Cinema

20/03/2015 às 16h03

Longas nacionais são destaques no Cineclube do Npdov

Redação Portal A8

O Núcleo de Produção Digital Orlando Vieira (Npdov), em parceria com o Instituto Banese, retoma sua programação Cineclubista durante os meses de março e abril. Os filmes são distribuídos pela programadora Brasil através de parceria com o Governo Federal. As exibições serão realizadas na Sala de Projeção Walmir Almeida, do Centro Cultural de Aracaju.

 

Com entrada gratuita, o cineclube oferece ao público outra opção de horário além das tradicionais sessões nas terças e quintas, às 15h. A partir deste mês, todas as quartas-feiras serão realizadas sessões reprise ao meio-dia, para possibilitar a reapresentação dos melhores filmes e uma opção de lazer no intervalo de almoço, aos trabalhadores do entorno.

 

A programação conta com obras de sucesso, como "Bicho de Sete Cabeças", de Laís Bodanzky, "Madame Satã", de Karim Aïnouz, "O Ano que Meus Pais Saíram de Férias", de Cao Hamburger e "Edifício Master", de Eduardo Coutinho. Outro ponto alto da seleção é o longa-metragem "Baile Perfumado", de Paulo Caldas e Lírio Ferreira, que busca retratar uma esfera pouco conhecida de Lampião, mostrando um rei do cangaço mais pop, fascinado por uísque escocês, perfume francês e máquina fotográfica.

 

 

Confira a programação completa:

 

Dia 24/03 (Terça-feira 15h)

Sábado

Dir. Ugo Giorgete. Comédia, 84min. Classificação: 12 anos

Sábado na cidade de São Paulo. Uma equipe de publicidade ocupa o saguão do antigo Edifício das Américas, no centro da cidade, para a gravação de um comercial. Mas um elevador quebrado obriga equipe e moradores a dividirem o mesmo espaço. Desse convívio forçado surgem pequenos incidentes que tornam este sábado diferente de qualquer outro.

 

Dia 25/03 (Quarta-feira - 12h)

Edifício Master

Dir. Eduardo Coutinho. Documentário, 110 min. Classificação: Livre

O cotidiano dos moradores do Edifício Master, situado em Copacabana, a um quarteirão da praia. O prédio tem 12 andares e 23 apartamentos por andar. Ao todo são 276 conjugados, onde moram cerca de 500 pessoas. Eduardo Coutinho e sua equipe entrevistaram 37 moradores e conseguiram extrair histórias íntimas e reveladoras de suas vidas.

 

Dia 26/03 (Quinta-feira 15h)

Madame Satã

Dir.Karim Aïnouz. Drama, 100 min. Classificação: 16 anos

Rio de Janeiro, 1932. No bairro da Lapa vive encarcerado na prisão João Francisco (Lázaro Ramos), artista transformista que sonha em se tornar um grande astro dos palcos. Após deixar o cárcere, João passa a viver com Laurita (Marcélia Cartaxo), prostituta e sua "esposa"; Firmina, a filha de Laurita; Tabu (Flávio Bauraqui), seu cúmplice; Renatinho (Felippe Marques), sem amante e também traidor; e ainda Amador (Emiliano Queiroz), dono do bar Danúbio Azul. É neste ambiente que João Francisco irá se transformar no mito Madame Satã, nome retirado do filme Madame Satã (1932), dirigido por Cecil B. deMille, que João Francisco viu e adorou.

 

Dia 31/03 (Terça-feira 15h)

Pro Dia Nascer Feliz

Dir. João Jardim. Documentário, 88 min. Classificação: Livre 

As situações que o adolescente brasileiro enfrenta na escola, envolvendo preconceito, precariedade, violência e esperança. Adolescentes de três estados, de classes sociais distintas, falam de suas vidas na escola, seus projetos e inquietações.

 

Dia 01/04 (Quarta-feira - 12h)

Sábado

Dir. Ugo Giorgete. Comédia, 84min. Classificação: 12 anos

Sábado na cidade de São Paulo. Uma equipe de publicidade ocupa o saguão do antigo Edifício das Américas, no centro da cidade, para a gravação de um comercial. Mas um elevador quebrado obriga equipe e moradores a dividirem o mesmo espaço. Desse convívio forçado surgem pequenos incidentes que tornam este sábado diferente de qualquer outro.

 

Dia 02/04 (Quinta-feira 15h)

Cinema, Aspirinas e Urubus

Dir. Marcelo Gomes. Comédia Dramática, 101min. Classificação: 14 anos

Em 1942, no meio do sertão nordestino, dois homens vindos de mundos diferentes se encontram. Um deles é Johann (Peter Ketnath), alemão fugido da 2ª Guerra Mundial, que dirige um caminhão e vende aspirinas pelo interior do país. O outro é Ranulpho (João Miguel), um homem simples que sempre viveu no sertão e que, após ganhar uma carona de Johann, passa a trabalhar para ele como ajudante. Viajando de povoado em povoado, a dupla exibe filmes promocionais sobre o remédio "milagroso" para pessoas que jamais tiveram a oportunidade de ir ao cinema. Aos poucos surge entre eles uma forte amizade.

 

Dia 07/04 (Terça-feira 15h)

Durval Discos

Dir. Anna Muylaert. Comédia, 93 min. Classificação: 12 anos

Durval (Ary França) e sua mãe Carmita (Etty Fraser) vivem a muitos anos na mesma casa onde funciona a loja Durval Discos, que já foi muito conhecida no passado, mas hoje vive uma fase de decadência devido à decisão de Durval em não vender CDs e se manter fiel aos discos de vinil. Para ajudar sua mãe no trabalho de casa Durval decide contratar uma empregada.

 

Dia 08/04 (Quarta-feira - 12h)

Madame Satã

Dir.Karim Aïnouz. Drama, 100 min. Classificação: 16 anos

Rio de Janeiro, 1932. No bairro da Lapa vive encarcerado na prisão João Francisco (Lázaro Ramos), artista transformista que sonha em se tornar um grande astro dos palcos. Após deixar o cárcere, João passa a viver com Laurita (Marcélia Cartaxo), prostituta e sua "esposa"; Firmina, a filha de Laurita; Tabu (Flávio Bauraqui), seu cúmplice; Renatinho (Felippe Marques), sem amante e também traidor; e ainda Amador (Emiliano Queiroz), dono do bar Danúbio Azul. É neste ambiente que João Francisco irá se transformar no mito Madame Satã, nome retirado do filme Madame Satã (1932), dirigido por Cecil B. deMille, que João Francisco viu e adorou.

 

Dia 09/04 (Quinta-feira 15h)

Baile Perfumado

Dir. Paulo Caldas e Lírio Ferreira. Comédia Dramática, 93 min. Classificação: 16 anos

Amigo íntimo do Padre Cícero (Jofre Soares), o mascate libanês Benjamin Abrahão (Duda Mamberti) decide filmar Lampião (Luís Carlos Vasconcelos) e todo seu bando, pois acredita que este filme o deixará muito rico. Após alguns contatos iniciais ele conversa diretamente com o famoso cangaceiro e expõe sua idéia, mas os sonhos do mascate são prejudicados pela ditadura do Estado Novo.

 

Dia 14/04 (Terça-feira 15h)

O Ano que Meus Pais Saíram de Férias

Dir. Cao Hamburger. Drama, 103 min. Classificação: 10 anos

1970. Mauro (Michel Joelsas) é um garoto mineiro de 12 anos, que adora futebol e jogo de botão. Um dia, sua vida muda completamente, já que seus pais saem de férias de forma inesperada e sem motivo aparente para ele. Na verdade, os pais de Mauro foram obrigados a fugir da perseguição política, tendo que deixá-lo com o avô paterno (Paulo Autran). Porém o avô enfrenta problemas, o que faz com que Mauro tenha que ficar com Shlomo (Germano Haiut), um velho judeu solitário que é vizinho do avô de Mauro.

 

Dia 15/04 (Quarta-feira - 12h)

Cinema, Aspirinas e Urubus

Dir. Marcelo Gomes. Comédia Dramática, 101min. Classificação: 14 anos

Em 1942, no meio do sertão nordestino, dois homens vindos de mundos diferentes se encontram. Um deles é Johann (Peter Ketnath), alemão fugido da 2ª Guerra Mundial, que dirige um caminhão e vende aspirinas pelo interior do país. O outro é Ranulpho (João Miguel), um homem simples que sempre viveu no sertão e que, após ganhar uma carona de Johann, passa a trabalhar para ele como ajudante. Viajando de povoado em povoado, a dupla exibe filmes promocionais sobre o remédio "milagroso" para pessoas que jamais tiveram a oportunidade de ir ao cinema. Aos poucos surge entre eles uma forte amizade.

 

Dia 16/04 (Quinta-feira 15h)

Cronicamente Inviável

Dir. Sergio Bianchi. Drama, 102min. Classificação: 18 anos

O filme mostra trechos das histórias de seis personagens, mostrando a dificuldade de sobrevivência mental e física em meio ao caos da sociedade brasileira, que atinge a todos independentemente da posição social ou da postura assumida.

 

Dia 21/04 - Feriado  

Não haverá exibição.


Dia 22/04 (Quarta-feira - 12h)

Durval Discos

Dir. Anna Muylaert. Comédia, 93 min. Classificação: 12 anos

Durval (Ary França) e sua mãe Carmita (Etty Fraser) vivem a muitos anos na mesma casa onde funciona a loja Durval Discos, que já foi muito conhecida no passado, mas hoje vive uma fase de decadência devido à decisão de Durval em não vender CDs e se manter fiel aos discos de vinil. Para ajudar sua mãe no trabalho de casa Durval decide contratar uma empregada.

 

Dia 23/04 (Quinta-feira 15h)

É Simonal

Dir. Domingos Oliveira. Musical, 87min. Classificação: 12 anos

Fã do cantor Simonal viaja para o Rio de Janeiro esperando encontrar o ídolo. Passando-se por jornalista, consegue se aproximar dele durante um ensaio. Insólita comédia musical embalada pelo sucesso de Wilson Simonal nos anos 70. Reúne imagens antológicas do artista em shows na boate Sucata e no Maracanãzinho, onde regeu um coro extasiado de 35 mil pessoas.

 

Dia 28/04 (Terça-feira 15h)

Quase Dois Irmãos

Dir. Lúcia Murat. Drama, 102 min. Classificação: 16 anos      

Miguel é um Senador da República que visita seu amigo de infância Jorge, que se tornou um poderoso traficante de drogas do Rio de Janeiro, para lhe propôr um projeto social nas favelas. Apesar de suas origens diferentes eles se tornaram amigos nos anos 50, pois o pai de Miguel tinha paixão pela cultura negra e o pai de Jorge era compositor de sambas. Nos anos 70 eles se encontram novamente, na prisão de Ilha Grande. Ali as diferenças raciais eram mais evidentes: enquanto a maior parte dos prisioneiros brancos estava lá por motivos políticos, a maioria dos prisioneiros negros era de criminosos comuns.

 

Dia 29/04 (Quarta-feira - 12h)

 Baile Perfumado

Dir. Paulo Caldas e Lírio Ferreira. Comédia Dramática, 93 min. Classificação: 16 anos

Amigo íntimo do Padre Cícero (Jofre Soares), o mascate libanês Benjamin Abrahão (Duda Mamberti) decide filmar Lampião (Luís Carlos Vasconcelos) e todo seu bando, pois acredita que este filme o deixará muito rico. Após alguns contatos iniciais ele conversa diretamente com o famoso cangaceiro e expõe sua idéia, mas os sonhos do mascate são prejudicados pela ditadura do Estado Novo.

 

Dia 30/04 (Quinta-feira 15h)

Bicho de Sete Cabeças

Dir. Laís Bodanzky. Drama, 88 min. Classificação: 14 anos

Seu Wilson (Othon Bastos) e seu filho Neto (Rodrigo Santoro) possuem um relacionamento difícil, com um vazio entre eles aumentando cada vez mais. Seu Wilson despreza o mundo de Neto e este não suporta a presença do pai. A situação entre os dois atinge seu limite e Neto é enviado para um manicômio, onde terá que suportar as agruras de um sistema que lentamente devora suas presas.