Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
19/11/2015 às 08h34

Férias coletivas

Férias coletivas

As postagens feitas por policiais nas redes sociais sobre o assassinato do sargento Sílvio Diógenes sugerem que a criminalidade não terá sossego em Sergipe. Durante o velório do PM, um seu colega de farda sugeriu que, se forem “vivos”, os bandidos devem tirar férias coletivas, deixar Sergipe antes de serem alcançados pelo braço armado do Estado. A primeira prova de que a morte do militar não ficará impune foi dada ontem à tarde, quando policiais localizaram os suspeitos pelo crime, prenderam um e mataram dois em troca de tiros. O quarto está foragido e, se tiver juízo, se apresenta logo à Justiça ou desaparece por esse mundão de meu Deus. Pior para os bandidos é que a sociedade sergipana ficou pra lá de revoltada com a ousadia do quarteto criminoso e está apoiando uma ação mais vigorosa da Polícia contra essa onda de violência, que tanto desassossego tem trazido aos sergipanos de bem.

Na terrinha

E o ministro da Saúde, Marcelo Castro, estará amanhã em Aracaju. Vem participar de solenidade organizada pelo governo visando a assinatura da ordem de serviço para a construção do bunker onde será colocado o novo aparelho de radioterapia. Durante a estada em Sergipe, Castro também autorizará a compra de oito ambulâncias para o Samu estadual.

Eleição no TCE

Está marcada para hoje a eleição da nova diretoria do Tribunal de Contas de Sergipe. A única chapa inscrita até agora respeita o sistema de rodízio no TCE e tem como candidatos a presidente, vice e corregedor, respectivamente, os conselheiros Clovis Barbosa, Susana Azevedo e Luiz Augusto Ribeiro. Em sendo eleita, a chapa comandará a Corte pelos próximos dois anos.

Contra o atraso

A Associação dos Magistrados de Sergipe promete ir à Justiça contra o atraso da folha de pessoal pelo governo estadual. A entidade não concorda que magistrados e serventuários aposentados só recebam seus benefícios no dia 11 do mês seguinte, pois o pessoal da ativa do judiciário recebe os salários no dia 20 de cada mês. Essa briga promete!

Sem discurso

Veja o que publica hoje no Correio de Sergipe o jornalista Diógenes Brayner: “O senador Ricardo Franco (DEM) disse ontem que ainda está se aclimatando, aprendendo e estudando. ‘O momento agora é de ouvir muito e trabalhar’, frisou. Durantes três meses, Ricardo não fará qualquer pronunciamento”. Nota-se, portanto, que o jovem senador afina-se com a titular da cadeira, senadora Maria do Carmo Alves (DEM), para quem em boca fechada não entra mosca.

Contra o povo

O eleitor de Socorro deve ficar atento caso o deputado federal e pastor Jony Marcos (PRB) resolva ser candidato a prefeito daquele município. É que o rapaz adora votar contra o contribuinte. Quando era vereador de Aracaju, por exemplo, Jony votou favorável a criação da Taxa de Iluminação Pública, mesmo sabendo que o projeto da Prefeitura punia financeiramente os aracajuanos.

Casa nova

Enquanto a Polícia Militar chorava a morte violenta e prematura do sargento Sílvio Diógenes, o secretário da Segurança Pública, Mendonça Prado (DEM), tratava em Brasília sobre seu novo endereço partidário. O presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira, postou nas redes sociais a visita que recebeu de Mendoncinha para discutir o ingresso deste nas fileiras pepistas.

Homenagem

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e o seu presidente, Antônio Oliveira Santos, foram homenageados ontem, com a “Medalha Mérito Legislativo”. Em nome da CNC e de Oliveira Santos, a condecoração foi recebida pelo vice-presidente da instituição, deputado federal Laércio Oliveira (SD-SE). “É um momento muito especial porque a sensação é a do dever cumprido”, disse o parlamentar sergipano.

Bolso costurado

O Congresso manteve o veto da presidente Dilma Rousseff (PT) ao Projeto assegurando o financiamento empresarial de campanhas eleitorais. A petista disse ter seguido decisão do Supremo Tribunal Federal, que decidiu ser inconstitucional o financiamento privado de campanhas. A turma que disputará eleições em 2016 já sentirá o peso dessa proibição, pois os empresários vão se amparar na lei para fechar os bolsos.

Esconde o jogo

Do prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), ao ser questionado se pretende disputar a reeleição no ano que vem: “Não tenho planos para a eleição. Minha agenda agora é resolver os problemas imediatos da população”. Então, tá!

A Migué

E as porteiras de Sergipe continuarão abertas à sonegação até a semana que vem. É que os auditores decidiram permanecer de braços cruzados enquanto o governo não chamá-los para discutir as reivindicações salariais da categoria. Enquanto a turma deixa fechados os postos de fiscalização, os contrabandistas fazem a festa, transportando mercadorias sem notas fiscais pelas estradas que cortam Sergipe. Uma lástima!

Recorte de jornal

Publicado no jornal A Tribuna, no dia 30 de junho de 1932.

Resumo dos jornais

Postado por Adiberto Souza
Comentários