Brasil

27/12/2015 às 11h23

Gasolina deve ficar R$0,06 mais cara a partir de 1º de janeiro

R7.com

A partir do dia 1º de janeiro, o preço médio do litro da gasolina fica R$ 0,06 mais caro. O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) atualizou a tabela de preços dos combustíveis que serve de base para a cobrança do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) nas refinarias.

O Confaz é formado por técnicos do governo e representantes das secretárias estaduais de Fazenda, o valor determinado leva em conta as características de produção e custo de transporte de cada Estado. Neste valor médio, não é considerada a margem de lucro dos donos dos postos de combustíveis. 

São Paulo tem o menor valor médio de gasolina e álcool para o mês de janeiro, R$ 3,495 e R$ 2,543, respectivamente. A gasolina mais cara do País é a do Acre, que custará R$ 4,034 o litro a partir do dia 1°. Em Roraima, que tem o maior preço para etanol, o litro do álcool vai custar R$ 3,360, em média.

O GNV mais barato, segundo a tabela do Confaz, é no Espírito Santo (R$ 2,062 o m³) e o mais caro é o do Distrito Federal (R$ 2,331 o m³).

Como escolher 

Quem tem carro flex e quer saber se vale a pena abastecer com álcool ou gasolina deve multiplicar o valor do litro de gasolina por 0,7 e comparar com o valor do litro do álcool. Se o resultado for maior, compensa usar o álcool. Se for menor, a vantagem é abastecer com gasolina.

Com o preço médio de R$ 3,764 para a gasolina e de R$ 2,951 para o litro do álcool, compensa abastecer com gasolina. A economia é de 10,7%. 


Fonte: R7.com