Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
02/02/2016 às 08h49

Salve-se quem puder

Salve-se quem puder

Embora o governo do Sergipe tente encobrir o sol com a peneira, o atual modelo de segurança pública não protege mais ninguém. Incapaz de prevenir o crime, a Polícia vive a correr atrás dos criminosos, estes cada vez mais ousados. Para se ter uma idéia, 20 pessoas foram assassinadas em Sergipe nas últimas 72 horas. Derrotado pela crescente violência, o Estado procura culpar a vítima, acusando-a de facilitar a vida dos marginais ao sacar dinheiro no caixa eletrônico, não proteger o patrimônio com cerca elétrica e segurança particular, deixar de fazer o seguro do carro, transitar por locais inseguros, distrair-se ao abrir o portão da garagem, etc. Ora, a sociedade paga impostos para ter protegidos a vida e o patrimônio. Fosse para tomar tantas precauções, não havia necessidade de segurança pública. Pior é que, enquanto se discute de quem é a culpa pelo crescimento da criminalidade e a falência do setor policial, o povo paga caro para tentar sobreviver num verdadeiro fogo cruzado. Uma lástima!

Alto mar

Diante de tanta violência em Sergipe, quem está certo é o governador Jackson Barreto (PMDB), que vai passar o Carnaval em alto mar. No próximo sábado, ele embarca com familiares para um tranquilo cruzeiro pelas águas do Atlântico. Antes, JB assiste o desfile das escolas de samba de São Paulo. Quem pode, pode!

Sem saúde

Quem tiver juízo não adoece por estes dias em Aracaju. É que os enfermeiros da Prefeitura deflagraram greve por tempo indeterminado. Os médicos do município também devem cruzar os braços a partir de quinta próxima. As paralisações visam protestar contra os constantes atrasos dos salários e a total falta de compromisso com a saúde por parte da administração do prefeito João Alves Filho (DEM).

João faz mal

De um gaiato, ao lembrar do mote de campanha eleitoral do prefeito João Alves Filho (DEM), em 2012: “Os marqueteiros dele estavam certo quando cunharam o slogan ‘foi João quem fez!’ Três anos depois, o povo já percebeu que quase tudo de ruim que acontece em Aracaju, foi João quem fez”. Homem, vôte!

Fogo a sangue

Não chamem para o mesmo rega-bofe o presidente do Tribunal de Contas de Sergipe, Clóvis Barbosa, e alguns conselheiros daquela Corte. Os homens não se suportam. A relação entre eles azedou desde quando Clóvis andou distribuindo com a imprensa informações sobre atos dos colegas, nomeações de comissionados e otras cositas más. Portanto, não se surpreendam se esta for a administração mais tumultuada da história do TCE.

Segue a novela

E o governador Jackson Barreto (PMDB ainda não acenou com qualquer solução para a crise de vaidades que se instalou na segurança pública de Sergipe. Enquanto JB procura nomes para substituir Mendonça Prado (SSP) e coronel Maurício Iunes (PM), as Polícias Civil e Militar permanecem em compasso de espera. Essa demora só contribui para aumentar os já elevadíssimos índices de criminalidade no Estado. Um horror!

Ana desiste

A deputada estadual Ana Lúcia (PT) desistiu de disputar a Prefeitura de Aracaju. E saiu do páreo cuspindo fogo: “Não vamos obedecer ao governador quanto ao caminho a ser tomado pelo PT. Ele cuide do PMDB”. Ana acha que Jackson Barreto tentou diminuir o PT quando sugeriu que a petista Eliane Aquino seja candidata a vice na chapa encabeçada por Zezinho Sobral (PMDB).

Liberou geral

O bloco carnavalesco Rasgadinho pode realizar a festa momesca no mesmo modelo dos anos anteriores. A decisão é da juíza de Direito Ana Bernadete Leite de Carvalho. Ela cassou a liminar proibindo a instalação de palcos fixos na avenida Pedro Calazans e determinando os horários para início da folia. Com a derrubada da liminar, o Rasgadinho terá três palcos para os shows dos artistas e bandas locais e nacionais. Legal!

Sem ajuda

As Prefeituras de Estância e Pirambu não vão custear o Carnaval. Em nota, os prefeitos Carlos Magno (PCdoB) e Élio Martins (PDC) culparam a crise econômica pela decisão de não gastarem com a folia. Prometeram, contudo, garantir a infraestrutura e segurança para os desfiles dos blocos e escolas de samba. Anteriormente, as Prefeituras de Canindé e Socorro já haviam tomado medida idêntica.

Volta ao batente

Após mais de um mês de recesso parlamentar, deputados e senadores retomam nesta terça-feira os trabalhos legislativos. Os parlamentares sergipanos viajaram hoje cedo à Brasília visando participar das sessões na Câmara e no Senado. Enquanto isso, os deputados estaduais continuam gozando as merecidas férias. O retorno ao batente será no próximo dia 15, depois do Carnaval. Êta vida mansa!

Salve a Rainha

Hoje é Dia de Iemanjá. A Rainha do Mar é um orixá africano, que faz parte do Candomblé e de outras religiões afro-brasileiras. Muito respeitada e cultuada, ela é tida como mãe de quase todos os Orixás Iorubanos. Neste 2 de fevereiro as pessoas se vestem de branco e vão à praia depositar oferendas para Iemanjá. Odoyá! Odoyá Iemanjá!

Recorte de jornal

Publicado no jornal A Tribuna, em 22 de fevereiro de 1933.

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários