Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
29/12/2015 às 08h12

Banese se deu bem

Banese se deu bem

Morre o cavalo para o bem do urubu. O adágio popular cai como uma luva para o Banco do Estado de Sergipe, que está faturando legal graças à falta de recursos do governo para pagar o 13º do funcionalismo estadual. O Banese informa já ter emprestado mais R$ 38 milhões em apenas 15 dias. Desde que o Executivo anunciou um abono de 12% para cobrir os juros da transação financeira no montante equivalente à gratificação natalina, mais de 20 mil desesperados servidores já bateram às portas do Banese. Foram antecipar o benefício, que o governo só pretende pagar em seis módicas parcelas. Quer dizer, a desgraça vivida pelo funcionalismo está beneficiando a instituição financeira. Talvez, uma forte campanha de divulgação feita pelo banco não tivesse surtido tanto efeito quanto o desespero de milhares de coitados, impossibilitados de receber um em dia um direito líquido e certo.

Cadê a Polícia?

E a Polícia ainda não sabe o paradeiro dos cinco presos que fugiram da delegacia de Lagarto. Na edição de hoje do Jornal do Dia, o chargista Edidelson tira a maior onda com a falida Segurança Pública. Ele mostra presos cavando um enorme buraco na cela, enquanto um deles informa ao atônico policial que aquilo é o “indulto de fim de ano”. Pode uma coisa dessa?

Sem apoio

Se ainda pensa em ter o apoio do prefeito de Socorro, Fábio Henrique (PDT), o prefeiturável Zé Franco (sem partido) já pode ir tirando o cavalinho da chuva. Entrevistado ontem por uma emissora de rádio, o pedetista foi curto e grosso: “Temos nomes credenciados. Zé Franco está fora porque faz parte de outro grupamento político, tem aliança com nossos adversários”. Precisa ser mais claro do que isso?

Não foi

Embora parte da imprensa do Sudeste tenha anunciado que o governador Jackson Barreto (PMDB) teria ido à Brasília discutir a crise, ele não foi. Preferiu passar a terça-feira despachando com auxiliares. À tarde, JB se reuniu com o núcleo de Ciência e Tecnologia do Estado para discutir projetos em andamento e planos para 2016 na área considerada estratégica para o desenvolvimento econômico de Sergipe. Ficou satisfeito com o que ouviu.

Réveillon

A Prefeitura de Aracaju está garantindo uma estrutura especial a quem for passar a virada de ano na Orla Pôr do Sol. A Secretaria Municipal da Indústria Comércio e Turismo diz ter preparado todo o aparato necessário para recepcionar aracajuanos e turistas da melhor maneira possível. Entre as atrações da Orla Por do Sol estão confirmadas As Patricinhas, Élio Lima, Jambahia e Jr. Ferrari. Prestigie!

Escorraçado

O prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), enxotou o vereador Josenito Vilatale, o “Nitinho” (DEM), do almoço de confraternização que ofereceu à bancada governista. Segundo a colega Rita Oliveira publica hoje no Jornal do Dia, João já chegou dando indiretas em “Nitinho”. Constrangido, o parlamentar anunciou que ia se retirar, mas antes ouviu do enfezado prefeito: “Não vota com a gente e ainda vem para o almoço”. Misericórdia!

Troca de mãos

A empresa Mitsui Gás e Energia do Brasil Ltda (Mitsui-Gás) pagou à Petrobras R$ 1,93 bilhão pela participação de 49% na Petrobras Gás (Gaspetro), holding que consolida as participações societárias da Petrobras nas distribuidoras estaduais de gás natural. A estatal informou que esta operação faz parte do seu Programa de Desinvestimentos e permitiu atingir a meta de US$ 700 milhões estabelecida para 2015. Então, tá!

Escravidão

Somente este ano, as ações de combate ao trabalho escravo no Brasil resgataram 936 pessoas submetidas a condições análogas à escravidão. Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego, os jovens do sexo masculino e com baixa escolaridade constituem o principal perfil das vítimas. Destas, 74% não vivem no município em que nasceram, e 40% trabalham fora do estado de origem. Uma lástima!

Muamba liberada

O Sindifisco fará protesto hoje contra o anúncio do fechamento de cinco postos fiscais localizados nas divisas de Sergipe com a Bahia e Alagoas. Segundo o presidente do sindicato, Paulo Pedrosa, a medida demonstra a falta de planejamento e compromisso com a arrecadação de impostos. Além, é claro, de abrir as portas para a entrada e saída de contrabando. Serão desativados os postos fiscais de Cristinápolis, Indiaroba, Tobias Barreto, Simão Dias e Curituba, em Canindé. Homem, vôte!

Crise braba

As vendas a prazo no Natal deste ano tiveram uma redução de 15,84% em comparação a 2014. Segundo o SPC Brasil, os consumidores evitaram o crédito, em razão do cenário econômico e da alta dos juros, tendo apostado em presentes mais baratos e, geralmente, pagos à vista. Quer dizer, até quem compra fiado e não paga, não foi às compras este ano. Que horror!

Recorte de jornal

Publicado no Jornal do Aracaju, em 19 de março de 1973.

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários