmissão ao vivo pelas Rádio MEC e Rádio Nacional. O disco é apresentado pelo renomado crítico musical Tárik de Souza, e o primoroso projeto gráfico desenvolvido pela Fundação Hélvio Dória é ilustrado por uma especial tela de motivos juninos do artista plástico Félix Mendes (em memória). Gravado no RFS Stúdio e masterizado pela Visom, ambos do Rio de Janeiro, o disco trás em seu repertório as consagradas músicas de Ismar Barreto, Rogério, Zé Roseno & Marluce, Cataluzes, Vinícius Xote-baião, João da Passarada, Josa e muitos outros.