Brasil

22/06/2016 às 15h07

Preço dispara e Temer anuncia importação de feijão

R7

O presidente da República em exercício, Michel Temer (PMDB), anunciou nesta quarta-feira (22) via Twitter que o país vai comprar de feijão de outros países do Mercosul, como Argentina, Paraguai e Bolívia. O motivo é a escalada do preço do produto nos últimos meses, que vem impactando a inflação oficial.

Em nota publicada no site do Palácio do Planalto, o governo disse que, inicialmente, o produto virá de outros países do Mercosul, mas não descartou a importação do México, o que está condicionado à assinatura de um acordo sanitário, e também da China.

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, disse que o preço do principal produto na mesa dos brasileiros subiu por causa de questões climáticas, que ocasionou a perda de praticamente todas a safra no Centro-Oeste.

Ainda segundo Maggi, isso provocou uma redução da oferta e aumento na procura, o que resultou em preços mais altos.


Fonte: R7