Brasil

29/01/2016 às 08h29

Taxista acusado de matar sergipano em Salvador é preso na capital baiana

R7

O taxista acusado de matar o sergipano, estudante de direito, Thiago Matos de Araújo, nas imediações da Estação da Lapa, em Salvador, foi preso em um imóvel no fim de linha de Santa Cruz, na capital. Cláudio Roberto Lima França Júnior, de 29 anos, foi localizado, na manhã dessa quinta-feira (28), por uma equipe do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa).

Segundo a polícia, após matar o estudante, o taxista fugiu de casa, deixando a companheira Glenda Medeiros Figueiredo, pivô do crime. Alguns dias depois, ele chegou ao imóvel em Santa Cruz, escolhido por ele e a mãe como esconderijo.

O taxista teve a prisão temporária decretada pela Justiça no dia 30 novembro e, desde, então, vinha sendo procurado pela polícia.

Cláudio, que é filho de um policial civil, disse em depoimento, no DHPP, ter agido em legítima defesa. O crime ocorreu em frente ao bar Toca do Leão, no dia 22 de novembro. Para a polícia, no entanto, o motivo do crime seria ciúmes, pois a vítima teria tido um relacionamento com a companheira de Cláudio, no período em que estiveram separados. Glenda, que também foi ouvida, não revelou detalhes sobre o suposto relacionamento.

Claudio será encaminhado ao Complexo Penitenciário da Mata Escura. A arma utilizada por ele no crime ainda não foi localizada.


Fonte: R7