Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
27/11/2015 às 08h58

Novos cassados

Novos cassados

A Justiça eleitoral julga nesta sexta-feira os deputados estaduais Ana Lúcia (PT), Maria Mendonça (PP) e capitão Samuel (PSL), acusados no processo que apura o uso das verbas de subvenção da Assembleia. A petista responde por ter liberado recursos públicos no ano eleitoral, devendo ser punida com multa de R$ 40 mil. Quando a Maria e Samuel, o Ministério Público os acusa de terem sugerido a liberação das verbas para associações comunitárias suspeitas. Os dois devem ter os mandatos cassados e os direitos políticos suspensos, além de pagamento de multa. Desde o início dos julgamentos, já foram cassados os deputados Augusto Bezerra (DEM) e Paulinho da Varzinhas (PTdoB). Por terem usado as verbas em ano eleitoral, foram multados em R$ 40 mil os deputados Antônio Santos (PSC), Francisco Gualberto (PT), Garibalde Mendonça (PMDB) e os ex-deputados Arnaldo Bispo (DEM) e Conceição Vieira (PT). As condenações confirmam que a Assembleia se transformou numa casa de condenados.

Encalacrado

A prisão de Wilson Farias, dono de empresas de fachadas criadas para “lavar” recursos públicos, pode complicar, ainda mais, a situação do deputado estadual Capitão Samuel. É que em 2012 e 2013, o parlamentar direcionou recursos das verbas de subvenção para a Associação Sergipana de Produtores de Eventos, entidade de fachada comandada por Wilson Farias. Na última quarta-feira, a Polícia Civil deteve dois assessores de Samuel tentando esconder um carrão de luxo pertencente ao “empresário” Farias.

Casa do amém

A Justiça Federal suspendeu a Lei que aprovou o Plano Estadual de Educação (PEE). Aprovada pela Assembleia, a legislação desrespeita o Plano Nacional de Educação (PNE), exclui mecanismos de transparência dos gastos públicos e retira R$ 500 milhões da educação nos próximos 10 anos. A suspensão do PEE, motivada por ação movida pelos Ministérios Públicos Federal, e Federal, reforma o que tudo mundo já sabe: o Legislativo sergipano virou uma casa do amém. Lastimável!

Propõe mudanças

“O governador Jackson Barreto (PMDB) precisa fazer uma reforma em seu secretariado. Vejo que há uma certa acomodação na equipe”. Quem pensa assim é o secretário estadual da Saúde, Zezinho Guimarães. Entrevistado pelo jornalista Habacuque Villacorte, o auxiliar de JB disse que as mudanças são necessárias para o estado enfrentar a crise. Zezinho deve se achar bem prestigiado no governo para propor tal coisa!

Exporta soja

Carregado com 32 mil toneladas de soja, um navio saiu ontem do Porto de Sergipe com destino à Rússia. Produzidos no município baiano de Luiz Eduardo Magalhães, os grãos foram transportados de carretas para o terminal portuário sergipano. “Embarcamos por mês cerca de 90 mil toneladas de produtos, que vão desde o coque de petróleo, soja, fertilizantes e trigo”, revela Valdeilson Paiva, gerente da VLI, empresa que administra o porto. Este é o quinto navio abastecido com soja, que sai do Porto de Sergipe com destino a Rússia e Japão. Legal!

Jogo de empurra

É visível a omissão das autoridades ambientais sobre a poluição do Rio Sergipe. O aparecimento de uma língua negra vinda do Tramandaí e lançando dejetos no maltratado estuário do Sergipe, causou um vergonhoso jogo de empurra. A Adema disse que o problema não é dela, a Secretaria do Meio Ambiente de Aracaju insinua que a culpa é da Deso, e a estatal afirma que não tem nada com a língua negra. Enquanto isso, o Rio Sergipe, que banha 26 municípios, vai sendo destruído pela poluição e o descaso. Um horror!

Pero no mucho

Com o título acima, o Jornal da Cidade publica hoje a seguinte nota: “É verdadeira a informação do senador Eduardo Amorim (PSC) de que ele pediu ao Ministério dos Transportes para viabilizar as obas da BR-235. Mas também é verdade que Amorim não conseguiu ver atendido o seu pedido, coisa que somente aconteceu agora, com os apelos feitos pelo governador Jackson Barreto (PMDB)”.

Dia de eleição

Os advogados sergipanos elegem nesta sexta-feira a nova diretoria da seccional da OAB. Concorrem à presidência da entidade os causídicos Emanuel Cacho, Rose Morais e Henri Clay Andrade. A votação será encerrada às 18h. Como a OAB vai utilizar urnas eletrônicas, o resultado do pleito deverá ser conhecido ainda hoje à noite. Boa sorte aos candidatos e que os advogados saibam eleger a melhor chapa para comandar a Ordem!

Anistia vetada

A presidente Dilma Rousseff (PT) vetou a anistia aos policiais e bombeiros militares de Sergipe e de outros 17 estados, punidos por participarem de movimentos grevistas. O argumento da petista é que existe manifestação favorável ao veto oriunda do Colégio de Secretários de Segurança, pelo risco de a anistia gerar desequilíbrios no comando exercido pelos estados sobre as instituições militares, sujeitas à sua esfera de hierarquia. Nem precisa dizer que os PMs e bombeiros estão por aqui com dona Dilma!

De olho nelas

O PMDB reúne hoje em Aracaju, deputados e vereadores para discutir sobre as eleições municipais de 2016. Amanhã, será a vez de o PCdoB realizar seu congresso estadual. O principal tema dos debates também será o pleito do ano que vem. O comunista Edvaldo Nogueira já foi apresentado pela legenda como pré-candidato a prefeito da capital. O PMDB ainda não fez isso, mas o secretário estadual da Saúde, Zezinho Sobral, trabalha sua indicação e busca o apoio dos demais partidos governistas.

Recorte de jornal

 


Publicado no aracajuano Diário da Tarde, em 27 de novembro de 1937.

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários