Blog / Dicas e destinos

Dicas e destinos

Shislane Silva « página inicial do blog

Jornalista com especialização em Assessoria de Comunicação e Novas Tecnologias pela Universidade Tiradentes. Em 2011 fez intercâmbio na Omnicom School of Languages em Toronto (Canadá), tendo a oportunidade ainda de conhecer Quebec, Otawa e Montreal, fez estágios na área de comunicação no Sesc e Secretaria de Estado do Turismo. Foi repórter do Jornal Cinform, comandou por mais de dois anos a Assessoria de Comunicação da Empresa Municipal de Serviços Urbanos ( Emsurb) e atualmente integra o setor de comunicação da Secretaria Municipal do Planejamento, Orçamento e Gestão ( Seplog). O maior hobby é viajar e entre suas melhores experiências, estão ter conhecido em 2014 o Peru com as regiões de Lima, Cusco, Machu Picchu, Águas Calientes e Buenos Aires.

29/01/2016 às 11h00

Aracaju em alta no carnaval 2016!

Aracaju em alta no carnaval 2016!

No último final de semana uma amiga de um estado vizinho me consultou interessada em vir para Aracaju no carnaval. Até aí, tudo bem! Mas, o que me fez refletir e até motivar para preparar um post é de que ela me procurou no intuito de obter um auxílio, já que não estava encontrando vagas disponíveis nos hotéis da capital neste período. E se Aju não tem tradição de celebrar o carnaval como em outros locais, quem é este público que chega nesta época na cidade e o que buscam?

De acordo com a representante da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis/ Sergipe (ABIH/SE), Daniela Mesquita, a procura pela capital no período de carnaval tem sempre bom rendimento. “Os baianos que não gostam de festa, chegam em Aracaju na busca de tranqüilidade. A taxa de ocupação dos hotéis já se encontra em 70% e a expectativa do setor é de ocupação máxima nos hotéis da cidade”, salienta.

E quando questionei a respeito do perfil deste público ela explica. “Famílias e o público da terceira idade. O turista busca em Sergipe a tranqüilidade atrelada às belezas naturais que possuímos. A Orla de Atalaia é um atrativo e tanto, junto com destinos como Xingó e a Orla Pôr do Sol, por exemplo”, conclui Daniela.  

Hospedagem

A maioria dos hotéis e pousadas trabalham para esta época com pacotes e para quem tem interesse, a média por uma estadia de 6 a 9 de fevereiro sai ao custo de R$ 1.000 a R$1.700. Achei interessante o preço do Aju Hostel, na Rua François Hoald, 276 – Atalaia (próximo da Passarela do Caranguejo). Estão com um pacote para casal em quarto privativo ao custo de R$ 1.000. Para quem deseja conhecer as instalações segue o endereço eletrônico:  http://www.ajuhostel.com/

Postado por Shislane Silva
Comentários