Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
13/03/2017 às 07h47

Greve desumana

Greve desumana

A Prefeitura de Aracaju fez uma séria denúncia contra boa parte dos médicos da rede municipal. Garante que eles continuam em greve mesmo já tendo aderido à operação de crédito para receber o salário de dezembro. Em sendo isso verdadeiro é muito grave, pois enquanto a categoria permanece de braços cruzados, os pobres estão morrendo à míngua. Têm velhinhos com ossos fraturados, esperando por uma cirurgia há quase dois meses. É o caso de se perguntar se os médicos que continuam parados, mesmo já tendo feito o empréstimo para receber o salário, não podem ser punidos por omissão de socorro? Algo precisa ser feito para acabar com essa desumana e interminável greve, pois o povo pobre não pode continuar desassistido, vendo familiares apodrecendo em macas espalhadas pelos corredores dos hospitais públicos de Aracaju.   

 

Marajás

Não é exagero dizer que o Tribunal de Contas de Sergipe é um feliz reduto de marajás. Conselheiros e determinados profissionais daquela corte ganham mais de R$ 40 mil, vencimento bem superior ao teto salarial de R$ 36 mil. Pior é que estes senhores vivem criticando os prefeitos sergipanos que embolsam R$ 30 mil mensais. É como afirmar: faça o que digo, não o que faço. Aff Maria!

 

Contra André

Veja o que publicou o jornal Correio Braziliense: “Em política, há uma velha máxima de não deixar o adversário ganhar terreno. Pois é aí que entra a implicância de Renan Calheiros (PMDB-AL) com André Moura (PSC-SE). É que, no papel de líder do governo no Congresso, caberá a Moura trabalhar a indicação do relator do Orçamento. E o nome em alta para tratar justamente da relatoria do Orçamento de 2018 — ano eleitoral — é o do deputado Arthur Lira (PP-AL), adversário de Renan em Alagoas ano que vem”. Homem, vôte!

 

Dia de posse

Esta marcada para hoje, a posse de Rosman Faria na presidência da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), entidade que passa por um forte processo de esvaziamento. Somente na semana passada, o todo poderoso secretário estadual da Saúde, Almeida Lima (PMDB), exonerou mais de duas centenas de comissionados da Fundação. Resta saber o que a família Reis, responsável pela indicação de Rosman, está achando de tudo isso. Crendeuspai!

 

Gravidez interrompida

Vinte por cento das brasileiras terão feito ao menos um aborto ilegal ao final da vida reprodutiva, ou seja, uma em cada cinco mulheres aos 40 anos terá abortado ao menos uma vez. Segundo pesquisa da Universidade de Brasília, a mulher que aborta tem entre 18 e 39 anos, é alfabetizada e de área urbana. A maior parte (48%) completou o ensino fundamental e 26% possuíam ensino superior. Do total, 67% já tinham filhos. E mais: 56% dos abortos foram praticados por católicas e 25% por protestantes ou evangélicas. Misericórdia!

 

Venda avaliada

A seccional sergipana da OAB vai analisar a viabilidade técnica e jurídica da privatização da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso). Também avaliará as consequências sociais e econômicas da possível venda da estatal. Será nesta segunda-feira, durante audiência pública marcada para o auditório da OAB, na Travessa Martinho Garcez, centro de Aracaju. Participe!

 

Portas fechadas

Caiu com uma bomba a notícia do fechamento da fábrica de vidros de Estância, pertencente à empresa Verallia. Inaugurada em abril de 2016, a unidade significou um investimento de R$ 230 milhões e tinha 170 empregados. Em setembro do ano passado, o sócio no empreendimento, empresário sergipano Ruy Vieira, se desligou da sociedade. O motivo do fechamento da fábrica estanciana foi a crise econômica. Lamentável!

 

Dissonantes

A falta de sintonia entre o trabalho da Polícia Militar e o da Polícia Civil não ajuda o combate à criminalidade em Sergipe. Não é incomum ver viaturas militares estacionadas em frente a delegacias, aguardando por horas para registrar o BO. Quando o agente policial consegue fazer, outro problema às vezes aparece: o delegado não está presente para assinar o documento. Esta informação é do blog Primeira Mão, editado pelo jornalista Eugênio Nascimento.

 

Prepare o bolso

Entra em vigor nesta terça-feira o novo regulamento aprovado pela Anac para o transporte aéreo de passageiros, que prevê a possibilidade de as empresas cobrarem por qualquer bagagem despachada. A GOL e a Azul já anunciaram que terão uma classe tarifária mais barata para os clientes que não despacharem bagagens. A Latam informou que continuará com a franquia de 23 quilos, mas ainda este ano passará a cobrar R$ 50 pela primeira mala e R$ 80 pela segunda despachada nos voos domésticos.

 

Missa

A família do ex-prefeito de Canindé, Orlandinho Andrade, que morreu no último dia 5, manda celebrar nesta segunda-feira, missa em sufrágio de sua alma. Será às 19h, na Igreja Jesus Ressuscitado, em Aracaju. No último sábado, uma missa na Igreja Matriz de Canindé lembrou o sétimo dia da morte de Orlandinho. Ele administrava aquele município pela terceira vez.

 

Recorte de jornal

 

Publicado no jornal A Estância, em 6 de novembro de 1951.

 

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários