Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
05/07/2016 às 07h47

Sergipe em boas mãos

Sergipe em boas mãos

Elogiável a decisão do governador Jackson Barreto (PMDB) de transmitir a chefia do Executivo ao vice Belivaldo Chagas (PSB), durante viagem que fará de férias ao exterior. Ao agir assim, JB põe fim ao sobressalto dos sergipanos, temerosos de serem governados, mesmo que interinamente, pelo deputado estadual Luciano Bispo (PMDB), um político ficha suja, condenado por improbidade administrativa e estando na iminência de perder o mandato, ficando inelegível por oito anos. A pretendida ascensão do presidente da Assembleia ao governo poderia provocar um fato inusitado e lastimável na ausência de Jackson: a Justiça Eleitoral confirmar a cassação em definitivo de Luciano – o que é visto como favas contadas –, e ele ter que deixar o governo a toque de caixa e repique de sino, pela porta dos fundos do palácio. Seria uma vergonha nacional. Portanto, ao optar em ser substituído pelo vice, Jackson tem a certeza de deixar Sergipe em ótimas mãos. Além da experiência política acumulada ao longo dos anos, Belivaldo Chagas é um homem sério, profundo conhecedor dos problemas estaduais, simpático aos sergipanos e um aliado de primeira hora. Felizmente, prevaleceu o bom senso!

Tá cassado

A cassação de Luciano Bispo só depende do Tribunal Regional Eleitoral. Veja o que afirma o ministro Gilmar Mendes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, em ofício enviado ao TRE sergipano: “Conquanto tenham sido opostos embargos de declaração a essa decisão, em regra, os recursos eleitorais não possuem efeito suspensivo, conforme o art. 257 do Código Eleitoral, razão pela qual a decisão, após sua publicação, encontra- se apta a produzir efeitos”. E Luciano Bispo ainda quer ser governador de Sergipe por uns dias. Pode?

Com governadores

O primeiro compromisso de Belivaldo Chagas como chefe interino do Executivo sergipano será a reunião de governadores, marcada para esta quarta-feira no Ministério da Fazenda. Antes de viajar amanhã em férias para o Panamá, Jackson Barreto participa hoje de encontros em Brasília para liberar recursos do Banco Mundial.

Cadê o feijão?

Em plena crise do feijão carioquinha, o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) faz uma grave acusação contra o prefeito João Alves Filho (DEM). O parlamentar garante ter conseguido junto à Conab, 600 toneladas de feijão para serem distribuídas gratuitamente com os aracajuanos carentes. Comunicou o fato a João, que prometeu mandar buscar a cara e rara mercadoria, só que se esqueceu do compromisso e a capital perdeu o “presente”, avaliado em R$ 7 milhões. Lastimável!

Chá de sumiço

Nada como uma acachapante derrota nas urnas para o cabra desaparecer do mapa. Exemplo disso é o dublê de político e empresário Edvan Amorim (PR). Após obter menos de uma cuia de votos para deputado estadual, o moço, que arrotava ser a maior liderança política de Sergipe, botou a viola no saco e escafedeu-se da mídia. Dizem que anda pras bandas de Minas Gerais. Será?

BR privatizada

Fica cada dia mais nítido o desejo deste governo temerário de torrar a Petrobras nos cobres. Ontem, o presidente da estatal, Pedro Parente, esteve em Aracaju para comunicar ao governador Jackson Barreto (PMDB) a intenção de vender alguns poços de petróleo localizados em Sergipe. Segundo o moço, a exploração em águas profundas continuará com a Petrobras, mas os poços terrestres e em águas rasas serão vendidos. Êta Brasilzão sem jeito!

Sem cargos

E o prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), nega ter oferecido secretarias municipais ao prefeito de Socorro, Fábio Henrique (PDT) para apoiar sua reeleição. João não esconde o desejo de ter o apoio do pedetista: “Seria uma grande satisfação tê- lo ao meu lado como aliado”, disse. Quanto à formação da chapa para disputar a reeleição, Alves Filho segue fazendo suspense, só devendo anunciar seu candidato a vice no último minuto da prorrogação.

Fim da greve

Com os salários bloqueados e a greve considerada ilegal pela Justiça, os servidores estaduais da administração direta decidiram voltar ao trabalho. Reunida em assembleia, a “raia miúda” do funcionalismo condicionou o fim da paralisação ao desbloqueio dos salários. Os servidores prometem seguir lutando pelo reajuste de 23,31% para o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos implementado pelo governo de Sergipe. Aguardemos, portanto!

De olho no “Xuxu”

O PSB pretende se cacifar para as eleições presidenciais de 2018. Pensa em ter candidato próprio, mas também pode apoiar o tucano e governador de São Paulo, Geraldo Alckmim. Ouvido pelo articulista de o Globo, Ilimar Franco, o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) rasgou elogios ao político paulista: "Excelente pessoa, tem seriedade, é solidário e um grande administrador de São Paulo, tanto que obteve sua reeleição com facilidade”. Então, tá!

Aposentadoria

Muita gente não sabe que, mesmo sem ter uma renda, as donas de casa também podem se aposentar e receber o benefício mensal. Basta estarem inscritas no INSS e pagar as contribuições. Elas podem se inscrever na Previdência como contribuintes facultativas, desde que não exerçam outra atividade que as tornem contribuintes obrigatórias.

Drogas

De um “filósofo” ontem, num agradável boteco da zona norte de Aracaju: “Só está tendo lucro neste país quem negocia com drogas lícitas, tipo álcool, remédio e político”. Misericórdia!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano O Republicano, em 20 de abril de 1890.

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários