Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
02/08/2016 às 08h25

Ser ou não ser

Ser ou não ser

Abandonado pela maioria dos partidos aliados e portador de exagerado índice de rejeição, por conta de uma administração desastrosa, o prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), padece de uma dúvida atroz: ser ou não ser candidato à reeleição. A demora do demista em tornar pública sua decisão embolou o meio de campo dos candidatos à Câmara Municipal. Todos estão desesperados com o pouco tempo que têm para, se for o caso, desembarcarem noutro palanque majoritário. Na esperança de herdarem os órfãos de João, os demais prefeituráveis também pisaram no freio. Pelo perfil dos aliados de Alves Filho que concorrerão à Câmara, o maior beneficiado com a provável desistência será o pré-candidato Valadares Filho (PSB). Já o comunista Edvaldo Nogueira perderá o discurso comparativo entre a sua administração e a do demista. Os principais favorecidos com o quase certo recuo do prefeito serão os aracajuanos. Estes ficarão livres do festival de falsas promessas – lembram de 2012? - a serem feitas por ele no horário eleitoral gratuito. Portanto, se desistir mesmo, João estará fazendo um grande benefício à população em geral.

 

De mal

E o prefeito João Alves Filho disse ao presidente do PPS, Clovis Silveira, que se resolver disputar a reeleição seu parceiro será José Carlos Machado (PSDB). A pergunta é: como votar numa chapa onde os candidatos a prefeito e vice já não trocam mais nem um bom dia? Segundo aliados de ambos, Machadão está de mal de João desde que este saiu à caça de outro candidato a vice. Misericórdia!

 

Debaixo da ponte

O PSOL de Aracaju escolheu um espaço público para realizar a convenção que homologará seus candidatos às eleições deste ano. O ato político está marcado para as 19h de hoje, embaixo a ponte Aracaju-Barra dos Coqueiros. A professora Sônia Meire disputará a Prefeitura, enquanto Demétrio Varjão e Linda Brasil concorrerão à vereança. Ainda sem candidato a vice definido, o PSOL deve fazer aliança com o PCB.

 

Nos conformes

 

Revoltados com a recusa do governo em atender suas reivindicações salariais, os policiais e bombeiros militares resolveram andar certinhos. A partir da próxima segunda-feira, eles se recusarão a usar coletes vencidos e dirigir carros sem placas e com pneus lisos. Também prometem prender os apontadores do jogo do bicho. Ora, e por que já não fazem isso o tempo todo? É preciso ter raiva do governo para agir como manda a lei? Vixe Maria!

 

Retorno petista

Em seu primeiro discurso na Assembleia, a deputada estadual Conceição Vieira (PT) disse que seu trabalho será levantar bandeiras e se posicionar em favor do povo. Integrante da bancada governista, ela vai se envolver na campanha eleitoral do prefeiturável Edvaldo Nogueira (PCdoB) “para que Aracaju volte a ser a capital referência do Nordeste em qualidade de vida”. Conceição assumiu o mandato em lugar de Luciano Bispo (PMDB), cassado por improbidade administrativa.

 

Ninguém acredita

Com o título acima, a coluna Esplanada, publicada hoje pelo Jornal da Cidade, veicula a seguinte nota: “Apesar de tranqüilizar o atual líder do Governo na Câmara, André Moura (PSC-SE), de que fica no cargo, Temer articula um nome do PMDB ou DEM para o cargo”. Ficha suja, o deputado sergipano deve perder a liderança governista por ser inexperiente, pertencer a um partido nanico e ter sido indicado pela turma do ainda deputado Eduardo Cunha (PMDB).

 

Longe da escola

Estudantes da rede estadual estão deixando de ir para a escola por falta de transporte. Os donos dos ônibus suspenderam o serviço porque há meses o governo não os paga. Sem dinheiro, não podem comprar combustível, pois perderam o crédito com os donos dos postos. Segundo a deputada estadual Maria Mendonça (PP), sem ter como freqüentar as aulas, a estudantada corre o risco de perder um ano letivo. Uma lástima!

 

Troca de comando

O economista Edgard da Motta Neto deixou a presidência do Detran Sergipe. Interinamente, ele foi substituído pelo diretor administrativo-financeiro da autarquia, Marcos Sampaio Kuhl. Segundo o secretário estadual de Comunicação, Sales Neto, o ex-presidente deixou o cargo para cuidar da saúde, pois se submeteu recentemente a uma cirurgia. A expectativa é que o substituto de Edgard seja anunciado até a próxima sexta-feira. Aguardemos, portanto!

 

Fique ligado

Atenção galera: a Justiça Eleitoral vai obter as notas fiscais eletrônicas de bens e serviços emitidas em contrapartida aos gastos feitos por candidatos e partidos políticos. Esse trabalho será realizado conjuntamente com as secretarias estaduais e municipais de Fazenda. As notas fiscais serão usadas no batimento eletrônico dos gastos de campanha declarados nas contas de campanha. Agora, se cochilar na contabilidade, o cachimbo cai e quebra!

 

Com que roupa?

Já tendo realizado convenção para definir os candidatos a vereador, o PPS de Aracaju promete só esperar até hoje por uma definição do prefeito João Alves Filho (DEM). Aliás, o presidente do PPS, Clóvis Silveira, anda flertando com políticos do outro lado da cerca. Ontem, ele conversou com o governador Jackson Barreto (PMDB), que apóia Edvaldo Nogueira. E também já se encontrou com o prefeiturável Valadares Filho (PSB). A turma do PPS está agoniada para saber com que roupa vai às eleições.

 

Recorte de jornal

 

Publicado no aracajuano Diário da Manhã, em 24 de outubro de 1911.

 

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários