Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
12/05/2016 às 08h40

A encruzilhada

A encruzilhada

Como será para o Brasil o dia seguinte ao impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT)? Esta é uma incógnita, pois a aprovação pelo Senado da admissibilidade do impedimento coloca o país numa perigosa encruzilhada. Primeiro, o governo será paralisado por semanas para que o presidente biônico Michel Temerário (PMDB) emposse auxiliares e estes recoloquem a máquina nos trilhos. Esse passo inicial pode ser mais demorado se os movimentos sociais e petistas inflamados inundarem o Brasil com atos contra o impeachment. Ainda há o risco de estas manifestações saírem do controle de seus organizadores e descambarem para uma convulsão social, com enfrentamentos de brasileiros contra brasileiros, numa temerária guerra civil. Portanto, qualquer avaliação agora sobre o day after ao impeachment da presidente não passa de mera suposição. Que Deus proteja o Brasil!

Três a zero

Dependesse dos senadores sergipanos, a admissibilidade do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) seria de 81 a zero. Antônio Carlos Valadares (PSB), Eduardo Amorim (PSC) e Maria do Carmo Alves (DEM) votaram pelo impedimento. A demista, inclusive, reassumiu a cadeira no Senado exclusivamente para votar contra dona Dilma. O resultado final da votação, encerrada hoje cedo, foi de 55 votos pelo afastamento e 22 contra. Uma sonora goleada!

Contra o golpe

O Movimento “Fora Temer, fora Cunha” promove nesta quinta-feira em Aracaju, um ato contra o impeachment de Dilma. Será a partir das 16h, na praça Camerino. A convocação alerta ser preciso “denunciar o golpe. Tatuar na testa de cada um que protagoniza esse processo, a marca de traidores da democracia”. A idéia do Movimento é protestar em frente à sede do PMDB, partido de Cunha e de Temer. Aff Maria!

Auxílio-vergonha

O Pleno do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) acatou por unanimidade a liminar suspendendo o pagamento retroativo do auxílio-moradia a juízes e desembargadores sergipanos. Por determinação do Tribunal de Justiça, o benefício deveria ser pago retroativamente de outubro de 2006 a dezembro de 2011, portanto, uma senhora “bolada”. Vale ressaltar, que a liminar foi impetrada no CNJ pelo deputado estadual sergipano Georgeo Passos (PTC).

Grana presa

A Justiça determinou o bloqueio das contas da Prefeitura de Aquidabã para garantir o pagamento da folha de pessoal e outras despesas prioritárias. A medida foi solicitada pelo Ministério Público Estadual, depois que o prefeito José Carlos dos Santos (PMDB) insistiu em desrespeitar acordos firmados visando regularizar os salários dos servidores. O peemedebista, no entanto, não deixou de gastar com festas, como a dos Santos Reis, realizada em janeiro passado. Aí também já é demais também!

Cadê o PCCV?

Servidores da administração direta do governo promovem nesta quinta-feira, uma manifestação em frente à Secretaria estadual da Educação. Segundo o sindicato da categoria, o objetivo é exigir um serviço público de qualidade e cobrar ao governador Jackson Barreto (PMDB) a imediata implementação do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV). JB prometeu aos servidores implementar o benefício agora em maio.

Bel Pesce

E quem estará hoje em Aracaju é a empreendedora e fenômeno nas redes sociais, Bel Pesce. Vem ministrar aula na Faculdade Estácio de Sergipe. Com o tema “Empreendedorismo”, o evento começará às 19h30 e terá teletransmissão para os alunos do 1º período do Grupo Estácio em todo o país. Já tendo escrito três livros, Bel Pesce estudou no renomado Massachusetts Institute of Technology (MIT), trabalhou em grandes empresas, como Microsoft, Google e Deutsche Bank, e morou no Vale do Silício. Sem dúvida, será uma aula e tanto!

Visão lunar

Diante de tantos buracos nas vias públicas, moradores da periferia de Aracaju estão rebatizando as ruas e avenidas, chamadas agora jocosamente de ruas Lua Cheia, Lua Nova, etc. Dizem que as enormes crateras as tem deixado parecidíssimas com o esburacado satélite natural da terra. Só Jesus na causa!

Fora do ninho

E o deputado estadual doutor Vanderbal Marinho (PTC) segue sem abrir a boca na Assembleia. Seu silêncio é tão ensurdecedor que, outro dia, a jornalista Rita Oliveira considerou o parlamentar uma grande incógnita: “Ele não fala nada, não questiona nada, não sugere nada. Falta muito pouco às sessões plenárias, mas se faltasse muito ninguém sentiria sua falta. É o retrato da política antiprogressista praticada no Brasil”. Misericórdia!

Violência condenada

Tia do deputado federal Fábio Reis (PMDB), a deputada estadual Goretti Reis (PMDB) condenou a manifestação promovida em frente à casa do sobrinho, na cidade de Lagarto. Petistas e integrantes do MST fizeram um ato para protestar contra o voto de Fábio favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). “É democrático respeitar para ser respeitado. É usar a diversidade e as contestações sem agredir qualquer pessoa”, ensina Goretti.

Recorte de jornal

Publicado no jornal propriaense O Pharol, em 16 de outubro de 1932.

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários