Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
01/02/2016 às 07h32

Vendedores de votos

Vendedores de votos

Em todo período eleitoral, como o que teremos este ano, surgem campanhas contra a compra de votos, orientando o povo para não aceitar propostas indecorosas e advertindo os políticos sobre as punições aplicadas a quem tenta corromper o cidadão. Talvez para ser simpático à população, ninguém admite que também existe, por parte do eleitor, um clientelismo explícito. Quando muitos se aproximam do candidato, o fazem pensando em levar vantagem pessoal. E os pedidos são os mais diversos, desde emprego até dinheiro mesmo. É uma hipocrisia negar que, em muitos casos, a proposta de venda do voto parte do eleitor e é feita diretamente ao político. Ora, enquanto houver um mercado para a venda, haverá sempre alguém disposto a comprar. O lastimável nisso tudo é que os candidatos sérios, dispostos a trabalhar em favor da coletividade, que não aceitam o jogo da compra de votos, acabam sendo derrotados. Claro que é necessário punir os maus políticos, mas enquanto parte do povo continuar vendendo a consciência por alguns trocados, o comércio de votos permanecerá florescente.

Folha milionária

Após merecidas férias, os conselheiros do Tribunal de Contas de Sergipe retornam hoje ao trabalho. O presidente da Casa, Clóvis Barbosa, aproveitará o retorno dos colegas para fazer um relato das medidas adotadas visando reduzir despesas no TCE. A idéia de Barbosa é diminuir para R$ 5 milhões a folha de pessoal, orçada hoje em mai de R$ 7 milhões. Clóvis espera contar com o apoio dos conselheiros para devolver servidores requisitados e exonerar um bom número de cargos comissionados.

Mesa reeleita

Com um ano de antecedência, a Assembleia de Sergipe deverá eleger a nova mesa diretora para o biênio 2017/18. A eleição pode ocorrer já no próximo dia 15, quando serão reabertos os trabalhos legislativos. Segundo o jornalista Gilvan Manoel publicou no Jornal do Dia, “não será surpresa se a atual mesa diretora seja mantida integralmente, já que não houve mudanças na representação partidária”.

Aliança difícil

Até que os partidos definam os candidatos a prefeito de Aracaju, os articulistas de plantão seguem concebendo as mais mirabolantes alianças políticas. A última composição arquitetada nas esquinas da cidade coloca o senador Eduardo Amorim (PSC) como candidato a prefeito, tendo como vice o prefeiturável Edvaldo Nogueira (PCdoB). Por este “acordo”, o parlamentar cristão se afastaria em 2018 para disputar o governo e o comunista concluiria o mandato, como fez em 2006 quando o saudoso Marcelo Déda (PT) renunciou a prefeitura para se candidatar a governador. É muita criatividade, não?

Deu resultado

Bastou o deputado estadual Francisco Gualberto reclamar da forma como estava sendo tratado pelo Partido dos Trabalhadores para ser procurado pelo presidente estadual do PT, Rogério Carvalho. Os dois conversaram sobre a composição dos diretórios petistas, a construção da unidade e fortalecimento da legenda para as eleições de 2016. O encontro parece ter sido positivo, pois Gualberto e Rogério até posaram para uma fotografia.

Mais em conta

Enfim uma notícia mais ou menos: a cobrança extra da bandeira tarifária nas contas de luz caiu neste 1º de fevereiro. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica, para cada 100 kilowatts-hora (kWh) de eletricidade consumidos, serão pagos R$ 3 e não mais os R$ 4,50 em vigor desde agosto de 2015. Menos mal, né?

JB indeciso

E o governador Jackson Barreto (PMDB) ainda não definiu os substitutos do secretário da Segurança Pública, Mendonça Prado, e do comandante da Polícia Militar, coronel Maurício Iunes. Os dois estão brigando há muito tempo, porque Iunes não aceita ordens de Mendonça. Enquanto JB tateia atrás de nomes para substituí-los, os sergipanos sofrem com o crescimento exagerado da violência.

De olho na vaga

Sempre que surge a hipótese de um secretário deixar o governo, logo aparecem notinhas na imprensa informando que o futuro Ex pode ser substituído pelo presidente da Adema, Almeida Lima (PMDB). Foi assim quando se aventou a possibilidade de Zezinho Sobral deixar a Saúde para disputar a Prefeitura de Aracaju, e tem sido assim agora, com a possível exoneração de Mendonça Prado da SSP. Será que Almeidinha não anda satisfeito em comandar a Adema ou são seus amigos que desejam vê-lo no 1º escalão do governo? 

Pra ganhar a eleição

Protegendo o monossílabo

De dedada e beliscão

A cavalo na cacunda

Chega o dono da eleição

Faz boca de fecho-ecler

E nesse querequequé

Vez por outra um foguetão.

Com voz de vento encanado

Com os vivas dos babão

É só dizer que é mentira

Sua fama de ladrão

Falar dos roubos dos outros

E tá ganha a eleição.

Trecho da poesia “Comício em beco estreito’ do poeta paraibano Jessier Quirino.

Ajuda popular

A Comissão Estadual da Verdade aceita receber documentos pessoais e públicos que ajudem a esclarecer as graves violações dos direitos humanos em Sergipe durante a ditadura militar. Cartas, bilhetes, convocações, documentos de arquivos pessoais, de organizações políticas, etc. serão aceitos como contribuição à história. E tem mais: quem quiser escrever, pode fazer relato de fatos que possam contribuir para compreender os fatos ocorridos durante o regime de exceção. Esta informação é do blog Primeira Mão.

Mudança de prefixo

Tem radialista em Aracaju negociando a mudança de prefixo. O moço quer ir para uma rádio que cobre menos pelo horário matutino, pois só assim pode suportar a demora de alguns clientes em pagar pelos anúncios contratados. Há casos em que o atraso já é de seis meses. Misericórdia!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano A Notícia, em 2 de janeiro de 1897.

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários