Brasil

12/05/2016 às 11h47

“Vou lutar até o fim”, diz Dilma em discurso após ser afastada

R7

Sob gritos de “Dilma guerreira da pátria brasileira”, a presidente fez o primeiro discurso após ser afastada do exercício do cargo, por volta das 11h15 desta quinta-feira (12). Cercada por, ex-ministros dela e parlamentares, ela voltou a dizer que o processo de impeachment é um “golpe” e uma “farsa jurídica”.

Dilma prometeu que continuará a se defender.

— Vou lutar com todos os instrumentos legais de que disponho para exercer o meu mandato até o fim, até o dia 31 de dezembro de 2018.

Na fala, a presidente lembrou que já sofreu as dores da tortura (durante a ditadura militar) e da doença (do linfoma que teve), mas disse que agora sofre outro tipo de dor.

— Agora eu sofro mais uma vez a dor inominável da injustiça. O que mais dói é perceber que estou sendo vítima de uma farsa jurídica e política, mas não esmoreço, olho para trás e vejo tudo o que fizemos, olho para a frente e vejo tudo o que precisamos e podemos fazer.

Após o discurso, ela saiu do Palácio do Planalto e foi até uma área externa, onde cumprimentou apoiadores. No local, também estava o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 


Fonte: R7