Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
16/08/2016 às 10h12

Polícia dos poderosos

Polícia dos poderosos

Em nome de uma campanha por melhores salários, os policiais militares se enclausuraram nos quartéis, deixando os sergipanos, inclusive os familiares deles, entregues à própria sorte. Alegando falta de equipamentos descentes para trabalhar, os revoltosos abriram a guarda para a marginalidade, que ataca a população sem dó nem piedade, roubando, assaltando e matando. Nem precisa dizer que as principais vítimas desta chamada operação tartaruga são os moradores da periferia, que nada têm a ver com a recusa do governo em atender as reivindicações da tropa. Estranhamente, enquanto se ausentam das ruas, deixando o povo pobre refém dos criminosos, os policiais seguem fazendo a segurança dos poderosos, das autoridades constituídas. Para proteger quem se nega em atendê-los e até ameaça puni-los com os rigores da lei, os militares não se queixam de carros com pneus carecas, nem de coletes balísticos vencidos. Lastimável!

Oh céus!

Protegido por policiais lotados no Gabinete Militar, o governador Jackson Barreto (PMDB) mandou um recado para os PM’s revoltosos: “Não adianta demonstração de força. Tenham paciência e fé em Deus”. Ou seja, JB deixou bem claro que desse mato não sai coelho, nem dinheiro. Aff Maria!

Meu papai!

O senador Antônio Carlos Valadares (PSB) não deixa sem resposta qualquer ataque a ele ou ao filho e candidato a prefeito de Aracaju, Valadares Filho (PSB). Ontem, após o governador Jackson Barreto dizer que “o senador tem raiva de mim porque não apoiei o filho dele”, Vavá partiu para o ataque: “Pelo seu caráter de independência e renovação, a candidatura de Valadares Filho preocupa e deixa aperreados o governo e seus aliados”. Segundo o senador, JB sabe que ele nunca quis, não pediu, nem esperou seu apoio para Vavazinho. Uau!

No bico tucano

Com o título acima, o colunista Ilimar Franco publica hoje em O Globo, a seguinte nota: “A prioridade do PSDB e de aliados é assumir a liderança do governo na Câmara. Os tucanos dizem que não faz sentido a permanência de André Moura (PSC), um representante do enfraquecido centrão, como líder da base”. Quem sabe, perdendo a boquinha, Moura terá mais tempo livre para ficar ao lado de seu protetor e amigo do peito, deputado Eduardo Cunha. Cruz credo!

Inimigos do povo

Você ainda lembra quais foram os vereadores que aprovaram o exagerado aumento do IPTU em Aracaju? Só para lembrá-lo, eis a relação dos inimigos do povo: Anderson de Tuca, Robson Viana, Agnaldo Feitosa, Adelson Barreto Filho, Manoel Matos, Valdir Santos, Renilson Felix, Dr. Gonzaga, Ivaldo José, Augusto do Japãozinho, Jailton Santana, Adriano Taxista e Agamenon Sobral. Coube ao presidente da Câmara, Vinícius Porto, o papel de orientar os outros a votarem contra o povo. Lembrem-se destes camaradas nas eleições deste ano.

Façam as apostas

Nas eleições de outubro, os aracajuanos terão sete opções para prefeito de Aracaju: Edvaldo Nogueira (PCdoB), Valadares Filho (PSB), Sônia Meire (PSOL), Vera Lúcia (PSTU), Emerson Ferreira (REDE), João da Tarantela (PMN) e João Alves Filho (DEM). Mas se nenhum dos sete despertou sua atenção, você pode muito bem votar em branco, anular o voto ou simplesmente ir à praia no dia da eleição. Neste caso, a Justiça Eleitoral lhe multará em minguados R$ 3,51.

Saco de gatos

E quem deu o ar da graça ontem em Aracaju, foi o ministro da Educação, José Mendonça Filho. Veio assinar a liberação de R$ R$ 10 milhões para a conclusão de obras no Hospital Universitário. Enquanto parte do auditório o chamava de golpista, Mendoncinha posava para fotos ladeado por inimigos figadais: o governador Jackson Barreto (PMDB) e o senador Eduardo Amorim (PSC). Na fotografia, assemelhada a um saco de gatos, também aparece o senador Antônio Carlos Valadares (PSB), que prefere ver o cão a JB. Esta é a cara deste governo temerário. Homem, vôte!

Por que não te afastas!

Por que será que o prefeito João Alves Filho (DEM) não se afasta do cargo durante a campanha eleitoral? O deputado federal Valadares Filho (PSB) se licenciou da Câmara para se ocupar integralmente com a tarefa de pedir votos. Permanecendo na Prefeitura, João deixa o eleitor na dúvida: não se afasta porque, para quem está se lixando com a administração, tanto faz como tanto fez ou porque não confia em entregar a Prefeitura ao vice José Carlos Machado (PSDB). Humm...

Só adultos

Os partidos receberam recomendação do Ministério Público para não contratar ou utilizar, diretamente ou por meio de candidatos, menores de 18 anos nas atividades de campanha política. Segundo a procuradora regional eleitoral, Eunice Dantas, a idéia é evitar que crianças e adolescentes sejam contratados para realizar atividades perigosas durante a campanha. Tá certíssima!

Marmanjos

E a Justiça Eleitoral acertou em cheio com aquele comercial conclamando as mulheres a participarem da política, um meio formado majoritariamente por marmanjos. Melhor exemplo de como os homens dominam a cena política foi dada ontem, durante a filiação ao PMDB do vice-governador Belivaldo Chagas. Na mesa formada por 18 lideranças, apenas uma mulher: a candidata a vice-prefeita de Aracaju, Eliane Aquino (PT).

Recorte de jornal

Publicado no aracajuano Diário da Manhã, em 30 de março de 1914.

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários