Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
08/01/2016 às 08h24

Eles só pensam nelas

Eles só pensam nelas

Tire o cavalinho da chuva quem estiver pensando que os políticos estão preocupados com a crise econômica, com os problemas do povo. Eles só têm cabeça para as eleições municipais deste ano. Mesmo quem não será candidato agora em 2016 vai trabalhar para eleger prefeitos e vereadores, que votarão neles em 2018. Basta observar os discursos e entrevistas dos políticos: quando não falam abertamente sobre as pré- candidaturas de suas preferências, criticam os adversários, visando desgastá-los junto ao eleitorado. Portanto, não pense que problemas como insegurança, crise da saúde, falência da educação, precariedade do transporte público e atraso de salários serão resolvidos em 2016. Quando muito, os governantes de plantão farão remendos aqui e alí, para iludir o cidadão e conquistar os votos dos ingênuos, com a promessa que 2017 será diferente e bem melhor. Pra eles, é claro!

Vida mansa

Entre as regalias da classe política a mais exagerada é o recesso parlamentar. Diferente do trabalhador, que trabalha de sol a sol e o ano inteiro, vereadores, deputados e senadores registram presenças quatro dias por semana e tiram férias a cada seis meses. Pior é que muitos desses ‘come e dorme’ ainda dizem trabalhar demais. Faz pena!

Balança comercial

A valorização do dólar impulsionou as exportações sergipanas, que cresceram 22,7% em 2015. Segundo dados do Ministério da Indústria e Comércio Exterior, o suco de laranja foi o principal produto exportado, representando 53%. Seguindo uma tendência histórica, a balança comercial sergipana fechou o mês de dezembro último com saldo negativo de US$ 6,93 milhões.

Calo no sapato

Decididamente, os professores irritaram o governador Jackson Barreto (PMDB) ao chamá-lo de caloteiro. Sempre que pode, o peemedebista reclama da categoria e afirma que, diferente dos demais servidores, os educadores estão recebendo os salários em dia. JB lembra ter quitado, inclusive, os dias descontados da greve, “que nem éramos obrigados a pagar”.

Controle externo

A depender de Clóvis Barbosa, presidente do Tribunal de Contas de Sergipe, o Congresso aprova, o quanto antes, a PEC criando o Conselho Nacional dos Tribunais de Contas. Ele já pediu a interferência do senador Eduardo Amorim (PSC) para agilizar a aprovação da referida PEC, que dorme no Congresso há 27 anos. Para Clóvis, não sendo possível aprovar o tal Projeto, os Tribunais de Contas - únicos sem um órgão superior de controle -, devem ser subordinados ao Conselho Nacional de Justiça. Tá certo!

Política suja

Legal que, mesmo fora de época, a Marinete do Forró esteja de volta às ruas, pois ajuda a popularizar entre os turistas este nosso ritmo musical. Mas daí a usá-la para divulgar as poucas obras da Prefeitura de Aracaju, já é um pouco demais. Espertamente, colocaram no itinerário da Marinete, duas paradas de 15 minutos nas praças Tobias Barreto e Camerino, as poucas restauradas pela administração do prefeito João Alves Filho (DEM). Durma com um barulho desse!

Mais cara

Já está em vigor a lei aumentando em 140% o valor da multa para quem estacionar em vagas reservadas sem a devida autorização. A punição, que era de R$ 53,20, aumentou para R$ 127,69 para quem estacionar em vagas reservadas a deficientes, idosos e gestantes sem ter o direito a fazê-lo. O infrator ainda receberá cinco pontos na carteira de habilitação. Antes, eram três pontos.

Sopa de pregos

Em março de 2015, ao ser questionado pelo reajuste do funcionalismo, o governador Jackson Barreto (PMDB) saiu com essa: “Nem vem de garfo, que hoje é dia de sopa”. Na época, os servidores ficaram ofendidos com a frase. Agora, depois do atraso dos salários em 11 dias e do parcelamento do 13º em seis meses, a galera concluiu que a tal sopa oferecida por JB é de pregos enferrujados. Pelo menos tem ferro, né?

Justa homenagem

Será inaugurado nesta sexta-feira o Memorial de Frei Miguel, frade capuchinho falecido em 2013, com 104 nos de idade. O evento acontece às 15h, na Paróquia São Judas Tadeu, localizada no bairro América, em Aracaju. Para homenagear aquele que era considerado pai, protetor e conselheiro dos mais necessitados, o Convento dos Capuchinhos e a Igreja foram transformados no Memorial, que abriga um museu com os pertences de Frei Miguel.

Sem medo

A bandidagem perdeu mesmo o medo da Polícia. Melhor exemplo está alí no bairro Grageru, zona sul da capital: enquanto militares assistem TV no posto policial instalado na praça onde acontece a feira livre, a malandragem fuma maconha abertamente na quadra, que fica vizinha ao “alojamento” da PM.

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Diário da Tarde, em 16 de novembro de 1937.

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários