Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
27/07/2016 às 08h39

João está ficando só

João está ficando só

Em fim de mandato e vendo minguar as poucas chances de se reeleger, o prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), começa a se sentir abandonado, largado à própria sorte. Hoje, por exemplo, antigos aliados como o senador Eduardo Amorim e o deputado federal ficha suja André Moura anunciam a adesão do PSC ao prefeiturável Valadares Filho (PSB). Levam juntos os partidos PP, PTC, PMB, PR, PTB e o PRTB do líder do prefeito na Câmara, vereador Ivaldo José, que também deve trocar o demista por Vavazinho. Irritados com o uso da máquina pública por alguns secretários, outros vereadores governistas prometem chutar o pau da barraca, deixar João Alves falando sozinho nesta campanha eleitoral. Pesa ainda contra ele a péssima administração que realiza e o rosário de promessas feitas em 2012 e até hoje não cumpridas. Portanto, o prefeito tem muito pouco tempo para barrar outras deserções e atrair novos aliados. Do contrário, só lhe restarão duas alternativas: desistir da reeleição ou ir para a campanha com a mesma sensação do condenado a caminho do cadafalso.

Pastor a migué

Para apoiar Valadares Filho, o PSC exigiu indicar o deputado estadual pastor Antônio dos Santos (PSC) como candidato a vice. Aliás, foi a indicação do parceiro de chapa que impediu o apoio do PRB a Vavazinho. A condição para a aliança era que o prefeiturável aceitasse como seu vice o também pastor e ex-deputado estadual Mardoqueu Bodano. A recusa fez com que o líder do PRB, pastor Heleno Silva, desistisse da coligação com o PSB. Misericórdia!

Fique ligado

Quando se dirigir à cabina de votação o eleitor deve estar atento e respeitar as proibições impostas pela lei. Visando assegurar o sigilo do voto, é proibido usar o celular, inclusive para tirar “selfie”. Também são vedadas máquinas fotográficas, filmadoras, equipamentos de radiocomunicação ou qualquer instrumento que possa comprometer o sigilo. A tentativa de quebra ou a quebra do sigilo do voto é tipificada como crime eleitoral.

Rede à direita

E o PSOL reagiu contra a proposta de coligação feita pelo partido Rede Sustentabilidade, que tem como candidato a prefeito de Aracaju o vereador Emerson Ferreira: “Não fazemos aliança com partidos de aluguel e hoje caudatários das oligarquias regionais. O PSOL não se alia com a direita reacionária golpista, que determinou o governo ilegal/ilegítimo do PMDB”, diz a dura nota do Partido Socialismo e Liberdade. Homem, vôte!

Dois sentidos

O Jornal da Cidade publica hoje nota chamando a atenção para o fato de o jovem Thiago Batalha (PMB) apoiar o prefeiturável Valadares Filho. É que o pai do moço vem a ser justamente o super secretário da Prefeitura, radialista Carlos Batalha, fiel escudeiro do prefeito João Alves Filho. Ainda segundo o JC, o partido de Thiago integra o chapão na coligação proporcional formado por PSB, PRTB, PR e PROS.

Correu do pau

E o prefeito de Capela, Ezequiel Leite (PR), desistiu de disputar a reeleição para apoiar o pré-candidato Astrogildo da Farmácia (DEM). Nem precisa dizer que o ex-prefeito Manoel Sukita (PTN) só faltou soltar foguetes com a desistência do adversário: “Ezequiel teve uma rejeição generalizada”, brincou Sukita, que já apresentou a esposa Silvany (PTN) como candidata a prefeita de Capela. Essa briga promete!

Cadê o dinheiro?

O Pleno do Tribunal de Justiça analisa, na sessão de hoje, queixa contra os recorrentes atrasos da folha salarial pelo governo de Sergipe. Impetrada pelo Sindicato do Fisco, a ação civil pública propõe que o Estado pague em dia os salários dos servidores da Secretaria da Fazenda. A decisão do TJ está sendo aguardada por todo o funcionalismo, inclusive os aposentados e pensionistas dos três poderes.

LGBT em festa

Será hoje à noite a abertura do circuito do orgulho da  15ª Parada LGBT de Sergipe, que deve acontecer no dia 28 de agosto, na orla de Atalaia. Tendo como palco o Teatro Atheneu, o evento desta quarta marca o lançamento da exposição 15 anos de Parada e 35 anos de movimento LGBT em Sergipe. Prestigie!

Já era!

Após um ano sem o registro de casos de sarampo, a circulação endêmica do vírus da doença foi considerada interrompida no Brasil. A expectativa é que, até o fim de 2016, o país receba o certificado de eliminação do sarampo pela Organização Mundial da Saúde. Em 2015, a rubéola também foi considerada eliminada no território brasileiro. E quando será que vão erradicar a maracutáia, uma peste que assola o país de norte a sul?

Estatística eleitoral

Exatos 1.540.376 eleitores estão aptos para votar nas eleições deste ano em Sergipe. Aracaju é o maior colégio eleitoral com 397.228 votantes, seguida por Socorro (100.434), Lagarto (70.191), Itabaiana (64.527), São Cristóvão (53.218) e Estância (45.834). Estes dados são do Tribunal Regional Eleitoral.

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano O Tempo, em 2 de abril de 1949.

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários