Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
26/10/2015 às 08h26

Mandato por um fio

Mandato por um fio

Desde que se elegeu, o deputado federal André Moura (PSC) tenta manter o mandato. Condenado pela Justiça Eleitoral de Sergipe como ficha suja, o parlamentar vive a apresentar recursos em instâncias superiores para evitar a cassação. Na semana passada, por exemplo, ele foi denunciado no inquérito 3204, que tramita no Supremo Tribunal Federal e tem como relator o ministro Gilmar Mendes. No mesmo STF, os embargos declaratórios ajuizados contra a decisão de receber a denúncia foram rejeitados por unanimidade. É este deputado, quase um ficha suja, que anda por aí pregando a redução da maioridade penal para que adolescentes infratores sejam amontoados em masmorras batizadas de penitenciárias. Aliás, independente da avalanche de acusações contra ele, André Moura não pensa em outra coisa que não seja substituir na presidência da Câmara Federal o não menos encrencado deputado Eduardo Cunha (PMDB), seu tutor político.

Quaquaraquaquá

E por falar em André Moura, veja a pilhéria que ele contou ao Jornal da Cidade: O presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha, não aceita ser intimidado. Como se diz lá em Carira, “faz-me rir”! Que tal André sugerir ao furibundo amigo para ir reclamar conta a Procuradoria Geral da República ao galo da torre da Igreja? Em Laranjeiras tem um.

Acha pouco

O presidente da Assembleia, Luciano Bispo (PMDB), acha normalíssimo que o Legislativo sergipano tenha torrado R$ 500 mil, somente este ano, com caríssimas diárias pagas aos senhores deputados. Pior, disse não aceitar que tentem transformar em escândalo o fato de o Parlamento ter gastado meio milhão para os deputados baterem pernas por aí. Ora, quem não deve aceitar uma Assembleia tão perdulária é o contribuinte.

Pé no chão

Dois meses e cinco dias após ter operado o tendão do pé esquerdo, o governador Jackson Barreto (PMDB) aceitou ser fotografado. Foi na última sexta-feira, quando recebeu a visita do prefeito de Olinda (PE), Renildo Calheiros, da deputada federal pernambucana Luciana Santos e do ex-prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, todos do PCdoB. Usando meias ortopédicas e sandálias, JB demonstra estar em franca recuperação. A foto da visita está no facebook de Jackson.

Lula vem aí

E quem deve dar as caras em Sergipe antes do final do ano é o ex-presidente Lula (PT). Vem participar de manifestação em favor do Partido dos Trabalhadores e, claro, da presidente Dilma Rousseff. Lula já esteve em Salvador e pretende ir a todas as capitais para debater a crise política e econômica com a população. Resta saber se o povo quer debater com ele e seus camaradinhas.

Greve no fim

A greve dos bancários está no fim. Depois que os bancos aceitaram reajustar em 10% os salários da categoria, o Comando Nacional dos Bancários recomendou o fim da paralisação, por entender que não haverá mais avanço por parte dos banqueiros. Em Sergipe, os bancários devem realizar assembléia hoje para definir pelo fim da greve. Tomara!

É feia a crise

De janeiro até o mês passado, 2.788 empresas fecharam as portas em Sergipe, deixando milhares de desempregados. A rede cearense Esplanada, por exemplo, fechou as duas lojas que tinha em Aracaju. Pior é que a crise segue batendo em outras portas, permitindo antever centenas novas falências nos próximos meses.

Cadê Mustafa?

Alguém tem notícia do senhor Mustafa Zeauddin Ahmed, que andava por aqui prometendo instalar uma unidade da Amsia Motors na Barra dos Coqueiros? Teria tomado uma overdose de doril? Quando costumava dar com os costados em Sergipe, o homem prometia gerar 4 mil empregos com a implantação de um empreendimento avaliado em R$ 1 bilhão para produzir veículos automotores híbridos e elétricos. Que lorota boa!

Covardia

Há 40 anos, completados ontem, os militares golpistas assassinaram em São Paulo o jornalista Vladimir Herzog. Divulgada como suicídio em comunicado do II Exército na época, com a utilização de uma foto forjada, a versão das circunstâncias em que Valdo morreu foi desmontada ao longo dos anos. Herzog foi um entre milhares de brasileiros assassinados friamente nos porões da ditadura por militares covardes.

Feriadão

Pelo menos para os servidores do Estado e da Prefeitura de Aracaju, esta é uma semana de apenas quatro dias úteis. É que, tanto o governo quanto a municipalidade, transferiram de quarta para sexta-feira próxima o feriado em homenagem ao Dia do Servidor. Como o Dia de Finados (2) cai na próxima segunda-feira, já tem gente arrumando as malas para mais um merecido feriadão. Êta Brasilzão sem porteiras!

Recorte de jornal

Publicado na Tribuna, em 31 de outubro de 1931.

 Resumo dos jornais

 

 

Postado por Adiberto Souza
Comentários