Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
23/11/2015 às 08h14

Casa de condenados

Casa de condenados

A Assembleia Legislativa não passa de uma casa de condenados. Somente na semana passada, quatro deputados foram apenados pela Justiça Eleitoral e outros tantos deverão ser sentenciados nos próximos dias. Todos são acusados por mau uso das milionárias verbas de subvenção. Por outros delitos, também já foram condenados o presidente do Parlamento, Luciano Bispo (PMDB), e o líder da bancada oposicionista Valmir Monteiro (PSC). Ex-deputados não devem escapar da espada da Justiça. Entre eles está a atual conselheira do Tribunal de Contas do Estado, Angélica Guimarães. Enquanto presidente da Assembleia, ela ordenou a liberação de milhões em favor de suspeitíssimas entidades ditas filantrópicas. Para não fugir à regra, a casa de condenados é dirigida por Roberto Bispo, julgado culpado por improbidade administrativa na Prefeitura de Itabaiana. E é esse medonho abrigo de renegados que se arvora de representante do povo. Aqui pra nós, o sergipano trabalhador e honesto merecia uma melhor representação.

Alça de mira

O Tribunal Regional Eleitoral julga nesta segunda-feira o deputado estadual Paulinho da Varzinhas (PTdoB). Ele é acusado de fazer mau uso das milionárias verbas de subvenção da Assembleia. A exemplo do deputado Augusto Bezerra (DEM), Paulinho deve ser condenado à perda do mandato, pagamento de multa no valor de R$ 40 mil e considerado inelegível por oito anos. Quer apostar uma mariola?

Com empresários

O prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), é o palestrante de amanhã na reunião- almoço do Fórum Empresarial de Sergipe. Convidado pelo presidente da entidade, Alexandre Porto, o demista vai falar sobre sua administração e responder perguntas dos empresários. Naturalmente, será questionado pelo projeto de mobilidade urbana da capital, prometido na campanha eleitoral e que não saiu do papel.

Aposentados felizes

A Assembleia tirou um peso das costas do governo estadual ao pagar a folha de seus aposentados referente a este mês. Ao depositar as aposentadorias de ex-deputados, o Legislativo “rompeu” o acordo pelo qual compete ao Executivo pagar os aposentados dos demais poderes, do Ministério Público e do Tribunal de Contas do Estado. Taí um bom exemplo a ser seguido pelo Tribunal de Justiça que, assumindo também a folha de seus aposentados, ajudará o Estado a sair da crise em que se meteu.

Exporta coco

Apesar de responder por 12,2% e 17,3%, respectivamente, das produções nacional e nordestina de coco seco, Sergipe importa o produto para atender as indústrias do setor. São fornecedores a Indonésia, com 61% do volume importado, Tailândia (17%) e Vietnã (14%). A venda de cocos, frescos ou secos, e dessecados as empresas sergipanas de beneficiamento renderam este ano aos três países 784 mil dólares.

Dias melhores

Os quilombolas de Lagoa dos Campinhos (antigo Pontal do Crioulo) receberam o título de domínio e concessão de direito real de uso do solo. A comunidade beneficiada fica no município de Amparo do São Francisco e é composta por 120 famílias. Há anos, estes quilombolas lutam pela posse da terra, enfrentando inimigos poderosos como o dublê de político e empresário Edvan Amorim que, por várias vezes, tentou expulsá-los à força do local.

Limpeza no TCE

O conselheiro Clovis Barbosa tomará posse na presidência do Tribunal de Contas de Sergipe no próximo dia 16, devendo assumir de fato no dia 1º de janeiro de 2016. Uma de suas promessas é reduzir drasticamente o exagerado número de cargos em comissão. Segundo denunciou Eduardo Cortez, procurador do Ministério Público de Contas, no TCE existem 306 comissionados para 240 servidores. Aqui pra nós, são muitos apadrinhados pagos pelos contribuintes.

Divisão de poder

Com a chegada da senadora Maria do Carmo (DEM) para ocupar a Secretaria Municipal da Família e Ação Social, o prefeito João Alves (DEM) fracionou ainda mais o poder na Prefeitura de Aracaju. Além dele próprio, estão bastante fortes o vice, José Carlos Machado (PSDB), o secretário de Comunicação, Carlos Batalha, e Maria do Carmo, que é também a primeira dama do município. Esta informação é do blog Primeira Mão.

Conciliação

Começa hoje e prossegue até a próxima sexta-feira, a Semana Nacional de Conciliação. Em Sergipe, estão marcadas 1.605 audiências em Aracaju, Itabaiana, Estância, Lagarto, São Cristóvão, Socorro, Cedro de São João e Carmópolis. Estão envolvidos na ação 19 juízes, 13 defensores públicos, quatro promotores de Justiça, 25 conciliadores e 22 servidores. A Semana objetiva disseminar a pacificação social, o respeito entre as partes e a celeridade da Justiça. Legal!

Viva a Maloca

Projeto de Lei tramitando na Câmara de Vereadores declara a Comunidade Quilombola Maloca como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial de Aracaju. A proposta é do vereador petista Iran Barbosa. Segundo ele, a comunidade localizada no bairro Getúlio Vargas foi reconhecida, em 2007, pela Fundação Cultural Palmares, como o primeiro quilombo urbano de Sergipe e o segundo do Brasil.

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Diário da Manhã, em 29 de outubro de 1915.

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários