Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
22/08/2016 às 10h07

Voto sujo

Voto sujo

É certo que parcela do eleitorado vota em candidato desonesto para ser representado por um igual. O sujeito que não se sensibiliza com a massiva propaganda contra os ficha suja, e vota em quem responde uma série de processos, não deseja o melhor para sua cidade. Pior é que, na maioria dos casos, o eleitor que apóia acusados de praticar crimes administrativos tem consciência do seu ato, sabe muito bem que, se eleito, seu candidato voltará a claudicar, em prejuízo para toda a população. Portanto, quem vota em malandros está interessado somente em vantagens pessoais, mesmo que elas sejam ilegais e exibam as impressões digitais do seu representante ficha suja. Lastimável.

Ficha suja reclama

E o deputado estadual Valmir Monteiro (PSC) não gostou de os adversários terem pedido a impugnação da candidatura dele a prefeito de Lagarto. Segundo o parlamentar, “eles estão é com medo de tomarem uma goleada nas urnas”. Valmir não comenta, porem, que é um político ficha suja, pois o Pleno do Tribunal de Justiça de Sergipe o condenou por improbidade administrativa.

Duas caras

Ele nem parece gente,

Tá mais pra camaleão,

Vira outro em segundos,

Conforme a situação,

É assim nosso político,

Antes e após a eleição.

O cordel acima é do poeta Carlos Alberto Fernandes da Silva.

Bateu, levou!

O governador Jackson Barreto (PMDB), irritou a turma do PSB ao dizer que o candidato a prefeito de Aracaju, Valadares Filho, parece mais um jovem candidato ao primeiro emprego. Segundo o vereador Bertulino Menezes (PSB), “se Jackson estivesse preocupado em resolver o caos financeiro no qual colocou Sergipe, o povo não estaria morrendo nas mãos dos marginais, nem o servidor estaria desesperado sem receber os salários em dia”. Aff Maria!

Pé na estrada

O prefeito João Alves Filho (DEM) começou sua caminhada rumo à reeleição pela zona norte de Aracaju. No sábado, ele esteve na avenida Visconde de Maracaju e em seguida foi ao bairro Santos Dumont. O demista encerrou o primeiro corpo a corpo na Orla Pôr do Sol, localizada na zona sul da capital. Ao final, João se disse satisfeito com a boa recepção dos eleitores à sua candidatura. Então, tá!

Fio da navalha

João Alves Filho (DEM) está entre os oito candidato a prefeito das capitais processados criminalmente. Segundo publica hoje a Folha de São Paulo, o demista aracajuano é réu numa ação sob acusação de corrupção passiva e peculato. Este processo relacionado à Operação Navalha, deflagrada em 2007 pela Polícia Federal, apura um desvio de recursos destinados à duplicação da Adutora do São Francisco. O suposto crime ocorreu quando Alves Filho era governador de Sergipe. Cruz credo!

Olho nos olhos

E quem esteve fazendo campanha ontem no bairro Santa Maria foi o candidato a prefeito Valadares Filho (PSB). Saiu de lá convencido que a energia positiva dos moradores confirma o desejo dos aracajuanos por um novo tempo para a capital. Vavazinho disse que será olhando nos olhos de cada aracajuano, ouvindo as pessoas, ”que iremos realizar as transformações que a cidade tanto precisa e merece”.

Contra todos

A candidata a prefeita Vera Lúcia (PSTU) declarou ao Jornal da Cidade a sua disposição de enfrentar os outros seis prefeituráveis de Aracaju. “Estou pronta para dizer o fora Temer, fora Dilma e fora todos que enganam ou enganaram a classe trabalhadora. Quem quiser que bote a cara”. Ela lembra que o seu PSTU é o único partido fora da operação Lava Jato. Misericórdia!

Inimigos do povo

Você ainda lembra quais foram os vereadores que aprovaram o exagerado aumento do IPTU em Aracaju? Só para lembrá-lo, eis a relação dos inimigos do povo: Anderson de Tuca, Robson Viana, Dr. Agnaldo Feitosa, Adelson Barreto Filho, Manoel Matos, Valdir Santos, Renilson Felix, Dr. Gonzaga, Ivaldo José, Augusto do Japãozinho, Jailton Santana, Adriano Taxista e Agamenon Sobral. Coube ao presidente da Câmara, Vinícius Porto, o papel de orientar os outros a votarem contra o povo. Lembrem-se destes camaradas nas eleições de outubro.

Fique de olho

A Justiça Eleitoral adverte que a responsabilidade do eleitor vai além do voto. Cada cidadão pode fiscalizar a atuação dos candidatos durante a campanha, para conferir se estão agindo de acordo com a lei. Deve ainda prestar atenção nas propostas dos candidatos e analisá-las antes de escolher em quem votar. Cabe também aos eleitores cobrar dos políticos eleitos tudo o que eles prometeram durante a campanha. Portanto, fique atento!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Gazeta Socialista, em 28 de junho de 1958.

 Resumo dos jornais

 

Postado por Adiberto Souza
Comentários