Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
16/02/2017 às 09h56

Políticos na folia

Políticos na folia

Embora a Assembleia e as câmaras municipais tenham iniciado ontem o ano legislativo, as atividades parlamentares só começarão pra valer depois do carnaval. Antes de se preocuparem com projetos de lei, indicações e discursos apimentados, deputados e vereadores vão se travestir de foliões para, entre um bloco e outro, participar das conversas de bastidores e medir a popularidade junto aos brincantes. Embora este não seja um ano eleitoral, o carnaval funcionará como um bom termômetro sobre o embate eleitoral de 2018. Antenada, a imprensa acompanhará tudo, anotando as conversas mais apimentadas do reinado de momo, na tentativa de antecipar as possíveis articulações com vistas às eleições do próximo ano.

 

Venda condenada

E o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) fez discurso ontem, contra a anunciada privatização da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso). Segundo ele, a venda da estatal vai gerar aumento de tarifa e desemprego, além do uso eleitoral dos recursos. Vavá acha que o dinheiro apurado com a privatização da Deso servirá, apenas, para cobrir o rombo que o governo estadual está criando nas contas públicas. Homem, vôte!

 

Almas penadas

Tem dirigente de órgão público pensando em realizar sessões de descarrego para ajudar alguns ex-assessores a desencarnarem dos cargos que ocupavam. Os danadinhos insistem em querer dar “pitacos” nas ações de seus sucessores, além de acharem que ainda têm poder de mando sobre os ex-comandados. Parecem até almas penadas. Pé de pato, mangalô três vezes!

 

Apelo à unidade

“A essa altura da vida não tenho o direito de cultivar egocentrismo ou vaidades pessoais. Isto me faz ultrapassar animosidades e até esquecer ofensas”. Esta afirmação é do governador Jackson Barreto (PMDB), que apelou à bancada federal para se unir “em favor de Sergipe e de seu povo”. E JB deu o primeiro passo em busca desta unidade, convidando os senadores oposicionistas Eduardo Amorim (PSDB), Antônio Carlos Valadares (PSB) e os deputados federais André Moura (PSC) e Valadares Filho (PSB) para a solenidade de assinatura da ordem de serviço visando a construção do Hospital do Câncer.

 

Mistureba

São Pedro, na sacristia,

Batizou Agamenon,

Jesus entrou em Belém

Proibindo o califom,

Montado na sua idéia,

Nas ruas da Galiléia

Tocou viola e pistom

 

Os versos acima são do repentista Zé Limeira, o poeta do absurdo.

 

Perdão ao vivo

O comunicador e político José Raymundo Ribeiro, o “Cabo Zé”, terá que desdizer o que disse contra o prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro (PSC). Ele até que tentou reverter a decisão do juiz de direito Edinaldo César Santos Junior, que determinou a retratação, porém seu recurso foi rejeitado. Na campanha eleitoral passada, “Cabo Zé” disse na rádio Eldorado que Valmir era estuprador. Agora vai ter que pedir perdão ao vivo, sob pena de a emissora ser retirada do ar. Aff Maria!

 

Pires nas mãos

Quem viajou ontem à Brasília foi o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB). Na agenda, visitas aos gabinetes de deputados federais e senadores aos quais poderá que indiquem emendas parlamentares para a capital sergipana. O comunista agendou, inclusive, audiência com o líder deste governo temerário, deputado André Moura (PSC). Tá certo!

 

Primeiros projetos

 

A Câmara de Vereadores recebeu ontem, os primeiros três projetos do Executivo aracajuano. Um autoriza a operação de crédito, visando o pagamento aos servidores do salário de dezembro. O outro versa sobre a adoção do Brasão de Armas de Aracaju como marca perene de todas as administrações aracajuanas. A terceira propositura trata sobre o congelamento do reajuste do IPTU.

 

Mata fome

O deputado federal Laércio Oliveira (SD) festejou a liberação de 200 mil toneladas do estoque de milho da Conab para o Programa Vendas em Balcão. Segundo ele, a ação do governo federal vai aliviar os agricultores e criadores nordestinos, seriamente afetados pela seca: “Hoje, a saca de milho é vendida por R$ 60 e R$ 70. Com esta liberação, o preço cairá para R$ 30”, explica Laércio. Melhor assim!

 

Só morto

De um operário sobre a reforma da previdência em tramitação no Congresso: “De tão cruel com a classe trabalhadora, este projeto do governo bem que poderia incluir um artigo exigindo atestado de óbito a quem pretende se aposentar”. Cruz credo!

 

Longe do muro

O discurso do governador Jackson Barreto (PMDB) na sessão de abertura da Assembleia desagradou o deputado Georgeo Passos (PTC). Segundo o parlamentar, JB está mais preocupado em fazer política do que em administrar o estado. Após prometer uma oposição firme e propositiva, Passos disse que não será um opositor em cima do muro. A quem será que o jovem deputado endereçou esta indireta de murista? Misericórdia!

 

Recorte de jornal

 

Publicado no jornal Folha de Sergipe, em 13 de agosto de 1886.

 

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários