Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
17/08/2016 às 08h28

Agora é a campanha

Agora é a campanha

Com o fim das Olimpíadas no próximo domingo, o cidadão vai começar a torcer pelos candidatos às eleições de outubro. A grande maioria do eleitorado nem conhece ainda os postulantes aos cargos de prefeito, vice e vereador, porém isso não será problema, pois a propaganda eleitoral gratuita vai apresentá-los como verdadeiros santinhos, recheados de propostas para resolver todos os problemas da cidade. Até o dia do pleito, teremos um desfile de figurinhas carimbadas prometendo mundos e fundos no rádio, na televisão, nos comícios e caminhadas. Assim como nas eleições anteriores, os eleitores vão acreditar nas promessas, brigar pelos candidatos e votar na esperança de ver sua cidade se transformar num paraíso aqui na terra. Nem precisa dizer que os eleitos decepcionarão mais uma vez, enquanto o povo seguirá reclamando e prometendo se vingar dos demagogos e corruptos nas eleições de 2020. Duvida?

 

Grana preta

Em plena crise financeira, os sete candidatos a prefeito de Aracaju prometem injetar uma grana preta na economia da cidade. Todos informaram à Justiça Eleitoral pretender “torrar” na campanha o valor máximo permitido pela legislação: R$ 3.763,115. Caso realmente eles cumpram o previsto, vão aquecer a economia da capital com algo em torno de R$ 26,3 milhões. Deus queira!

 

Mais tempo

Pensando bem, este governo temerário fará um grande favor ao deputado André Moura (PSC) se lhe “exonerar” da liderança na Câmara Federal. Assim, o parlamentar ficha suja terá mais tempo para acompanhar os processos em que aparece como réu no Supremo Tribunal Federal. Além de responder por tentativa de homicídio, Moura é acusado de empregar funcionários fantasmas e comprar alimentos e bebidas ilegalmente com dinheiro da Prefeitura de Pirambu. Misericórdia!

 

É muita gente

O TRE registrou em Sergipe 5.659 candidato a prefeito, vice e vereador. Esse mundo de gente concorre às 795 vagas que serão disputadas nas eleições de outubro. Somente Aracaju tem 424 postulantes aos três cargos eletivos, seguida por Socorro (318) e São Cristóvão (248). Entre os candidatos registrados, 1.305 ainda não regularizaram suas situações na Justiça Eleitoral.  É muita gente!

 

Rodada de Negócios

Micros, pequenas empresas e empreendedores individuais vão participar de mais uma edição da “Rodada de Negócios Multisetorial de Sergipe”. Todos sentarão à mesa de negociação com representantes de 12 grandes empresas âncoras, interessadas em ampliar seu leque de fornecedores de bens e serviços. Marcado para 31 deste mês e 1º de setembro, o evento acontecerá no auditório do Sebrae Sergipe. As inscrições podem ser feitas até sexta feira, pelo endereço eletrônico www.rodada.com.br. Participe!

 

BRT vira multas

As faixas azuis e brancas pintadas nas avenidas de Aracaju para simular a implantação do BRT paraguaio vão se transformar numa mina de dinheiro para a finda administração do prefeito João Alves Filho (DEM). Diferente do prometido moderno Bus Rapid Transit, que não passou de uma falsa promessa eleitoreira, as multas para os carros que invadirem as tais faixas serão realidade em breve. Como quem não quer nada, o prefeito prepara mais um “presentinho” para os aracajuanos. Dá-lhe, João!

 

Ibope nas ruas

E a TV Sergipe divulga na próxima segunda-feira, a primeira pesquisa encomendada ao Ibope para prefeito de Aracaju. A segunda consulta de opinião pública contratada pela emissora do Morro do Urubu só será divulgada na véspera do pleito. No dia 29 de setembro, os sete candidatos a prefeito da capital participarão do debate promovido pela TV Sergipe. Caberá à Rede Globo indicar o mediador do confronto verbal.

 

No meio da rua

A primeira atividade pública da professora Sônia Meire (PSOL) como candidata a prefeita de Aracaju ocorreu ontem, em frente à unidade do Tecarmo, na praia de Atalaia. Ela se juntou aos petroleiros sergipanos no protesto contra o desejo deste governo temerário de privatizar a Petrobras. Segundo Sônia, a pretendida privatização ameaça os empregos de centenas de trabalhadores e deixa os terceirizados sem receber salários. Cruz credo!

 

Senador de 2ª classe

O empresário Ricardo Franco (DEM) está sendo considerado um senador de 2ª classe, pois a titular Maria do Carmo Alves (DEM) está sempre de olho em sua cadeira. Quando da votação da admissibilidade do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), dona Maria reassumiu o mandato por 24h. Novamente agora, a senadora licenciada pensa em retornar ao Parlamento na sessão do próximo dia 25, que sacramentará o impedimento da petista. Nem precisa dizer que Ricardo está por aqui com este assume e desassume da titular. Vixe Maria!

 

Turismo em debate

Apenas três dos sete candidatos a prefeito prestigiaram ontem, o café da manhã promovido pelo Aracaju Convention Bureau. Edvaldo Nogueira (PCdoB), Valadares Filho (PSB) e Sônia Meire (PSOL) receberam dos empresários propostas para o desenvolvimento do turismo na capital. O prefeito e candidato a reeleição João Alves Filho (DEM), que se encontrava em Brasília, foi representado pelo coordenador de sua campanha Walker Carvalho.

 

Miserê

Quem gosta de lamúrias não deve perder hoje, a visita do secretário estadual da Fazenda, Jeferson Passos, à Comissão de Economia e Finanças da Assembleia. Ele vai apresentar aos deputados os dados financeiros do governo relativos ao primeiro quadrimestre deste ano. Como das vezes anteriores em que esteve no Legislativo, Passos repetirá que o Estado se encontra em petição de miséria, etcétera, etcétera e tal. Homem, vôte!

 

Recorte de jornal

 

Publicado na Folha de Sergipe, em 12 de julho de 1908.

 

Resumo dos jornais 

 

Postado por Adiberto Souza
Comentários