Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
23/09/2016 às 08h45

Governo velhaco

Governo velhaco

 

Ao deixar de pagar pelos serviços contratados, o governo de Sergipe está quebrando empresas, provocando desemprego em massa e desaquecendo a já enfraquecida economia. Não fosse isso, o Executivo ainda enviou para a Assembleia um projeto criando um tal Fundo de Equilíbrio Fiscal, visando cobrar 10% das empresas que receberam incentivo fiscal. Para se ter uma idéia de quanto é grave a situação, empresários dos setores de vigilância, e de asseio e conservação prometem suspender os serviços nos próximos dias porque o governo não lhes paga um único centavo há seis meses. Pelo mesmo motivo, os veículos de comunicação não param de demitir e as empresas de ônibus deixaram de transportar os estudantes para as escolas. Chega a ser assustador o rastro de problemas deixado pela velhacaria do Executivo sergipano, que continua pedindo socorro ao desalmado chefe deste governo temerário do Brasil. Decididamente, os sergipanos estão no mato sem cachorro!

 

Sem política

 

Reunido com a classe médica de Aracaju, o prefeiturável Edivaldo Nogueira (PCdoB) desmentiu o boato que, se eleito, nomearia o ex-deputado federal Rogério Carvalho (PT) para a Secretaria da Saúde. “Não escolherei para este cargo quem objetiva ser candidato em 2018”, prometeu. Segundo o comunista, “o perfil de secretário da Saúde é daquele que tiver capacidade de liderar, que seja conciliador e que dialogue”. Então, tá!

 

Mãos ao alto

 

Enquanto a Polícia Militar segue em greve, deixando os sergipanos entregues à própria sorte, marginais estão, assaltando, espancando e matando policiais. Na segunda-feira, o sargento Erivan Pessoa foi assaltado em um posto de combustíveis de Aracaju. Na terça, bandidos assassinaram na capital o tenente PM Temístocles. Ontem, em Rosário do Catete, assaltantes tentaram matar o sargento PM Valmir, espancando-o violentamente. O objetivo dos dois últimos crimes foi roubar as pistolas dos militares. Misericórdia!

 

Grana na conta

 

Depois que a Assembleia autorizou o saque dos recursos do Fundo Previdenciário, o governo de Sergipe promete pagar até segunda-feira próxima, a última parcela das aposentadorias e pensões referentes a agosto. E deve depositar na terça que vem, a grana deste mês. Será a primeira vez em muito tempo que os coitados dos aposentados vão receber sem atraso. Resta saber até quando!

 

Casa de ferreiro...

 

O Tribunal de Contas do Estado informa que 65 dos 75 municípios sergipanos estão gastando com servidores mais do que estabelece a Lei de Responsabilidade Fiscal. Segundo o TCE, todos devem regularizar a situação num prazo de oito meses, sob pena de serem penalizados. Este mesmo Tribunal de Contas, que faz agora reprimenda às prefeituras, descumpriu a mesma Lei de Responsabilidade Fiscal, só tendo normalizado a situação graças ao providencial socorro do governo. É aquela velha história: faça o que digo, não faça o que faço.

 

Maioria feminina

 

Cerca de 55% dos eleitores de Aracaju são mulheres. Mais de 40% do eleitorado da capital sergipana têm ensino médio (concluído ou não) e 16% possuem diploma universitário. Este é o perfil dos cerca de 400 mil votantes que elegerão 24 novos vereadores e o prefeito. Este, porém, pode ter que disputar o 2º turno se não conseguir 50% mais 1 dos votos válidos nas eleições do próximo dia 2.

 

Grana curta

 

E alguns dos 10 vereadores afastados da Câmara de Aracaju sob a acusação de terem metido a mão grande em recursos públicos, estão tendo dificuldades para tocar a campanha nesta reta final. É que, além de proibidos de freqüentarem o Legislativo, eles não podem usar os R$ 15 mil da verba de indenização paga pela Câmara. Já há daqueles ameaçando desistir da reeleição por total falta de numerário. Coitadinhos!

 

Lembra deles?

 

Embora tenham sido cassados sob a acusação de terem metido a mão grande nas verbas de subvenção da Assembleia, sete deputados estaduais e dois federais continuam no exercício dos mandatos como se nada tivesse acontecido. Aliás, é provável que a maioria dos eleitores nem lembre mais quem são os condenados. Só para recordar, segue a relação dos cassados: Capitão Samuel, Gustinho Ribeiro, Jeferson Andrade, Venâncio Fonseca, Zezinho Guimarães, João Daniel, Adelson Barreto, Augusto Bezerra e Paulinho das Vezinhas. Estes dois últimos, inclusive, estão proibidos de passarem até pela calçada da Assembleia. Homem, vôte!

 

Taxistas invocados

 

E os taxistas de Aracaju ficaram injuriados ao tomarem conhecimento que o prefeito e candidato à reeleição João Alves Filho (DEM) enviou para a Câmara de Vereadores o projeto regulamentando o serviço de mototaxi. A turma considera a proposta de eleitoreira, pois não será votada antes das eleições e, passada a disputa eleitoral, dificilmente será aprovada.

 

Pé de guerra

 

Diferente de Aracaju, onde nem parece que há campanha eleitoral, o clima é muito tenso em vários municípios do interior. O candidato a prefeito de Dores, Thiago de Gilberto (PMDB), acusa seu adversário João Marcelo (PSDB) de ter contratado uma milícia armada para amedrontar os eleitores. O prefeito de Macambira, Ricardo Souza (PSD), denunciou que policiais militares estão sendo pagos por seus opositores para tocarem o terror contra o povo. Cruz credo!

 

Recorte de jornal

 

Publicado no jornal aracajuano Diário da Tarde, em 30 de setembro de 1933.

 

Resumo dos jornais

 

Postado por Adiberto Souza
Comentários