Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
11/11/2016 às 10h13

Nanicos ameaçados

 Nanicos ameaçados

 Os donos dos partidos conhecidos como “nanicos” e legendas de aluguel estão alvoroçados com a reforma política em tramitação no Congresso. Eles não aceitam que para receber dinheiro do Fundo Partidário e ter direito à propaganda eleitoral no rádio e na TV, as siglas precisarão obter o mínimo de 2% de todos os votos válidos em, pelo menos, 14 estados. Diferente destes “empresários”, a população exige o fim das legendas criadas exclusivamente para acobertar negociatas e lavagem de dinheiro. É um absurdo que existam no país 35 partidos registrados e outros 30 e fase de regularização na Justiça Eleitoral. Muitos deles são meros produtos para atender aos gostos do “freguês” interessado em “comprar uma candidatura”. Em Sergipe mesmo, existem sujeitos donos de vários “nanicos” para alugar a quem pagar mais. Decididamente, enquanto esse “negócio” continuar rendendo lucros aos “proprietários” dessas quitandas, a política permanecerá fedendo mais do que produtos estragados em fim de feira.

 

Enxuga gelo

 A Polícia de Sergipe enxuga gelo ao prender criminosos para a Justiça soltá-los. O advogado Emanuel Caccho concorda que a Polícia sergipana desvenda os crimes rapidamente, mas aí já é tarde demais. Segundo o experiente criminalista, Sergipe precisa prevenir, evitar que o delito ocorra, como fazem os estados que conseguiram reduzir os índices de criminalidade. É por aí!

 

Aviso aos credores

 Boa notícia para os empresários com contas a receber no governo estadual: os R$ 157 milhões oriundos do Programa de Repatriação de Ativos repassados ao executivo sergipano serão usados para pagar os fornecedores, visando garantir a continuidade dos serviços prestados ao Estado. Menos mal, né?

 

Braços cruzados

Convocada pelas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, acontece hoje a paralisação contra a Proposta de Emenda Constitucional 55 e as reformas da previdência e trabalhista. Em Sergipe, dezenas de categorias vão cruzar os braços e participar da manifestação convocada para o final da tarde, embaixo do Viaduto do Distrito Industrial de Aracaju. Prestigie!

 

Pernas pro ar

Magistrados e servidores do Tribunal de Justiça de Sergipe têm um feriadão pela frente. Para garantir o descanso prolongado, a presidência do TJ decretou ponto facultativo na próxima segunda-feira, véspera do feriado de 15 de novembro, alusivo à Proclamação da República. Ô vidão, seu menino!

 

Transição

O prefeito eleito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB), se reuniu ontem com secretários municipais. Foi o primeiro encontro para discutir o processo de transição na prefeitura. O comunista pretende se encontrar com o ainda prefeito João Alves Filho (DEM) já na semana que vem. Edvaldo está preocupadíssimo com o caos em que se encontra a administração municipal. Uma lástima!

 

Boa nova

E o presidente da Câmara Municipal de Aracaju, Vinicius Porto (DEM), promete recorrer contra a liminar garantindo a posse de nove suplentes. Segundo ele disse ao jornalista Diógenes Brayner, com a chegada desses novos vereadores a Câmara precisará de mais R$ 397 mil para pagar os meses de novembro, dezembro e parte do 13º salário. A posse dos suplentes também fere a Constituição Federal, que estabelece um prazo mínimo de quatro meses para a substituição do titular.

 

Frouxo, frouxo!

Ao saber que o governador ficou tiririca de raiva por ter sido chamado de frouxo, o senador Eduardo Amorim (PSC) carregou na dose. No discurso feito ontem no Senado, o parlamentar sergipano chamou JB de frouxo várias e várias vezes. Resta saber se o governador ainda pretende desafiar Amorim a chamá-lo de frouxo em sua frente. Aff Maria!

 

Corruptos blindados

Não chamem para o mesmo rega-bofe os procuradores da Operação Lava Jato e o líder deste governo temerário, deputado André Moura (PSC). A turma do Ministério Público está invocada com a proposta que Moura apresentou na Câmara sobre delações premiadas. Pela matéria, será extinta a penalidade criminal para os delatores de empresas que fechem acordos de leniência. Também “morrem” os processos contra as empresas investigadas. Para os procuradores, a proposta de Moura protege os corruptos da Operação Lava Jato. Homem, será?

 

Pisa no freio

E o ainda prefeito de São Cristóvão, Jorge Eduardo (PSC), terá que suspender a concorrência que delega concessão à empresa privada para os serviços de iluminação pública. O certame impugnado pelo Tribunal de Contas de Sergipe previa que a contratação da empresa valeria pelo período de 35 anos, a um custo mensal de R$ 380 mil. Nem precisa dizer que o prefeito eleito Marcos Santana (PMDB) festejou muitíssimo a acertada decisão do TCE.

 

Alvo potencial

Agora em 2016, a infecção pelo vírus Zika foi mais frequente em mulheres do que em homens, sendo que a faixa etária predominante dos casos em mulheres foi de 20 a 39 anos. Segundo o Ministério da Saúde, do total de casos, 132.524 (67,3%) foram notificados em mulheres dos quais 96.494 (72,8%) em idade fértil (faixa etária de 10 a 49 anos). A infecção pelo vírus durante a gestação pode gerar diversas malformações na criança, como microcefalia e outras alterações neurológicas.

 

Recorte de jornal

 

Publicado no jornal Correio de Aracaju, em 29 de outubro de 1923.

 

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários