Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
09/03/2017 às 10h21

Tirania contra o povo

Tirania contra o povo

Milhares de brasileiros foram às ruas ontem, protestar contra a criminosa reforma da Previdência, concebida para desestruturar o estado social e, malandramente, favorecer o mercado financeiro. É um absurdo que uma proposta tão delicada seja analisada e votada por um suspeito Congresso com mais de 280 deputados e senadores delatados, denunciados e com processos de toda ordem. Acreditem, vão cometer uma atrocidade contra a classe trabalhadora. Esta famigerada reforma atinge especialmente os mais pobres, que ingressam no mercado de trabalho aos 14 anos e jamais saberão quando vão se aposentar. É um absurdo imaginar que quem vive em condições adversas, esquecido pelo Estado, conseguirá trabalhar 49 anos para ter direito à aposentadoria integral. Antes, bem antes, “ganhará” o atestado de óbito. Na ótica dos partidos e políticos que apóiam essa barbaridade, o brasileiro comum só serve para trabalhar, dar lucro ao patrão, perder a saúde e não ter o direito de se aposentar. O povo está certo quando vai às ruas para barrar tamanho crime de lesa-pátria. Não deve mesmo acreditar num governo que não gosta do trabalhador e não entende o mercado de trabalho. Portanto, todos contra esta temerária reforma da Previdência!

Choque no bolso

Liminarmente, o Conselho Nacional de Justiça suspendeu a concessão de novas licenças-prêmio a uma parcela dos magistrados sergipanos. O Tribunal de Justiça também está proibido de pagar quaisquer indenizações com esse título. Impetrada pelo deputado estadual Georgeo Passos (PTC) e pelo servidor público Hebert Pereira, a liminar vai permitir ao TJ fazer uma economia de R$ 40 milhões. Antes assim!

Pão e água

E o ex-secretário estadual da Justiça, Antônio Hora, está comendo o pão que o diabo amassou na recém criada Secretaria de Esportes. Ele não se queixa publicamente da total falta de estrutura, mas seu protetor político, deputado federal Fábio Mitidieri (PSD), já botou a boca no trombone. Usou as redes sociais para defender o protegido: “Secretário Antônio Hora foi nomeado no dia 26 de janeiro e até hoje não tem local de trabalho, orçamento e cargos. Como diria Galvão: "Tá certo isso, Arnaldo?". Misericórdia!

Bancarrota

Não se assustem se o Hospital Cirurgia fechar as portas, decretar falência. A secular unidade de saúde enfrenta sérios problemas financeiros por conta dos constantes atrasos de repasses de verbas pelo Estado e a Prefeitura de Aracaju. Por conta disso, o hospital atrasa os salários dos empregados e estes cruzam os braços. Agora mesmo, centenas de cirurgias estão suspensas devido à greve dos médicos. Para tratar deste delicado assunto, a direção do Cirurgia concede entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira. Lastimável!

Pé na estrada

O governador Jackson Barreto (PMDB) inaugura nesta quinta-feira, a rodovia Adil Dantas do Amor Cardoso, ligando o povoado Crasto à sede de Santa Luzia do Itanhi. JB também inicia a implantação do sistema de esgotamento sanitário, além de assinar a abertura de processo licitatório para construção de uma orla no povoado. As três obras somam um investimento superior a R$ 16,2 milhões.

Casa nova

A Faculdade Estácio de Sergipe inaugura, às 18h de hoje, suas novas e modernas instalações em Aracaju. Já confirmaram presenças o governador Jackson Barreto (PMDB) e o presidente da Assembleia, deputado Luciano Bispo (PMDB). Outra figura política no evento será o ex-governador Albano Franco (PSDB). Ele será homenageado como um homem público que fomentou a educação de nível superior no estado. A Estácio chegou a Sergipe há 15 anos, quando Albano se despedia do governo. Esta informação é do blog LJ Política, assinado pelo experiente jornalista Jozailto Lima.

Ele voltou...

Por cinco votos a quatro, o deputado estadual Adelson Barreto (PR) ganhou o direito de reassumir o mandato na Assembleia. O desembargador-relator Osório Ramos votou pelo retorno do parlamentar por entender que decisão judicial anterior o impede de ser nomeado para quaisquer cargos públicos, mas o mandato é uma função eletiva, que requer a posse e não nomeação. Ex-vereador, Adelson responde inquérito policial sob a acusação de ter feito uso indevido das verbas indenizatórias da Câmara de Aracaju. Crendeuspai!

Chão de casa

A Câmara de Aracaju acaba de ganhar um baita terreno para construir sua sede própria. A área, de 20 mil m² no Centro Administrativo da capital, foi doada pelo governo de Sergipe. Ao anunciar a doação, o governador Jackson Barreto (PMDB) lembrou ter começado a vida pública se elegendo vereador da capital em 1972: “Estamos doando uma área nobre, ao lado do Tribunal de Justiça, como forma de homenagear o Legislativo municipal”, disse JB.

Bem na fita

As mulheres (37,3%) ainda são minoria no Brasil entre juízes e desembargadores. Levantamento do Conselho Nacional de Justiça mostra que Sergipe (45,2%) é o terceiro estado do país com maior participação de mulheres na magistratura. Em primeiro lugar está o Rio de Janeiro (48,6%), seguido pelo Rio Grande do Sul (45,4%). A pesquisa foi feita nos tribunais superiores, estaduais, federais, do trabalho, eleitorais e militares. Viva elas!

Apaga velinhas

Podem parabenizar hoje a aniversariante Ana Maria Dória. Chefe de gabinete do governador Jackson Barreto, a gentil Aninha é querida de todos que a cercam. A coluna lhe deseja muitos anos de vida, recheados de saúde, paz e sucesso. Parabéns, amiga!

Joga pra torcida

A bancada de oposição na Câmara de Aracaju já deu entrada em um requerimento propondo a abertura de uma CPI para investigar a fedorenta novela da coleta do lixo. Os opositores suspeitam do processo de contratação emergencial da empresa Torre, que voltou a operar na capital com um contrato no valor de mais R$ 42 milhões. Como a bancada governista é maioria no Legislativo, dificilmente a CPI será instalada. Quer apostar uma mariola?

Sem tributos

O Supremo Tribunal Federal isentou livros eletrônicos, os chamados e-books, do pagamento de impostos. Por unanimidade, os ministros estenderam o benefício que já é concedido a livros e jornais impressos. A decisão da Corte abrange, ainda, os leitores de livros eletrônicos, os e-readers. Também põe fim a inúmeras decisões judiciais divergentes sobre a validade da imunidade a livros eletrônicos. Legal!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano A Notícia, em 5 de novembro de 1896.

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários