Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
30/08/2016 às 08h08

Festival de promessas

Festival de promessas

Até o próximo dia 29, quando termina o horário eleitoral no rádio e na televisão, o eleitor assistirá um verdadeiro festival de promessas vazias, feitas pelos candidatos a prefeito, vice e vereador. Os majoritários terão 20 minutos por dia no rádio e na televisão para prometer o céu e a terra. Eles juram que vão acabar a violência, fome, desemprego, analfabetismo, congestionamentos, resolver o déficit habitacional, oferecer ônibus com ar refrigerado, ampliar o metrô que não existe, pagar salários justos aos servidores, etcetera e tal. Ao eleitor preocupado em eleger representantes comprometidos com a cidade, cabe identificar aqueles que apresentam propostas concretas e ter consciência que a maioria dos candidatos está aproveitando o horário eleitoral gratuito para, como diz o poeta Jessier Quirino, cerca-se de “meia dúzia de corrupto/ E acunhar na promessa/E a pisadinha é essa:/Três promessa por minuto”. Portanto, fiquem atentos!

 

Última chance

E o ex-deputado estadual Luciano Bispo (PMDB) terá recurso julgado hoje pelo Tribunal Superior Eleitoral. Cassado em última instância por improbidade administrativa, o peemedebista argumenta não ter tido as contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas de Sergipe. Aos amigos, Bispo não esconde a esperança de conseguir ser absolvido pelo Pleno do TSE e voltar a presidir a Assembleia. Aguardemos, portanto!

 

Passeio de metrô

De um pinguceiro numa bodega da Zona de Expansão de Aracaju: “Só voto no prefeito João Alves Filho se for convidado para fazer um city tour no metrô que ele está prometendo ampliar, com a criação de novas linhas”. Vixe Maria!

 

Cidade dos sonhos

“Eu queria morar na cidade que os políticos prometem, mas, infelizmente, a gente vive na cidade que eles administram”. Quem pensa assim é o candidato a prefeito de Aracaju, vereador Emerson Ferreira (Rede). Entrevistado pelo Portal Universo Político, o prefeiturável disse que “a velha política disputa o poder com as armas do financiamento ilegal, do loteamento dos espaços públicos e de promessas que não serão cumpridas”. Homem, vôte!

 

Barril de pólvora

A seccional da OAB está preocupada com o clima de pré-rebelião existente nos presídios sergipanos. O presidente da Ordem, Henri Clay Andrade, teme que a situação saia do controle a qualquer momento. Segundo ele, enquanto os agentes penitenciários estão revoltados com os baixos salários pagos pelo governo, os presos protestam contra a superlotação. A Penitenciária de São Cristóvão, que tem 800 vagas, abriga cerca de 2,8 mil detentos. Parece mais um medieval depósito de seres humanos. Lastimável!

 

Cadê o dinheiro?

E o Sindicato dos Professores da Rede Estadual volta a fazer cobranças públicas ao governador Jackson Barreto (PMDB). Em dezenas de outdoors espalhados por Sergipe, o Sintese propõe que “Jackson devolva o dinheiro do Fundeb: R$ 77 milhões”. Os educadores garantem que a Secretaria da Fazenda usou para outros fins os recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica. Homem, será?

 

Tá lembrado?

Quase não se fala mais sobre a grave denúncia de malversação da verba indenizatória da Câmara de Aracaju que, segundo a Polícia, teria sido garfada por 15 alegres vereadores. E o que dizer dos nossos 16 deputados estaduais cassados sob a acusação de fazerem mau uso das verbas de subvenção da Assembleia? Enquanto todos eles seguem flanando por aí, ninguém trata mais destes assuntos. Até parece que neste país o crime compensa e é pra ser esquecido. Êta seu menino, que Brasilzão sem jeito!

 

Pra ser político

Dê um remédio pra quem Não tem mais nenhuma cura. Cesta básica de arroz, Sal, farinha e rapadura. Litros de leite de soja E doses de cana pura. 

A definição acima está no bem acabado cordel ‘O ladrão e o político’, do poeta José Augusto, de Mossoró (RN).

 

 

Corpo a corpo

O corpo a corpo com o eleitor tem sido a principal atividade dos prefeituráveis de Aracaju. Eles também visitam entidades de classe para debater os programas de governo. Hoje, Edvaldo Nogueira (PCdoB) almoça no Sindicato dos Médicos. João Alves (DEM) se reúne com os auditores municipais e com empresários do Trade Turístico. Sônia Meire (PSOL) vai ao Sindicato dos Professores municipais, enquanto Valadares Filho (PSB) participa de uma mini-carreata. Vera Lúcia (PSTU) irá a um debate no jornal Cinform, e João da Tarantela (PMN) faz panfletagem.

 

Bolso cheio

E a crise econômica passou bem longe do Banco do Estado de Sergipe. O balanço financeiro mostra que o Banese teve um lucro líquido de R$ 22,4 milhões no primeiro semestre deste ano. No período, as operações de crédito do banco totalizaram quase R$ 2,164 bilhões, registrando crescimento de 12,9% em relação aos primeiros seis meses de 2015. O patrimônio líquido registrou R$ 299 milhões no final de junho último, com incremento de 1,4% em relação ao mesmo período do ano passado.

 

Preço do golpe

A Câmara Federal já começou a votar as Medidas Provisórias objetivando “pagar” a conta pelo golpe parlamentar aplicado contra a presidente Dilma Rousseff (PT). Quem pensa assim é o deputado federal João Daniel (PT). Segundo ele, a MP 727, em tramitação no Legislativo, prevê a abertura para as privatizações no país. Segundo o petista, “a Câmara já começou a votar a fatura a ser paga a poderosa Fiesp e as grandes corporações internacionais que apoiaram o golpe”. Misericórdia!

 

Recorte de jornal

 

Publicado no Correio de Aracaju, em 31 de julho de 1920.

 

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários