Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
04/04/2017 às 08h53

A força dos parentes

A força dos parentes

Aprovada há alguns anos pelo Supremo Tribunal Federal, a súmula proibindo o nepotismo no serviço público sempre foi desrespeitada pela maioria dos gestores. De lá pra cá, pouca gente perdeu o emprego por pertencer à família do chefe de plantão, que insiste em alegar a competência da filha, da mãe e da rapariga. Em Sergipe, pouco ou quase nada tem sido feito contra o nepotismo. As prefeituras do interior estão cheias de agregados dos prefeitos, as Câmaras de Vereadores não ficam atrás e por aí vai. Pelo visto, para moralizar o serviço público brasileiro é necessário mais do que uma súmula do Supremo.

 

Troca de nomes

O governo de Sergipe tem dois meses para substituir os nomes de pessoas vivas colocados em prédios públicos. Pela determinação da Justiça, terão que ser retirados os nomes colocados nas fachadas, placas, material publicitário, documentos e papéis oficiais. O governo já anunciou que cumprirá a decisão dentro do prazo. Nada menos do que 30 escolas estaduais vão ganhar novos nomes. Crendeuspai!

 

Lugar incerto

Finalmente ontem, um oficial de justiça intimou o ex-vereador aracajuano Agamenon Sobral. Informado que o político iria depor numa delegacia de polícia, o servidor do judiciário correu até lá e o intimou a se defender de dois processos movidos contra ele. Também exigiu que Agamenon fornecesse o endereço certo para futuras intimações. Marminino!

 

Burlando a lei

E o Tribunal de Contas de Sergipe está de olho em possíveis contratações temporárias feitas pelas prefeituras. Em ofício encaminhado aos gestores, o TCE indaga se eles realizaram ou pretendem realizar Processos Seletivos Simplificados e, em caso positivo, qual a fundamentação legal para as contratações. Pelo visto, os conselheiros estão desconfiados de alguma coisa. Homem, vôte!

 

Reis contemplados 

Deve ocorrer amanhã, a posse de Rosmam Pereira como secretário estadual de planejamento e gestão. O moço substituirá João Augusto Gama (PMDB), que assumirá, também amanhã, a Secretaria da Cultura em lugar em Irineu Fontes. As mudanças visaram agradar a família Reis – Jerônimo, Fábio e Goretti - que ficou muito contrariada com o esvaziamento da Fundação Hospitalar da Saúde, entidade para a qual Rosmam havia sido nomeado. Aff Maria!

 

Ninho alvoroçado

Dirigente do PSDB em Sergipe, Roberto Goes não esconde sua contrariedade com a cúpula nacional do partido. Ao ler nas redes sociais que “queimado por seu envolvimento com as denúncias da Lava Jato, o PSDB está se acabando e hoje é apenas um partido de São Paulo”, o tucano sergipano não pestanejou: “Concordo. Este Aécio só fez destruir o nosso partido. Desagregador e sem palavra”. Misericórdia!

 

Pichação condenada

Empresários sergipanos promoveram ontem um ato de desagravo contra as pichações feitas por manifestantes na empresa Multiserv. “Todos têm o direito de pensar de forma diferente, porém não podem causar danos ao patrimônio alheio”, alertou Robson Pereira, vice-presidente da Associação Comercial de Sergipe. O ataque à sede da empresa ocorreu na semana passada, durante a manifestação contra a reforma da Previdência.

 

Nova direção

Depois de, praticamente, escorraçar Rosmam Pereira da Fundação Hospitalar, o secretário da Saúde, Almeida Lima, deu cartão azul à superintendente do Hospital de Urgência, médica Lícia Diniz. Para substituí-la, nomeou o seu adjunto Luiz Eduardo.

 

Sob suspeição

A prisão de cinco dos sete conselheiros do Tribunal de Contas do Rio de Janeiro chamou a atenção de todo o país. Nos últimos anos, no entanto, é cada vez mais comum ver integrantes das cortes de contas envolvidos em casos de corrupção. As maracutaias vão das mais sofisticadas às mais simples. Em Sergipe, por exemplo, o conselheiro UIices Andrade foi denunciado pelo Ministério Público sob acusação de usar um veículo oficial em benefício próprio. Esta informação é do jornal Correio Braziliense.

 

Roda se conversa

Hoje tem “Gente, café e roda de Conversa”, encontro cultural que reúne alunos do curso de Letras da Faculdade Estácio de Sergipe e pessoas que apreciam a discussão de temas atuais. A cargo do bacharel em direito Diego Alexandre Costa de Jesus, a palestra desta terça-feira versará sobre “a conduta no ambiente virtual”. Com entrada franca, o “Gente, café e roda de Conversa” começa às 19h, no auditório da faculdade. Participe!

 

Recorte de jornal

 

Publicado no jornal Folha de Sergipe, em 15 de janeiro de 1911.

 

Resumo dos jornais

 

Postado por Adiberto Souza
Comentários