Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
13/01/2016 às 09h11

De mal a pior

De mal a pior

É impressionante o desgaste popular do prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM) e do governador de Sergipe, Jackson Barreto (PMDB). As administrações dos dois são reprovadas nas conversas das ruas, nas repartições públicas e nos colóquios pelas redes sociais. João é duramente criticado por atrasar salários e não ter cumprido a maioria das promessas feitas na campanha, com destaque para a miragem chamada BRT. Jackson é reprovado pelo atraso da folha de pessoal, parcelamento do 13º, paralisação de boa parte das obras, inércia da maioria dos secretários e, principalmente, por queimar rios de dinheiro com um excessivo número e cargos comissionados, boa parte apadrinhada de políticos. Por conta do fracasso das duas administrações, Aracaju e Sergipe vão de mal a pior. No caso do governador, ainda há esperança de recuperação, caso ele resolva fazer mudanças que recoloquem o estado nos trilhos e estabilizem a economia. Quanto ao prefeito, parece não haver mais salvação, pois ele está no último ano da caótica administração e, dificilmente, conseguirá tirar a cidade desse desgoverno em que a colocou. Uma lástima!

Meia boca

Pela reação de vários pessedistas, se depender do apoio anunciado pelo presidente do PSD aracajuano, Fábio Mitidieri, a pré-candidatura de Valadares Filho (PSB) a prefeito de Aracaju naufraga. Como já era esperado, filiados do PSD, a exemplo do vereador aracajuano Ivaldo José e o deputado estadual Gustinho Ribeiro, disseram não ter nada como a festa organizada por Mitidieri. O presidente do partido em Sergipe, deputado estadual Jeferson Andrade, nem se dignou a falar sobre o assunto. Aff Maria!

Inventa moda

E o Tribunal faz de Contas de Sergipe agora vai ter um ombudsman, aquele sujeito pago para “dedurar” os erros dos coleguinhas. Ora, um órgão tão pequeno como o TCE precisa disso? Será que os bem pagos conselheiros e diretores não são suficientes para enxergar os equívocos cometidos na Casa? Ô, Clóvis, deixe de inventar moda, rapaz!

Morte da CPI

A bancada de oposição na Câmara de São Cristóvão está tiririca da vida com o arquivamento da CPI aberta para apurar a roubalheira da merenda escolar. Este escândalo, inclusive, resultou na renúncia da prefeita Rivanda Faria. Inconformados, os oposicionistas denunciaram o “sepultamento” da CPI aos Ministérios Públicos Federal e Estadual, além do Tribunal de Contas do Estado.

Férias a JB

Vejam o que pensa o deputado estadual Georgeo Passos (PTC): “Diante da impopularidade do governo, o problema será encontrar alguma liderança que deseje ter Jackson Barreto em seu palanque”. O parlamentar acha que o mais prudente para os candidatos governistas é dar férias a JB durante a campanha. Cruz credo!

Cadê a grana?

Servidores e comissionados da Prefeitura de Aracaju seguem cobrando os salários de dezembro e as horas extras feitas ainda no ano passado. Em resposta, a municipalidade liberou uma nota informando que ontem, a Prefeitura deu continuidade ao processo de pagamento de servidores, aposentados do magistério, administração indireta e saúde para servidores de iniciais A. Informa ainda que os trâmites bancários podem resultar de valores por serem creditados até esta quarta-feira. Será?

Carne e unha

No entender do presidente do PMDB, João Gama, o secretário e pré-candidato a prefeito de Aracaju, Zezinho Sobral (PMDB), é parecidíssimo com o governador Jackson Barreto. Segundo o dirigente partidário, quando o rapaz quer uma coisa, chega às 6h e só sai após ser atendido. Diante disso, Gama acha que Sobral reúne qualidades para disputar a cadeira do prefeito João Alves Filho (DEM). Então, tá!

Boa nova

O Jornal da Cidade publica hoje uma excelente notícia para a economia sergipana: “Boquim deve receber mais uma grande indústria de suco de laranja. Representantes de um grupo paulista, um dos gigantes do setor, estiveram ontem em Aracaju reunidos com o presidente da Codise, Sérgio Reis, debatendo o projeto. Com a alta do dólar, a exportação do suco se tornou um negócio em crescimento. Os empresários já foram em Boquim conferir o terreno viabilizado pela Codise”. Muito bom!

Mais corte

Uma péssima notícia: o Plano de Negócios e Gestão da Petrobras para 2015-2019 foi ajustado novamente. Com esta revisão, a estatal prevê investimentos de US$ 98,4 bilhões no período, uma redução de US$ 32 bilhões em relação ao valor inicial (US$ 130,3 bilhões), representando uma queda de 25%. Nem precisa dizer que esse corte afetará os investimentos previstos pela Petrobras para Sergipe. Um horror!

Quem tá certo?

Na greve de 39 dias dos auditores da Secretaria da Fazenda, a primeira providência dos grevistas foi fechar os cinco postos fiscais na divisa de Sergipe com outros estados. Agora, que a Sefaz desativou estes mesmos postos, os auditores estão invocados com o secretário Jeferson Passos, acusando-o de abrir as portas do estado aos sonegadores. Afinal, se o fechamento é bom para os muambeiros, por que diabo o Sindifisco lacrou os cinco postos durante a greve? Vá entender!

Bico seco

Moradores do sertão sergipano estão morrendo de sede porque o governo estadualatrasou o pagamento aos donos dos caminhões-pipa que os abasteciam. O atraso, equivalente a R$ 556 mil, deixou sem água parte das populações de Canindé, Poço Redondo, Monte Alegre, Porto da Folha, Gararu, Itabí, Glória, Frei Paulo, Carira e Poço Verde. Só Jesus na causa!

Recorte de jornal

Publicado no Estado de Sergipe, em 31 de maio de 1933.

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários