Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
15/06/2016 às 09h43

Cortando prego

Cortando prego

A ameaça de delação premiada feita pelo ainda deputado federal Eduardo Cunha (PMDB) tirou o sono de boa parte dos políticos, principalmente os integrantes do chamado baixo clero. E a ansiedade dessa turma aumentou após a aprovação da cassação do peemedebista pela Comissão de Ética da Câmara. Desde ontem, muita gente está cortando prego, tomando doses cavalares de Lexotan, rezando para não ser um dos 150 deputados federais que Cunha promete levar com ele ao fundo do poço. O pior é que essa agonia persistirá até depois que o plenário cassar em definitivo o outrora todo poderoso presidente da Câmara Federal. Na planície, com seu futuro entregue ao juiz Sérgio Moro e ameaçado de ser condenado a décadas de prisão, Eduardo Cunha não titubeará em abrir o jogo para livrar a própria pele. Quando isso acontecer, acreditem, vai ser um Deus nos acuda, um salve-se quem puder. Pode não sobrar pedra sobre pedra da viciada e corrupta política brasileira.

 

Corda bamba

Vereadores de Canhoba votam hoje o processo de impeachment da prefeita Elinalda Pereira (PR). Ela é acusada pelo Tribunal de Contas de ter cometido uma série de irregularidades, causando graves prejuízos ao erário. Como a oposição é maioria, a expectativa é que o impedimento da prefeita seja aprovado com facilidade.

 

Fazendo água

E a pré-candidatura de Zezinho Sobral (PMDB) a prefeito de Aracaju faz água até dentro do partido. Melhor explicação para isso foi a reação do presidente da sigla, João Gama, contra os peemedebistas que preferem apoiar Edvaldo Nogueira (PCdoB). “Ao afirmarem que há uma indefinição no partido, estes companheiros prestam um desserviço”, diz Gama, para quem a pré-candidatura de Zezinho está definida. Ora, se já está tudo certo, por que o governador Jackson Barreto ainda não bateu o martelo?

 

Sem cabresto

O deputado estadual Georgeo Passos (PTC) disse não aceitar ser pautado pelo governador Jackson Barreto (PMDB). Segundo o parlamentar, JB pode não gostar de ouvir, mas a implementação agora do Plano e Cargos, Carreira e Vencimentos dos servidores estaduais foi uma medida eleitoreira. E Passos vai mais além: “O governador já prometeu pendurar as chuteiras ao final do mandato, mas os sergipanos esperam que até lá ele tenha interesse pela administração pública”. Aff, Maria!

 

Maracujá do mato

Um fruto da natureza combinado com mais de uma década de pesquisa resultou na primeira variedade de maracujá do mato recomendado para cultivo comercial. Lançado pela Embrapa, o BRS Sertão Forte é resultado do melhoramento genético, tendo sido selecionado a partir de diversos acessos de maracujazeiros silvestres coletados em diferentes áreas de Caatinga. Em comparação com as plantas nativas, ela apresenta maior produtividade e maior tamanho e rendimento dos frutos. Legal!

 

Lugar errado

O deputado estadual Gustinho Ribeiro (PSD) foi visitado por Heriberto Vieira, novo presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec). A indicação do ex-vereador Heriberto para o cargo foi muito criticada por pesquisadores e bolsistas. Em nota, o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa defende que a presidência da Fapitec seja ocupada por profissionais com a formação e experiências em atividades acadêmicas e científicas. Pelo visto, Gustinho não pensa assim.

 

Crise braba

Mais uma indústria está deixando Sergipe: a Santista anunciou que vai fechar sua fábrica de Socorro por conta da “forte queda nas vendas do mercado de vestuário profissional”. O fechamento da unidade já resultou em mais de 200 demissões. A preocupação do Sindicato dos Empregados na Indústria Têxtil é com o pagamento das rescisões trabalhistas. Uma lástima!

 

Tecnologia no pleito

A Justiça Eleitoral vai disponibilizar para as eleições deste ano 11 aplicativos para dispositivos móveis – smartphones e tablets (iOs e Android) - que terão a função de auxiliar os eleitores. As ferramentas vão possibilitar acesso às principais datas do processo eleitoral, consulta a processos, busca de informações sobre candidatos, consulta aos locais de votação, denúncias de irregularidade eleitoral e acompanhamento da apuração. Legal!

 

 A cor pune

Dados do Anuário de Segurança Pública revelam que do total de presos no Brasil, 61,7% são negros, o que significa que essa população é 18,4% mais encarcerada. A maior parcela da população carcerária (49%) encontra-se reclusa em razão de crimes contra o patrimônio. O tráfico de drogas equivale a 26% das prisões e 12% referem-se a homicídios.

 

Boca suja

Depois de chamar os médicos de “bando de moleques”, o vereador aracajuano Agamenon Sobral (PHS) partiu pra cima dos professores municipais, em greve há sete dias: “Existe uma casa de orgia no Mosqueiro, que foi alugada por um professor. É isso que eles fazem”, acusa o parlamentar falastrão.

 

Partidos demais

Existem 35 partidos políticos regularmente constituídos no Brasil. Além dessas, outras 30 legendas estão em algum estágio do processo de organização e registro. A continuar nesta toada, em breve cada eleitor terá seu próprio partido. Aqui em Sergipe mesmo, tem gente comandando mais de 10 legendas de aluguel. Virou uma esculhambação!

 

Recorte de jornal

Publicado no aracajuano Diário da Manhã, em 18 de novembro de 1924.

 

Resumo dos jornais

 

Postado por Adiberto Souza
Comentários