Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
04/12/2015 às 08h21

Quem apaga a luz?

Quem apaga a luz?

Já são sete deputados estaduais cassados pela Justiça Eleitoral de Sergipe sob a acusação de terem se beneficiado, pessoal e politicamente, das famigeradas verbas de subvenção. Ontem foi a vez de Zezinho Guimarães (PMDB) e Venâncio Fonseca (PP) serem punidos. Em processos diferentes, também foram condenados o presidente da Assembleia, Luciano Bispo (PMDB), e o líder da oposição, Valmir Monteiro (PSC). Ressalte-se que seis outros parlamentares, com acusações mais leves no processo das subvenções, foram punidos com multas pelo TRE. Percebe-se, portanto, que a atual legislatura do Parlamento sergipano está moralmente desmoralizada. Diante dessa enxurrada de condenações, o povo está certo quando pergunta se sobrará alguém para apagar a luz da Assembleia? É, talvez seja preciso chamar a Energisa para desligar a energia no poste da praça Fausto Cardoso. Que vergonha!

Tem mais

O TRE continua, na semana que vem, a julgar acusados de malversação com as verbas de subvenção da Assembleia. Na sessão da próxima quinta-feira, sentarão no banco dos réus os ex-deputados estaduais José Franco (sem partido), Antônio Passos (DEM), Susana Azevedo e Angélica Guimarães. Estas duas são conselheiras no Tribunal de Contas do Estado.

Com Dilma

E governador de Sergipe, Jackson Barreto (PMDB), esta com Dilma e não abre. JB reagiu com indignação e revolta à decisão do presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB), de aceitar o pedido de impeachment da presidente Dilma Rouseff (PT). O governador lamentou que o país tenha de passar por esse episódio, “e se veja à mercê dos caprichos, veleidades e conveniências de quem não tem nenhum compromisso com o Brasil. Os golpistas não passarão!”. Misericórdia!

PT nas ruas

Em extensa nota, o presidente do PT sergipano, Rogério Carvalho, conclama a militância para ir às ruas protestar contra o impeachment da presidente Dilma: “Não vamos permitir que Eduardo Cunha provoque uma danosa ruptura institucional, nem que o Brasil retorne ao escuro institucional”, alerta Rogério.

Fisco cansou

Após 27 dias de braços cruzados, os auditores fiscais do estado querem voltar ao trabalho. Exigem, porém, que o governo acene com qualquer contraproposta para a categoria não sair da greve de mãos abanando. Neste longo período de paralisações, os postos fiscais estão fechados, para a alegria dos muambeiros que transportam contrabando pelas rodovias de Sergipe sem serem importunados. Uma lástima!

Aumento condenado

O deputado federal Laércio Oliveira (SD) está coordenando uma mobilização nacional contra a alteração da cobrança do PIS/Cofns proposta pelo governo. Segundo ele, a mudança sugerida vai provocar mais desemprego, aumento de preços e crescimento da inflação. Na próxima semana, Laércio reúne em Brasília os representantes de associações empresariais vão discutir a proposta do governo. O PIS e a Cofins são pagos por empresas de todos os setores e ajudam a financiar a previdência social e o seguro-desemprego.

Tempo fechou

E por pouco não saiu safanões na sessão de ontem do Tribunal de Contas do Estado. O “pega pra capar” começou quando o conselheiro Luiz Augusto Ribeiro se impacientou com o extenso voto do colega Clovis Barbosa. Cansado das queixas do confrade, o relator perdeu a paciência e o tempo fechou. Graças aos “deixa disso” e “calma, calma”, os dois se recompuseram, porém a sessão teve que ser encerrada. Que tal servir suco de maracujá aos senhores conselheiros? Aff Maria!

Chororô

Condenado a oito meses de prisão, o deputado estadual Valmir Monteiro (PSC) sente-se injustiçado. Ele prometeu recorrer, mas alertou que, a depender do resultado, pode ser obrigado a deixar a vida pública, pois se tornará inelegível. “O que me conforta é o fato de nunca ter sido condenado por roubo, nem por desvio de dinheiro público". Ué, e quem foi? Isso pronunciado no plenário da Assembleia soa como uma indireta.

Desrespeito

Os sindicatos da área da Saúde vão à Justiça contra a Prefeitura de Aracaju. Eles se queixam com os constantes atrasos no pagamento das férias e do vale-transporte aos servidores municipais. Nas ações, os sindicalistas também vão pedir à Justiça que obrigue a Prefeitura a pagar os salários dentro do mês. Tá difícil!

Noite de autógrafos

O psicólogo José Marcelo Barreto de Oliveira lança, nesta sexta-feira, o livro "Liberte- se, Prospere e Seja Livre!", que trata sobre a prosperidade emocional e financeira de um ponto de vista científico. O autor mapeia quais foram os principais fatores comportamentais que contribuíram para o sucesso de vários empresários emergentes em Sergipe. O lançamento acontecerá às 18h, na Livraria Escariz, alí próximo à Cultura Inglesa. Prestigie!

Missiva recebida

A coluna publica abaixo carta enviada do deputado federal João Daniel (PT): “Prezado jornalista Adiberto de Souza, Sobre a nota publicada na sua coluna, no último dia 01/12/15, gostaria de esclarecer que recebi, sim, com muita honra e de cabeça erguida o título de Cidadão Sergipano, concedido pelo Legislativo Estadual, através de propositura da deputada estadual Ana Lúcia. Convém deixar registrado que a sessão de entrega do título é agendada pela Direção da Casa com bastante antecedência, nesse caso, há cerca de dois meses já havia sido confirmada, ao passo que a data do julgamento do processo referente à ação da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) somente nos foi informado em meados da semana passada. Portanto, não entendemos a realização da solenidade como uma afronta à decisão proferida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), proferida, por sinal, minutos antes do início da solenidade. Assim, como dissemos ao receber o título, respeitamos a decisão do TRE, mas vamos recorrer a instâncias superiores e seguiremos com o nosso mandato, firme e forte, sendo que agora com um compromisso ainda maior com o povo sergipano que nos elegeu e do qual agora, de fato e de direito, faço parte.

Recorte de jornal

Publicado no Diário da Manhã, em 8 de junho de 1917.

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários