Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
24/03/2017 às 08h31

Enganando a lei

Enganando a lei

É bom o Ministério Público ficar atento com alguns prefeitos e presidentes de Câmaras que mascaram propaganda na mídia para fazer marketing pessoal. Antiga, a prática rende bons dividendos políticos aos infratores, porém causa enormes prejuízos aos cofres públicos e ilude o cidadão. Este pensa estar lendo, ouvindo ou assistindo uma produção jornalística que, na verdade, é uma matéria paga. Para enganar os órgãos fiscalizadores, a imprensa não fatura a propaganda disfarçada, mas recebe pelo serviço superfaturando os anúncios oficiais. Além de tudo isso, os administradores também burlam o Artigo 37 da Constituição Federal, que proíbe a publicidade de “nomes, símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridades ou servidores públicos”. Felizmente, não é difícil identificar a malandragem: basta atentar para a semelhança das matérias veiculadas na imprensa enaltecendo “uma grande ação” do governante infrator.

 

Pisou na bola

Depois da recente garfe do presidente Michel Temer (PMDB) sobre as mulheres –“Ninguém é mais capaz de indicar os desajustes de preço no supermercado do que a mulher, além de cuidar dos afazeres domésticos” – agora foi a vez de o deputado federal Laércio Oliveira (SD) pisar na bola: “Ninguém faz limpeza melhor do que mulher. À exceção de mim, que sou muito bom”. Misericórdia!

 

Na terrinha

E quem está hoje em Aracaju é o ministro da Justiça, Osmar Serraglio, aquele flagrado, como deputado, num “grampo” com um dono de um frigorífico. Vem inaugurar a nova Cadeia Pública de Areia Branca e seu acesso rodoviário. O presídio, que custou R$ 13,6 milhões, vai abrir 390 novas vagas, reduzindo a superlotação do sistema penitenciário. Menos mal, né!  

 

Perde para o mar

Sem chuvas e com menos água no leito, o Rio São Francisco está sendo empurrado pela maré nos pontos onde encontra o Atlântico. É na Foz do São Francisco, entre os municípios de Brejo Grande (SE) e Piaçabuçu (AL), que o fenômeno pode ser percebido com mais intensidade. Segundo pesquisadores da Universidade Federal de Alagoas, se a vazão do Velho Chico permanecer como está, a situação será cada vez pior, tanto do ponto vista humano quanto ambiental. Homem, vôte!

 

Tapa na macaca

A forte repressão policial ao tráfico de drogas e a grave seca que assola o Nordeste são responsáveis pela escassez de Cannabis sativa na praça sergipana. Para desespero da turma da fumaça, um finório de maconha prensada não sai por menos de R$ 5, em Aracaju. E isso quando aparece. Cruz cedo!

 

Projeto criticado

E o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) é um dos muitos críticos do projeto autorizando o trabalho terceirizado de forma irrestrita. Segundo ele, a propositura aprovada pela Câmara Federal precariza as relações trabalhistas, desfavorecendo a parte mais fraca, o trabalhador. Vavá lembra que, entre os malefícios do polêmico projeto está a ampliação, de 90 para até 180 dias, dos contratos temporários de trabalho. Misericórdia!

 

Grana nova

A partir de hoje, os deputados estaduais podem apresentar emendas impositivas no valor total de R$ 1,5 milhão ao ano. Serão beneficiadas as áreas da saúde (40%), infraestrutura (40%) e segurança (20%). A apresentação de emendas foi a maneira encontrada pela Assembleia sergipana para substituir as famigeradas verbas de subvenção, que resultaram num rumoroso processo judicial, com cassação de mandatos e afastamento de dois deputados. Esta informação é do blog JL Política, assinado pelo jornalista Jozailto Lima.

 

Saco de gatos

As brigas paroquiais estremecem as alianças políticas feitas pelo governador Jackson Barreto (PMDB). Bom exemplo disso vem de Lagarto, onde os governistas Ribeiro e Reis, dos grupos Bole-Bole e Saramandaia, vivem brigando por espaços no governo. Depois de quase escorraçar a deputada estadual Goretti Reis (PMDB), o secretário da Saúde, Almeida Lima, recebeu ontem, com pompas, o prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro (PSC). Adversário dos Reis e do governo, o político cristão foi levado ao gabinete de Almeidinha pelo deputado estadual Gustinho Ribeiro. Aff Maria!

 

Igreja contra

A Igreja Católica é contra a reforma da Previdência proposta por este governo temerário, e a favor da redução do número de autoridades com direito a foro privilegiado. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil também condenou a recente aprovação de projeto que autoriza o trabalho terceirizado de forma irrestrita. Segundo os religiosos, a proposta aprovada pela Câmara Federal aumenta muito o “risco de precarização das relações de trabalho e de perda de direitos”. Cruz credo!

 

Tá doente?

Os médicos municipais permanecem em greve, mesmo muitos já tendo recebido o salário de dezembro, através de um empréstimo bancário avalizado pela Prefeitura. Portanto, se você amanheceu doente e não tem grana para se internar em hospitais particulares de Aracaju, recorra um pai de santo ou a uma rezadeira. Uma cigana também pode adivinhar quando os médicos vão retornar ao trabalho. Crendeuspai!

 

Resumo dos jornais

 

Publicado no jornal aracajuano O Nordeste, em 27 de dezembro de 1938.

 

Recorte de jornal

 

Postado por Adiberto Souza
Comentários