Brasil

22/05/2016 às 09h18

Homem invade hotel para tentar matar Ana Hickmann

R7

Um atirador invadiu o Hotel Caesar Business na tarde deste sábado (21), no bairro Belvedere, zona Sul de Belo Horizonte (MG), com a intenção de matar a apresentadora da Rede Record Ana Hickmann. Ana estava hospedada no local para participar de um evento na capital mineira.  

 

O homem armado invadiu o quarto da apresentadora e efetuou disparos. Ana não foi atingida. Os tiros balearam a cunhada de Ana, Giovana Oliveira, no abdômen e na altura do braço. A cunhada da apresentadora já passou por uma cirurgia no hospital Biocor, que fica próximo ao hotel. Giovana está agora no quarto do hospital e seu quadro é estável, sem previsão de alta.

 

Após atirar no quarto da apresentadora, o agressor fugiu pelo corredor do hotel. Gustavo Corrêa, cunhado de Ana Hickmann, correu até ele. Houve uma briga. O cunhado conseguiu desarmar o homem e atirou contra ele, matando o agressor.

 

O atirador foi identificado como Rodrigo Augusto de Pádua, mineiro de 30 anos. Era solteiro e não tinha filhos. Após o ocorrido, o irmão de Rodrigo disse que ele era "tranquilo e tímido" e "fã da apresentadora" Ele, no entanto, reconheceu que o irmão sofria de algum "desequilíbrio".

 

No Instagram, Rodrigo se dizia "fã" e declara seu amor à Ana havia pelo menos dois anos. A página do atirador tem dezenas de fotos de Ana.

 

O corpo de Rodrigo Augusto de Pádua foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal).

 

Atirador estava hospedado no hotel

 

Segundo informações do Boletim de Ocorrência, o atirador estava hospedado no hotel desde a noite de sexta-feira (20) no 13º andar. Usou o cartão de crédito do pai para fazer a reserva, de acordo com a Polícia Militar. Com um revólver calibre 38 nas mãos, abordou o cunhado de Ana no 9º andar do hotel, onde o rendeu e pediu para que o levasse até o quarto de Ana.

 

Quando chegou ao quarto, ordenou que a apresentadora, e a cunhada, Giovana, mulher de Gustavo, ficassem sentados, de costas para ele. Começou a ofender e ameaçar os três. Disse "palavras desconexas, sem sentido", contou Gustavo depois.

 

Gustavo disse que percebeu o descontrole de Rodrigo e tentou desarmá-lo. Nesse momento, Rodrigo atirou em direção à Ana. Os disparos, porém, acertaram Giovana.

 

Rodrigo deixou o quarto e Gustavo foi atrás dele. Os dois brigaram, e Gustavo o desarmou, atirando contra ele. Segundo disse à polícia, disparou em legítima defesa durante a briga.

 

Giovana foi então levada ao hospital. Passou por cirurgia e passa bem. Ana prestou depoimento à polícia e tenta se recuperar do episódio.


Fonte: R7