Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
19/08/2016 às 11h12

Relação azedou

Relação azedou

A senadora Maria do Carmo Alves (DEM) azedou de vez a relação com o suplente Ricardo Franco (DEM) quando o comunicou que reassumirá o cargo exclusivamente para votar pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Contrariado, o rapaz decidiu retornar aos afazeres empresariais, tendo informado a titular que não voltará a substituí-la. Em nota, Ricardo disse que, após nove meses como senador, retorna a Sergipe para se dedicar aos negócios. Também agradeceu aos sergipanos e a dona Maria “pela confiança em mim depositada”. Ficou evidente que o jovem empresário não gostou de ser tratado como um reserva de luxo, que é descartado quando há votações importantes no Senado. Sem apetite para permanecer em Brasília, Maria do Carmo se afastará depois de votar pelo impedimento da presidente, devendo ser substituída pelo segundo suplente, pastor Virgínio Carvalho. Diferente de Ricardo Franco, este não se incomodará de ficar esquentando a cadeira para quando a titular desejar matar a saudade do plenário.

Com Vavá

Já há quem garanta que, embora filiado ao DEM, o empresário Ricardo Franco não votará mais na reeleição do prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM). É provável que tanto o rapaz quanto o pai dele, ex-governador Albano Franco (PSDB), se bandeiem para o barco do prefeiturável Valadares Filho (PSB). Aliás, na visita que fez recentemente à TV Sergipe, Vavazinho convidou Ricardo para se filiar ao PSB e este prometeu pensar na proposta.

Quem mente?

O Sindicato dos Professores da Rede Estadual acusa o governo de Sergipe de não ter repassado para o Fundeb algo em torno de 388 milhões. Em nota, O Executivo jura cumprir rigorosamente os repasses e acusa o Sintese de, mais uma vez, veicula informação inverídica. Afinal, quem está falando a verdade?

Vida mansa

Tem secretário estadual recebendo mensalmente mais de R$ 35 mil. A grana é resultado da soma do gordo salário, jetons de vários conselhos consultivos e diárias. Segundo publica hoje o Jornal da Cidade, alguns auxiliares do governador Jackson Barreto (PMDB) chegam a participar de até quatro conselhos, que lhes rendem a ninharia de R$ 20 mil. Enquanto isso, os servidores ganham salários de fome e recebem com atraso de 22 dias. Só Jesus na causa!

Denunciado

Partidos adversários do deputado estadual Valmir Monteiro (PSC) pediram à Justiça Eleitoral a impugnação da candidatura dele a prefeito de Lagarto. Alegam que o prefeiturável não possui requisitos para participar das eleições, pois é condenado por crime de responsabilidade fiscal e improbidade administrativa. Valmir tem uma semana para contestar o pedido de impugnação. Danou-se!

Mãos ao alto

E os criminosos estão cada dia mais ousados. Ontem, assaltantes promoveram “arrastões” em duas escolas estaduais localizadas na periferia de Aracaju. Sem temer serem flagrados pela Polícia, os bandidos renderam professores e alunos, levando dinheiro, celulares e relógios. As escolas invadidas estão situadas nos bairro Santa Maria e 18 do Forte. Lastimável!

Barulho eleitoral

Os candidatos a prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB) e Valadares Filho (PSB), inauguram seus comitês de campanha nesta sexta-feira. O do comunista está localizado na avenida Barão de Maruim, enquanto o de Vavá Júnior fica na avenida Hermes Fontes. Os dois prometem fazer muito barulho nas inaugurações para chamar a atenção do eleitorado.

Sem agenda

Na primeira semana como candidato a reeleição, o prefeito João Alves Filho (DEM) não desenvolveu qualquer atividade política em Aracaju. Preferiu passar os últimos dias em Brasília tentando conseguir ajuda financeira. Tendo retornado ontem à capital, João se reúne hoje com a coordenação da campanha e os candidatos a vereador para decidir quando colocará o bloco nas ruas. Pois sim!

Festa na praça

A campanha da Frente de Esquerda, que tem como candidata a prefeita a professora Sônia Meire (PSOL), será lançada oficialmente neste sábado. O ato está marcado para a praça General Valadão, centro de Aracaju. A convenção que homologou a candidatura da professora também ocorreu ao ar livre. Os filiados do PSOL se reuniram debaixo da ponte Aracaju-Barra dos Coqueiros para aprovar o nome de Sônia Meire.

De olho nos CC’s

Caso seja eleito prefeito de Aracaju, Valadares Filho (PSB) promete reduzir, de forma significativa, o número de cargos em comissão. Segundo ele, os mais de 2,2 mil comissionados pagos hoje pela Prefeitura são um exagero. O moço também promete investir mais na saúde e alega que a crise do setor é provocada pela má gestão dos recursos. Está informação é do blog Primeira Mão.

Nos cascos

Sem dinheiro para pagar as locadoras, o governo de Sergipe está assistindo a Polícia Militar ficar sem viaturas para trabalhar. 40 delas já foram recolhidas das ruas. A continuar assim, os policiais terão que recorrer ao Esquadrão de Polícia Montada.  É melhor do que trabalhar a pé, como já está acontecendo em alguns municípios do interior. Que miséria!

 

Recorte de jornal

 

 

Publicado no aracajuano Diário da Manhã, em 23 de julho de 1919.

 

Resumo dos jornais

 

 

 

 

 

 

Postado por Adiberto Souza
Comentários