Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
27/04/2017 às 09h39

Faca no gogó

Faca no gogó

Para preservar os empregos dos apadrinhados e garantir privilégios pagos pelos contribuintes, a grande maioria dos congressistas virou refém deste governo temerário. Encastelado no Planalto, o impopular presidente Michel Temer ameaça cortar as regalias dos que votarem contra suspeitos projetos concebidos na calada da noite e sem qualquer debate popular. Diante da faca no gogó, deputados e senadores aceitam, cinicamente, votar contra o povo para garantir os empregos das amantes e puxa-sacos. Ao cidadão comum, compete denunciar as artimanhas dos congressistas e marcar quem apoiar as indigestas reformas, para puni-los nas urnas. Não é concebível que um Parlamento repleto de fichas-sujas e propineiros queira suprimir direitos históricos da população para agradar interesses escusos. Estes maus políticos merecem punições bem mais rígidas do que a derrota eleitoral em 2018. Fique de olho nessa corja.

Seis a dois

Dos oito deputados federais sergipanos, somente os deputados federais Laércio Oliveira (ISD) e André Moura (PSC) votaram favoráveis à malfadada reforma Trabalhista. O projeto deste governo temerário foi aprovado pela Câmara, na madrugada de hoje, por 296 votos a favor e 177 contra. A proposta segue agora para votação no Senado. 

Denúncia grave

A Prefeitura de Itabaiana está distribuindo com a comunidade remédios com validade vencida. A grave denúncia é do vereador “Cabeça de Porco” (PMDB). Nascido Sinvaldo Gois Teixeira, porém popularmente conhecido por cachola de suíno, o peemedebista elogiou um agente de saúde, que alertou uma cidadã sobre o medicamento com validade vencida. Misericórdia!

“Embromeichon”

Como já era previsto, o empresário José Antônio Torres recebeu alta médica ontem e já se “recupera” em casa. Preso há 18 dias, o dono da empresa Torre sentiu fortes dores no coração, tendo sido transferido da delegacia para o hospital. Ali, permaneceu convalescendo até conseguir um habeas corpus, que milagrosamente lhe restabeleceu a saúde repentinamente. Que tal a Secretaria da Saúde firmar um convênio com a Justiça para distribuir habeas corpus - este santo remédio - nos superlotados hospitais públicos? Crendeuspai!

Tapa na macaca

Diante da forte escassez de Cannabis sativa na praça sergipana, é provável que a próxima Marcha da Maconha seja de “cara limpa”. Segundo os entendidos no assunto, a repressão policial ao tráfico de drogas e a grave seca são responsáveis pelo sumiço do “bagulho”. Para desespero da turma da fumaça, um finório de maconha prensada não sai por menos de R$ 5, em Aracaju. E isso quando aparece. Cruz cedo!

Dia de posse

A Assembleia deve empossar hoje como deputado estadual o suplente Adelson Barreto Filho (PR). O rapaz recorreu para fazer valer decisão da Justiça garantindo-lhe uma cadeira no Legislativo. Preso quando era vereador de Aracaju, sob a acusação de meter a mão grande no dinheiro da Câmara, Adelson foi proibido de assumir cargos públicos. Recorreu e obteve o direito de ser empossado parlamentar.

Ficou pra depois

Ficou pra depois a palestra que o ministro aposentado do Supremo, Carlos Ayres de Britto, faria amanhã no Tribunal de Contas de Sergipe. O adiamento foi motivado pela greve geral programada para amanhã em todo o país. Remarcada para 19 de junho, a palestra do ministro sergipano marcará a abertura do Fórum “Por um Brasil ético: o dinheiro público é da sua conta”.

Cabide de emprego

A Gráfica Oficial de Sergipe (Segrase) virou um bom cabide de empregos. Sempre que precisa agradar um aliado com uma boquinha, o governador Jackson Barreto (PMDB) o nomeia para uma das diretorias daquela estatal. Segundo publica hoje o Jornal da Cidade, o ex-vice-prefeito de Estância, Filadelfo Alexandre (PMDB), será o novo diretor da Segrase. A posse do peemedebista, que pretende se eleger deputado federal em 2018, foi marcada para terça-feira próxima.

Grana à vista

Parte dos servidores estaduais recebe o salário deste mês no próximo sábado. Vai botar a mão na grana quem trabalha na Secretaria de Educação, Sergipeprevidência, Ipesaúde, Segrase e aposentados e pensionistas do Funprev. Segundo o governo, o calendário dos demais servidores será divulgado posteriormente. Então, tá!

Mais roubados

O roubo de celulares segurados aumentou 64,6% entre 2015 e 2016, com maior expansão de ocorrências no Nordeste (106,8%). Segundo a Federação Nacional de Seguros Gerais, responsável pela pesquisa, celulares e smartphones são atualmente um fenômeno mundial e constituem um patrimônio de alto risco. Cruz credo!

Incendiário

E o presidente da Força Sindical em Sergipe, Roberto Arditi, quer ver o circo pegar fogo nesta sexta-feira. Insatisfeito com a decisão do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de não aderir à greve geral, o rapaz deu uma de incendiário: “Para essa porra. Fura pneu, fura tudo”, sugeriu o sindicalista pelas redes sociais. Menos, Arditi, menos!

 

Recorte de jornal

 

Publicado no aracajuano Folha da Manhã, em 24 de dezembro de 1941.

 

Resumo dos jornais

 

 

 

Postado por Adiberto Souza
Comentários