Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
06/09/2016 às 08h27

Onde estava João?

Onde estava João?

O prefeiturável João Alves Filho (DEM) irrita-se quando lembram a relação dele com a ditadura militar de 1964. Outro dia, o demista reagiu ao ser acusado de ter ficado ao lado dos golpistas. Sempre que escuta isso, o prefeito jura ser um grave equívoco acusá-lo “de ter ficado ao lado dos homens que usavam baionetas”. João esconde a verdade, pois em novembro 1972, enquanto os brasileiros eram presos, torturados e mortos, ele participava do II Ciclo de Estudos sobre Segurança Nacional e Desenvolvimento, organizado pela cooptadora Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (Adesg). Em seu livro ‘A Tutela Militar em Sergipe 1964/1984’, o escritor Ibarê Dantas revela que o diploma conseguido por Alves Filho na tal associação “era documento relevante, por vezes, indispensável, para ocupar determinados cargos da administração pública”. De fato, depois do curso feito na Adesg, João foi indicado prefeito biônico de Aracaju, com a concordância dos militares golpistas.

Meia volta, volver!

Surtiu efeito a ameaça feita pelo comandante da Polícia Militar, coronel Marcony Cabral, de punir os policiais e bombeiros que se recusarem a participar do desfile de 7 de Setembro. Reunidos em assembleia, os PMs decidiram que quem estiver de plantão participará normalmente do evento cívico. Aqueles de férias e de folga vão fazer, juntamente com os familiares, uma caminhada por toda a extensão da avenida Barão de Maruim. Os policiais cobram do governo promoções automáticas e reajuste salarial. Estão certos!

Abra o olho

Quem divulgar pesquisa sem o devido registro na Justiça Eleitoral será multado em até R$ 100 mil. A exigência legal de registrar as consultas de opinião pública objetiva zelar pela veiculação de informações confiáveis. Também impede a publicação de percentuais falsos visando induzir o eleitor a votar no candidato beneficiado pela pesquisa inexistente.

Agora vai

Saúde e segurança são os temas mais discutidos pelos prefeituráveis de Aracaju. Entrevistado pelo Portal Infonet, o candidato Valadares Filho (PSB) prometeu aumentar o efetivo da Guarda Municipal e construir um Centro Operacional para a “polícia” da prefeitura. Quanto à educação, Vavazinho pensa em reformular a gestão dos diretores e implantar novas creches na periferia.

Compra-se consciência

O crápula que compra votos Do povo não quer saber,  O que ele pretende mesmo É adquirir o poder  Pra roubar dinheiro público E assim enriquecer.

Este cordel é da lavra do paraibano Francisco Ferreira Filho Diniz.

Corpo a corpo

E quem vai entrar de cabeça na campanha eleitoral é o deputado estadual Georgeo Passos (PTC). Embora não esteja disputando qualquer cargo eletivo, ele pediu licença não remunerada de 25 dias para trabalhar em favor de seus candidatos. Georgeo deve atuar mais intensamente em Ribeirópolis, onde o pai Antônio Passos (DEM) disputa a prefeitura do município. Há dias, o prefeiturável Valadares Filho também se licenciou da Câmara Federal para se dedicar à campanha em Aracaju. Corretíssimo!

Braços cruzados

Com a greve dos bancários iniciada hoje, os consumidores devem procurar meios alternativos para pagar as contas. É bom lembrar que a greve não pode ser motivo para protelar pagamentos. Quem tem conta para pagar e não dispõe de cartão para uso do caixa eletrônico, pode recorrer às agências lotéricas, que aceitam a quitação de diversas contas. Mas o cliente que precisa sacar dinheiro na boca do caixa deve entrar em contato com o banco, por telefone, e solicitar uma alternativa.

Meia boca

Boa parte do comércio de Aracaju não abre as portas amanhã, 7 de Setembro. Os supermercados só funcionam até hoje à noite. Os mercados centrais e do bairro Siqueira Campos abrirão das 6h às 12h. O feriado não afetará, porém, os bares e bodegas da capital, que deverão registrar grande frequência daqueles que estão se lixando para essa conversa fiada de independência do Brasil. Que independência, ora bolas?

Turma de 1957

Chegou à coluna um convite de formatura da turma de 1957 do Ginásio Jackson de Figueiredo, que funcionava na Praça da Catedral Metropolitana de Aracaju. Entre os concludentes daquele ano estão nomes ilustres como Aerton Silva, Albano Franco, Clélio Lins Batista, João Alves Filho, José Alves dos Santos, José Antônio de Andrade Gois, Lisaldo Alves Campos, Luiz de Medeiros Chaves, Nadija Cardoso Gonçalves Torres, Nilson Barreto, Olímpio Alves Seixas, Rui Dantas as Silveira Gois e Wellington Rezende. Este último era o piloto do avião que caiu no Pará em 1987, matando todos os ocupantes, entre os quais o então ministro da Reforma Agrária, Marcos Freire.

Rádio campanha

Aos poucos, Sergipe vai sendo tomado pelos carros de som dos candidatos a cargos eletivos. É a rádio campanha no ar com seus jingles divulgando nomes, números e virtudes dos candidatos. Sem dinheiro para equipar potentes carros de som, a maioria dos postulantes a uma cadeira de vereador investe mesmo é no boca a boca, distribuindo “santinhos”, tapinhas nas costas e prometendo mundos e fundos aos eleitores. E quem quiser que caia nessa!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Gazeta Socialista, em 26 de agosto de 1950.

Resumo dos jornais

 

Postado por Adiberto Souza
Comentários