Brasil

16/11/2015 às 09h09

Globo teve a pior audiência da sua história no GP Brasil

R7

Assim como Nico Rosberg, o piloto, a Globo terminou o GP Brasil de Fórmula 1, no domingo (15), como vice-líder. Nunca na história do Grande Prêmio Brasil a emissora perdeu a liderança em audiência no horário.

Durante o horário da corrida, a Globo ficou em segundo lugar, marcando 10,5 pontos, ante 11,8 pontos da Record, e 6,7 pontos do SBT. Esses são dados prévios do Ibope. Cada ponto equivale a 67 mil domicílios na Grande SP.

"Domingo Show" e "A Hora do Faro", da Record, venceram a F1 na faixa.

O Grande Prêmio Brasil, sempre uma das melhores audiências da F1 no ano, caiu 30% em ibope em um ano.

Em 2012, o GP Brasil marcou 17,6 pontos de audiência. Em 2013, 12,7 pontos de média e em 2014, a prova alcançou 14,2 pontos.

Neste ano, com apenas 10,5 pontos, o GP Brasil registrou a mais baixa audiência da prova. É claro que o fato de Lewis Hamilton ter se consagrado campeão da competição no GP anterior tirou a emoção da etapa em Interlagos. O público também se afastou a partir do momento que não tinha chance de ver pilotos brasileiros no pódio. Esse GP foi o de pior atuação dos brasileiros em uma etapa no país.

Mas, os telespectadores amantes de automobilismo persistem. São aqueles que parecem também dispostos a migrar para um canal pago para a assistir a competição. E deve ser esse o caminho da F1 na TV em um futuro breve.

Segundo fontes do mercado, 2016 pode mesmo ser último ano de transmissão ao vivo da F1 na Globo. Para 2017, a emissora planeja exibir poucas provas ao vivo, deixando a transmissão em tempo real para o seu canal pago esportivo, a SporTV. A Globo exibiria nos finais de noite de domingo um compacto com os melhores momentos de cada prova. Tudo isso ainda está em análise.

Para 2016, a F1 está garantida na Globo, e já tem patrocinadores.

 


Fonte: R7