Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
23/05/2016 às 08h07

Pedra no sapato

Pedra no sapato

Desde que assumiu a liderança do governo na Câmara, o deputado federal André Moura (PSC) tem sido uma pedra no sapato do presidente Michel Temerário (PMDB). Além do desconforto por ter nomeado para o cargo um político ficha suja, um colecionador de inquéritos no Supremo, o peemedebista enfrenta a oposição ao seu líder por parte do presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB). Ao tentar selar a paz entre Renan e André, o ministro Geddel Vieira Lima ouviu do senador alagoano que “apoio o governo Temer, não o governo Cunha”. E as críticas ao líder sujíssimo pipocam por todo o país. Adversário de Moura em Sergipe, o governador Jackson Barreto (PMDB) aproveitou pra tirar uma casquinha: “André, a esposa, a mãe, a irmã e o cunhado são todos condenados por improbidade e corrupção. Esse rapaz é líder do governo? É demais pra mim!”, ironizou JB. Pior é que Michel Temerário, que assumiu o governo biônico prometendo moralizar o Brasil, não pode tirar esta indigesta pedra do sapato. Caso o faça, enfrentará a reação raivosa dos cerca de 300 parlamentares do baixo clero liderados na Câmara pelo deputado-réu Eduardo Cunha (PMDB), padrinho político de André, o ficha suja.

Trabuco na cabeça

E quem passou o maior sufoco no último final de semana foi o vereador aracajuano Emmanuel Nascimento (PT). Ele e o motorista foram rendidos por um desconhecido que, de arma em punho, os obrigou a conduzi-lo da zona norte de Aracaju até as imediações da rodoviária nova, na avenida Tancredo Neves. Lá, o sequestrador desceu do carro e escafedeu-se. Segundo o vereador, durante o seqüestro relâmpago, o rapaz jurava que não iria feri-los, mas que precisava fugir rapidamente da capital. Que horror!

Grana suspeita

O PMDB sergipano divulgou nota explicando o recebimento R$ 1 milhão, enviado pela campanha de Michel Temerário à vice-presidência da República, em 2014. “O PMDB de Sergipe não considera que recebeu dinheiro da Lava Jato, mas sim doação de campanha do PMDB nacional. Não cabe aos diretórios estaduais investigar origem dos recursos que chegam do diretório nacional”, diz a nota. O dinheiro em questão foi doado à campanha do vice pelas construtoras OAS e Andrade Gutierrez, envolvidas na operação Lava Jato. Cruz credo!

Cadê o dinheiro?

Ocupantes de cargos em comissão e profissionais contratados pela Prefeitura de Pirambu ainda não receberam o 13º referente a 2015. Também não viram a cor do salário de abril passado. Os médicos contratados já pensam, inclusive, em cruzar os braços. Alô, prefeito Elinho Martins, esse atraso de salários pode respingar na já encardida imagem de seu cunhado, o líder ficha suja André Moura!

Canteiro de obras

E o governador Jackson Barreto (PMDB) não esconde a satisfação com o grande volume de obras do governo em andamento em todo o estado. “Estamos investindo mais de R$ 1,2 bilhão em áreas como saneamento básico, rodovias, saúde e, principalmente, educação”. Barreto admite o desgaste por ainda não ter implementado o PCCV dos servidores, concedido reajuste à categoria e pelo atraso de 11 dias dos salários. Conforta-lhe o fato de a população saber que estes problemas foram causados pela forte crise econômica do país, responsável pela quebradeira dos estados. É vero!

Indústria da multa

Veja o que escreve o amigo Gilvan Manoel no Jornal do Dia: “A administração do prefeito João Alves Filho (DEM) conseguiu, em pouco mais de três anos, travar todo o trânsito de Aracaju, alongar retornos e provocar megaengarrafamentos sem qualquer melhoria para os usuários”. Segundo o jornalista, achando pouco o número de radares fixos instalados na capital, João Alves autorizou a compra de equipamentos móveis para aumentar a arrecadação com a aplicação de multas. Assim também já é demais também!

Bispo governador

Ainda não está marcada a data, mas o deputado Luciano Bispo (PMDB) assumirá o governo de Sergipe em julho próximo. Calma, será por poucos dias! É que o governador Jackson Barreto (PMDB) vai ao exterior e, no mesmo período, o vice Belivaldo Chagas (PSB) também se ausentará do estado. Como é o presidente da Assembleia, Luciano assumirá o governo interinamente durante a curta ausência dos dois.

Inquérito prorrogado

O ministro do Supremo, Gilmar Mendes, prorrogou por mais 60 dias o inquérito que investiga André Moura por tentativa de homicídio de Joseano Zeferino, vigia de Juarez Batista, ex-prefeito de Pirambu. Nos depoimentos Joseano não acrescentou nada, mas o ex-prefeito afirmou ter recebido ligações ameaçadoras de André Moura antes do assalto. As ameaças seriam porque Moura não queria que fossem interrompidos repasses ilegais feitos em espécie a ele, de R$ 30 mil a R$ 50 mil por mês. Esta informação foi publicada hoje em O Globo, pelo jornalista Lauro Jardim.

Casa de cassados

Será que o eleitor ainda lembra os nomes dos nove deputados cassados sob acusação de terem se lambuzado com as verbas de subvenção da Assembleia? Para quem já os esqueceu, segue a lista dos condenados: Adelson Barreto (PTB), João Daniel (PT), Augusto Bezerra (DEM), Paulinho das Varzinhas (PTdoB), Capitão Samuel Barreto (PSL), Gustinho Ribeiro (PRP), Jeferson Andrade (PSD), Zezinho Guimarães (PMDB) e Venâncio Fonseca (PP). Pelo mesmo motivo, os ex-deputados Raimundo Vieira (PL) e Zeca da Silva (PSC) tiveram suspensos os diplomas de suplentes. Misericórdia!

Brucutu

No ímpeto de defender o prefeito João Alves Filho (DEM), o vereador aracajuano Agamenon Sobral (PHS) disse cobras e lagartos contra os médicos do município, que estão em greve porque não tiveram suas reivindicações atendidas: “Como não trabalham mesmo, podem continuar parados!”, fustigou o parlamentar falastrão. Segundo ele, os médicos “são uns irresponsáveis”. O comportamento do vereador é lastimável!

Recorte de jornal

Publicado no jornal O Estado de Sergipe, em 26 de agosto de 1915.

Resumo dos jornais 

 

Postado por Adiberto Souza
Comentários