Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
24/08/2016 às 09h26

João, o rejeitado

João, o rejeitado

Mais da metade dos aracajuanos (55%) querem ver pelas costas o prefeito e candidato a reeleição João Alves Filho (DEM). Para se ter uma idéia do que isso representa, o demista tem praticamente o dobro das rejeições de seus principais adversários Valadares Filho (28%) e Edvaldo Nogueira (27%). Pesquisa do Ibope, divulgada ontem pela TV Sergipe, também mostra que a população desaprova a administração de Alves Filho (Ótima/boa 13%; Regular 33%; Ruim/péssima 53%; Não sabem avaliar 1%). Portanto, os marqueteiros do prefeito terão muito trabalho e pouco tempo para reverter percentuais negativos tão elevados. Segundo o jornalista José Roberto Toledo, de O Estado de São Paulo, ?a rejeição é persistente como um pernilongo. Podemos não lembrar por que sufragamos este, mas não esquecemos a razão pela qual não votamos naquele?. Te cuida, João!

Largou na frente

E quem está sorrindo de orelha a orelha é o candidato a prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB). A pesquisa do Ibope mostra o comunista com 28%, seguido por João Alves (18%) e Valadares Filho (15%). Vera Lúcia (PSTU) tem 7% das intenções de votos, Sônica Meire (PSOL) 4%, Dr. Emerson (Rede) 3%, João Tarantella (PMN) 1%. Branco/nulo 19%. Não sabe/não respondeu 5%. Registrada no TRE sob o protocolo SE -09510/2016, a pesquisa ouviu 602 eleitores entre os dias 19 e 23 de agosto. A margem de erro é quatro pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

Sukita no páreo

Engana-se quem pensa que a rejeição pelo Tribunal Regional Eleitoral das contas de campanha de Manoel Sukita (PTN) o tirará da disputa pela Prefeitura de Japaratuba. Em 2012, o Tribunal Superior Eleitoral decidiu que a reprovação das contas de campanha não impede o candidato a cargo eletivo de obter a certidão de quitação eleitoral e do registro de candidatura. Portanto, embora tenha tido reprovadas as contas da campanha de 2014, Sukita está na briga.

Saúde falida

Sem receber da Prefeitura de Aracaju pelos serviços prestados ao SUS, o Hospital de Cirurgia suspendeu a realização de cirurgias, a exemplo das cardíacas e neurológicas. Também estão suspensos os internamentos clínicos por falta de recursos para comprar materiais e remédios. A direção do hospital informa que a Prefeitura está devendo mais de R$ 8 milhões e não acena com a possibilidade de quitar o “prego”. Lastimável!

Na terrinha

E quem estará em Sergipe, sábado próximo, será o ministro do Esporte, Leonardo Picciani. Em Aracaju ele visitará o Batistão e o Ginásio de Esportes Constâncio Vieira. Depois vai a Lagarto visitar a obra do Centro de Iniciação ao Esporte, o Estádio Paulo Barreto e o Parque de Vaquejada. Picciani é convidado do deputado federal Fábio Reis (PMDB). Não faltará quem os chamem de golpistas, a exemplo do que ocorreu recentemente em Aracaju com o ministro da Educação, Mendonça Filho.

Jus esperneandi 

O Jornal da Cidade publica hoje, que entrou na pauta de ontem do Tribunal Superior Eleitoral o recurso apresentado pelo ex-deputado estadual Luciano Bispo (PMDB). Para tristeza do peemedebista, a ministra relatora Luciana Lóssio retirou o processo da pauta. Na tentativa de reaver o mandato cassado, Luciano alega que suas contas foram aprovadas na Câmara de Vereadores de Itabaiana e no Tribunal de Contas do Estado. Então, tá!

JB no Planalto

E quem se encontra hoje com o presidente Michel Temerário (PMDB) é o governador Jackson Barreto (PMDB). Embora se diga contrário ao impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), JB não perde uma oportunidade de prosear com o governante tampão. A justificativa para o encontro de hoje em Brasília é o lançamento do Plano Agro Mais, um conjunto de medidas para impulsionar a competitividade do agronegócio.

Tribunal racial

A deputada estadual Ana Lúcia (PT) considera um verdadeiro “tribunal racial” a comissão criada por este governo temerário para verificar se são mesmo negros aqueles que se autodeclaram desta cor ao se inscreverem em concurso público. Segundo a parlamentar, esta é uma medida tão fascista e racista quanto o apartheid da África do Sul. Misericórdia!

Terra de ninguém

Sergipe está se transformando numa terra de ninguém, onde se mata por qualquer motivo. A ausência dos policiais militares das ruas tem estimulado a ação criminosa dos bandidos, que atuam a qualquer hora e em qualquer lugar. Impotente, o governo estadual deixa a coisa como está pra ver como é que fica. Para quem mora na periferia de Aracaju e na zona rural do interior, pior do que está não fica. Cruz credo!

Tenha fé

E aí, amanheceu Durango Kid, sem um tostão furado no bolso? Pois corra numa lotérica e faça uma fezinha na Mega-Sena. O prêmio para quem acertar as seis dezenas nesta quarta-feira é de R$ 58 milhões. Tudo bem que é pouco, mas dá para pagar algumas dívidas e beber uns engradados de cerveja. Colocada na poupança, a grana rende a bagatela de R$ 384 mil mensais. Mais ou menos, né?

Recorte de jornal

 

Publicado no Correio de Aracaju, em 31 de dezembro de 1914.

 

Resumo dos jornais

 

 

 

 

 

Postado por Adiberto Souza
Comentários