Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
21/07/2016 às 08h16

Sem medo da Polícia

Sem medo da Polícia

A crescente onda de violência deixa claro que os criminosos perceberam a incapacidade da polícia sergipana para enfrentá-los. Os bandidos não deram ouvidos ao duro recado do comandante da PM, coronel Marcony Cabral: “Seja honesto ou saia do estado”. Pelo visto, também pouco se importaram quando o secretário da Segurança Pública, João Batista, disse que “em Sergipe, bandidos e vagabundos não vão se criar”. Em vez de seguirem os duros “conselhos”, os criminosos ficaram mais ousados, perderam o medo da força policial e passaram a matar sem dó nem piedade. A situação se agravou de tal modo que até as autoridades viraram alvos fáceis dos bandidos. No mês passado, um promotor de Justiça foi baleado por assaltantes e, esta semana, dois pistoleiros fuzilaram um delegado em Aracaju. Diante de quadro tão dantesco, só resta ao povo se trancar em casa para assistir assustado o crescimento da criminalidade e lamentar a falência da nossa política de segurança pública. Impotente, o governo se contenta em repetir o surrado discurso de que a Polícia prende e a Justiça solta. Lastimável!

Quem me quer?

O PSC define até a próxima semana com quem vai marchar na campanha pela Prefeitura de Aracaju. Com o visível naufrágio da pré-candidatura do senador Eduardo Amorim, o partido está dividido entre os prefeituráveis Valadares Filho (PSB) e João Alves Filho (DEM). Quem acompanha de perto os entendimentos, aposta uma mariola como o partido dos peixinhos vai preferir o palanque de Vavá Júnior. Será?

Há vaga

Alegando motivos pessoais, João Paulo Sobral deixou a Superintendência da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb). Ele entregou o cargo diretamente ao prefeito João Alves Filho (DEM), que ainda não anunciou o substituto do ex-auxiliar.

Martelo batido

E o pré-candidato a prefeito de Estância, deputado estadual Gilson Andrade (PTC), ganhou um apoio de peso: o ex-prefeito Ivan Leite (PRB), que apresentou a esposa Adriana Oliveira Leite (PRB) como candidata a vice. Em 2004, Ivan venceu a eleição para prefeito de Estância tendo como vice justamente o médico Gilson Andrade.

Gastança definida

Nenhum candidato a prefeito de Aracaju poderá gastar no 1º turno mais do que R$ 3,7 milhões. No 2º turno a gastança tem que ser menor: 1,1 milhão. Os valores foram definidos pelo Tribunal Superior Eleitoral, usando como parâmetro as despesas da campanha de 2012. O TSE alerta que estão proibidas as doações e contribuições por pessoas jurídicas a partidos e campanhas eleitorais.

Vai de Vera

Em convenção realizada ontem, o PSTU homologou o nome de Vera Lúcia como candidata a prefeita de Aracaju. Por orientação da executiva nacional, os filiados do PSTU optaram em não fazer aliança com outros partidos. A opção por uma chapa puro sangue deixa a legenda com pouquíssimo tempo no horário eleitoral gratuito. A candidata terá apenas seis segundos para expor suas idéias no rádio e na TV.

Uso da máquina

O prefeito João Alves Filho (DEM) vai gastar muita saliva para acalmar alguns vereadores. Eles se queixam que o secretário da Infraestrutura, Carlos Batalha, está usando a máquina em favor do filho Tiago (PMB), pré-candidato a uma cadeira na Câmara de Aracaju. Assessores do vereador Agamenon Sobral (PHS) denunciam que um comissionado da Empresa Municipal de Urbanização está fazendo campanha escancarada para o filhão do super-secretário. Misericórdia!

Desagravo

Políticos e populares participaram ontem de um ato de desagravo ao ex-deputado estadual Luciano Bispo (PMDB), que teve o mandato cassado por improbidade administrativa. Realizada em Itabaiana, a manifestação foi precedida de uma caminhada, que reuniu milhares de pessoas. Bispo ainda sonha em recuperar o mandato através de recurso impetrado no Tribunal Superior Eleitoral.

Tentativa frustrada

E o deputado federal André Moura (PSC), líder ficha suja desse governo temerário, não conseguiu tomar o comando do PTN em Sergipe. Quem festejou o fracasso de André foi o pré-candidato a prefeito de Japaratuba, Manoel Sukita (PTN), que teria seu projeto político inviabilizado se a legenda mudasse de mãos.

Que fedor!

Até quem elogia a urbanização feita pela Prefeitura sobre o aterro de parte do Rio Sergipe, se incomoda com o forte mau cheiro do local. Provocado pelo lançamento de lixo e esgotos não tratados naquele poluído estuário, o fedor acentua-se quando a maré está seca. Já tem gente sugerindo à Prefeitura que distribua máscaras para aliviar a fedentina, que tanto incomoda os turistas e os desportistas que arriscam se exercitar no fedorento local. Cruz credo!

Racismo

As mulheres negras são mais vítimas de violência que as brancas e as raízes do problema estão associadas à escravidão. O Mapa da Violência 2015 revela que os homicídios de mulheres negras aumentaram 54% em 10 anos, passando de 1.864, em 2003, para 2.875, em 2013. No mesmo período, o número de homicídios de mulheres brancas caiu 9,8%. Lamentável!

Recorte de jornais

Publicado no jornal aracajuano A República, em 29 de outubro de 1932.

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários