Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
21/12/2015 às 08h42

Não se preparou

Não se preparou

Ninguém pode negar que Sergipe vive uma séria crise financeira, em boa parte, provocada pelos equívocos econômicos do governo da presidente Dilma Rousseff (PT). Essa conclusão, contudo, não pode encerrar o debate sobre a gravidade do parcelamento de salários e do 13º dos servidores estaduais. A verdade é que o governo sergipano não se preparou como devia para a crise. Há evidências que, além de não priorizar o funcionalismo, o Executivo deixou de enxugar a máquina, promessa feita no começo deste ano. Não adotou, por exemplo, uma política mais eficiente para recuperar créditos e cobrar a dívida ativa, não tentou conter o crescimento da despesa com pessoal, insistindo nas eleitoreiras nomeações de comissionados, além de não ter brecado o déficit previdenciário. Ademais, os salários não encabeçam a lista de prioridade deste governo, pois se assim o fosse, o primeiro compromisso seria reservar 48% da receita para pagar a folha de pessoal para, só depois, se preocupar com a divisão entre os demais credores dos 52% restantes. Na verdade, antes de ir à imprensa bater boca com o Sindicato dos Professores, o governo deveria explicar aos sergipanos quais os motivos que o levaram a não se preparar como deveria para enfrentar a crise.

Prepare o bolso

Os vereadores de Aracaju devem votar esta semana o aumento no preço das passagens de ônibus. A expectativa é que o prefeito João Alves Filho (DEM) encaminhe ainda hoje o projeto reajustando o valor da tarifa paga pela população da capital, São Cristóvão, Socorro e Barra dos Coqueiros. Apesar do péssimo serviço prestado, as empresas querem elevar o valor da passagem dos atuais R$ 2,70 para exagerados R$3,15. Fique de olho nos vereadores!

Lagarto em festa

A Universidade Federal de Sergipe inaugura nesta segunda-feira, o Campus da Saúde de lagarto. Já confirmaram presenças na solenidade o ministro da Educação, Aloísio Mercadante, e o professor Newton Lima, presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares. O novo campus tem oito cursos de graduação: Medicina, Enfermagem, Odontologia, Fonoaudióloga, Terapia Ocupacional, Farmácia, Nutrição e Fisiologia.

Deu as caras

Sempre arredio aos eventos políticos, o senador Ricardo Franco (DEM) tem prestigiado as solenidades organizadas pela Prefeitura de Aracaju. Sua última aparição pública foi sábado último, no ato de assinatura da ordem de serviço para a duplicação das avenidas Euclides Figueiredo e Paulo Figueiredo Barreto,  na zona Norte de Aracaju. Desta forma, o senador começa a conhecer a periferia da capital e, claro, passa a ser conhecido pelos eleitores.

Crise braba

De um comerciante no centro de Aracaju: “A crise tá tão braba, mas tão braba, que até quem compra fiado e não paga deixou de comprar”. Misericórdia! PT otimista O PT sergipano sonha em eleger 10 prefeitos em 2016. Segundo o presidente estadual do partido, Rogério Carvalho, a ideia é disputar 20 prefeituras e apresentar 13 candidatos a vice. “Temos hoje sete prefeitos e 44 vereadores e estamos apostando em um crescimento de aproximadamente 30%”, disse Rogério ao blog Primeira Mão.

Muitas queixas

O que se ouviu foi queixa no almoço de confraternização oferecido pela Federação das Indústrias de Sergipe. Quase em sua totalidade, os empresários reclamaram da crise financeira e, naturalmente, criticavam o governo da presidente Dilma Rousseff (PT). Não faltaram ataques ao governo estadual por ter atrasado os salários e parcelado o 13º dos servidores. Sem esse dinheiro, o comércio deixou de vender e, por consequência, de comprar à indústria.

Inconformado

A assessoria jurídica do prefeito de Porto da Folha, Albino Tavares (PSD), vai recorrer contra o afastamento dele. Por determinação do juiz de direito Eládio Pacheco Magalhães, o prefeito foi punido com o afastamento do cargo porque não vinha cumprindo determinações judiciais para pagar os salários atrasados dos servidores, particularmente dos professores. Albino foi substituído pelo vice Chico do Minador (PSD).

No TCE

O jornalista Marcos Cardoso será o novo diretor de comunicação do Tribunal de Contas de Sergipe. Logo após ter tomado posse, o presidente do TCE, Clóvis Barbosa, convidou o jornalista para comandar a política de comunicação da Corte. Com uma larga folha de serviços prestados à imprensa sergipana, Marcos Cardoso vai substituir a também competente Acácia Trindade. Boa sorte, amigo!

No aguardo

Os suplentes Adelson Barreto Filho e Gilmar Carvalho vivem a expectativa de poderem substituir os deputados estaduais Augusto Bezerra e Paulinho das Varzinhas. Estes dois foram afastados pela Justiça porque estavam pressionando testemunhas do processo que apura o desvio das verbas de subvenção. Por enquanto, não há orientação do Poder Judiciário para os suplentes substituírem Augusto e Paulinho.

Recorte de jornal

Publicado no aracajuano O Nordeste, em 21 de junho de 1950.

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários