Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
11/04/2016 às 07h16

Vigarice eleitoral

Vigarice eleitoral

É forte o movimento de vários setores da sociedade contra os ladrões de consciência, aqueles políticos que enxergam o eleitor como gado preso no curral e pronto para ser vendido. Esta tomada de consciência por parte do cidadão diminui muito o risco de o fator econômico preponderar na definição eleitoral deste ano. Como bem disse outro dia o vereador aracajuano Emerson Ferreira (Rede), "política no Brasil virou meio de vida de gente desonesta”. Aliás, as campanhas eleitorais têm servido para lavar dinheiro, com muitos candidatos comprando votos como se estivessem adquirindo bois. É papel de todo cidadão ajudar a inibir as ações dos maus políticos, que pensam ser a eleição um trampolim para o enriquecimento ilícito. Portanto, ao povo cabe denunciar os vigaristas eleitorais, pois vender o voto é perder a cidadania.

Tortura em debate

Na próxima quarta-feira, o ex-preso político Marcélio Bomfim (PPL), fará palestra na Universidade Federal de Sergipe. O palestrante vai falar sobre a tortura durante a ditadura militar em Sergipe. O evento objetiva passar para as novas gerações informações sobre o que aconteceu durante aquele período negro. Também em Sergipe ocorreram sequestros, prisões e tortura de mulheres e homens que fizeram a resistência ao regime militar.

Pra ser político

Ser enganador, mentir

Enrolar, ser trambiqueiro

Gostar de fazer promessa

Não pagar, ser trapaceiro

Eis os requisitos básicos

Do político brasileiro.

A definição acima está no bem acabado cordel ‘Perfil do Político Brasileiro’, do poeta paraibano Vernaci Santos do Nascimento.

Dia de posse

O juiz de Direito Diógenes Barreto tomará posse nesta segunda-feira, como desembargador do Tribunal de Justiça de Sergipe. A solenidade está marcada para as 11 horas, no Palácio da Justiça, localizado no centro de Aracaju. O magistrado foi promovido pelo critério de merecimento e ocupará a vaga deixada pela desembargadora Marilza Maynard. Certamente, está será uma posse super concorrida.

Pede votos

O governador de Sergipe, Jackson Barreto (PMDB), vem mantendo contatos com deputados federais peemedebistas de outros estados para lhes pedir que votem contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). JB avalia que “não vai ter golpe” e que Dilma continuará no cargo. Esta informação é do blog Primeira Mão.

Merenda ameaçada

É feia a crise na Prefeitura de Aracaju. Pelo que se comenta nos corredores da Secretaria da Educação, a qualquer momento os estudantes podem ficar sem a merenda escolar. É que a empresa responsável pelo fornecimento da comida não recebe pelo serviço há meses. Sem dinheiro para renovar os estoques, a contratada não tem como fornecer a merenda por muito tempo. Apesar disso, ninguém na prefeitura sabe quando a enorme dívida será paga. Uma lástima!

Novo prefeito

O vice José Carlos Machado (PSDB) assume hoje o comando administrativo de Aracaju. Substituirá, por 15 dias, o prefeito João Alves Filho (DEM), que se licenciou para cuidar da saúde. Segundo o Correio de Sergipe, jornal pertencente à família de João, “o gestor tem apresentado um forte nível de estresse e vem enfrentando dificuldades para dormir”. Assessores do prefeito informam que ele vai tentar se recuperar descansando em praias do Nordeste.

Sessão quente

A sessão plenária desta segunda-feira na Assembleia promete ser agitadíssima. É que os deputados devem votar hoje o projeto de lei instituindo mudanças na legislação do Ipesaúde. A propositura permite a adesão ao plano de saúde dos ocupantes de cargos em comissão no estado, e estabelece o pagamento de uma alíquota pelos dependentes do servidor contribuinte.

Pistoleiros

E o Sindicato dos Jornalistas de Sergipe quer saber do presidente do Tribunal de Contas, Clóvis Barbosa, quem são os pistoleiros intelectuais denunciados por ele. Segundo a entidade, a resposta à sua indagação é fundamental para que não haja uma generalização ao conjunto dos jornalistas. E aí, Clóvis, quem transformou a caneta em pistola? Fale, homem de Deus!

Penalidades

Veja o que publica o Jornal da Cidade: “A Empresa Cavo tem descumprido pontos que estavam no edital da licitação vencido por ela para fazer a coleta de lixo e a limpeza urbana de Aracaju. Há informações que a Emsurb deve aplicar multas na empresa em breve. De acordo com o edital, essas punições são progressivas, podendo dobrar se as irregularidades forem repetidas”.

Caso de polícia

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) virou caso de polícia. Ontem, médicas da regulação foram à delegacia plantonista denunciar falta de condições de trabalho. Segundo elas, a ausência de profissionais tem retardado o socorro aos pacientes que necessitam de atendimento de urgência. No Boletim de Ocorrência consta, ainda, que seis viaturas avançadas do Samu estadual estão sem funcionar no interior de Sergipe. Misericórdia!

Recorte de jornal

Publicado no jornal laranjeirense O Horizonte, em 1º de janeiro de 1886.

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários